"Cansado de ser xingado", Petraglia diz que não será candidato no Atletico | Fábio Campana

“Cansado de ser xingado”, Petraglia diz que não será candidato no Atletico

image

Da Gazeta do Povo

O presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, garante que participará das eleições do clube em dezembro, mas que não será candidato à presidência do conselho administrativo.

A razão? Cansado de ser xingado, o dirigente não quer mais participar da gestão do futebol atleticano.

“Com certeza participarei [das eleições]. Mas, como candidato, responsável pela diretoria, de ter que fazer time, ser responsável pelo futebol, não participarei”, revelou Petraglia na noite desta segunda-feira (19), na estreia do programa ‘Atletiba da Massa’, na rádio Massa.

“Não contem comigo para ser xingado como fui nesses 20 anos”, argumentou o presidente.

“Fazia muito tempo que a torcida não gritava ‘ei, Petraglia, I love you’. Fizeram questão de chamar novamente, a gente está acostumado, são tantos anos, eles me amam”, ironizou, em relação aos xingamentos direcionados a ele vindos da arquibancada na derrota por 4 a 1 para o Corinthians, no último domingo, (18), na Baixada.

Segundo o cartola rubro-negro, a diretoria que assumir o clube na próxima gestão terá condições de montar um time mais forte do que o de 2015. Mesmo assim, ele quer se afastar da bola.

“Para 2016 vou me permitir deixar para quem se comprometa. Teremos as campanhas, os programas e as promessas dos candidatos para os próximos quatro anos. Estaremos juntos com aquele que fará parte da chapa que apoiaremos”, falou. O vice Luiz Salim Emed é o provável candidado do grupo de situação.

A oposição tem três possíveis chapas até o momento. Um deles conta com o advogado Henrique Gaede como nome para o conselho deliberativo e com a possibilidade do ex-coordenador médico do clube, Edílson Thiele, fazer parte do conselho gestor, ao lado do ex-presidente Guivan Bueno e dos advogados Diogo Fadel Braz e Fernando Munhoz, além do engenheiro Júlio Araújo.

A segunda corrente, denominada “Democracia Atleticana”, seria liderada pelo conselheiro dissidente Judas Tadeu Mendes e o ex-presidente José Carlos Farinhaki.

Por fim, o grupo de torcedores comandado pelo empresário Louremar Ribeiro, denominado “Coração Atleticano, anunciou pretensão de representar a quarta via nas eleições atleticanas.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 20 de outubro de 2015 – 14:21 hs

    Para ser candidato, basta dizer uma única vez. Já, para não ser candidato, tem que negar todas as vezes.

  2. Joaquim Américo
    terça-feira, 20 de outubro de 2015 – 21:00 hs

    Coitadinho do fanfarrão,o boquirroto ficou rico como nos últimos 20 anos,com que dinheiro?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*