Amigo oculto | Fábio Campana

Amigo oculto

do Painel, Folha de S. Paulo

A baixíssima popularidade de Dilma Rousseff em São Paulo forçará o prefeito Fernando Haddad a esconder a correligionária durante as eleições. O núcleo político do petista tem recomendado um descolamento gradual durante a campanha pela reeleição. A distância deve ficar cada vez mais nítida à medida que a corrida municipal se aproxima. Haddad não descarta expor publicamente o que diz no reservado: que o bloqueio de recursos devido à crise fez o PAC na capital parar.

Nua e crua – Quando provocado sobre o assunto, Haddad afirma que papel de prefeito não é fazer oposição ao presidente da República. O que não significa deixar de dizer a verdade, completa ele.


Um comentário

  1. M.E.J.
    segunda-feira, 26 de outubro de 2015 – 11:48 hs

    Enquanto isso, no afã de criticar o Beto Richa, o Prefeito Gustavo Fruet, hoje, na entrevista à RIC, mostrava-se SATISFEITO com as liberações do Goiverno FEDERAL.

    Será que a Dilma estaria mandando grana para Curitiba e esquecendo do HADDAD?

    Ou será que o Prefeito estava mentindo?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*