Traiano assina com Beto a largada do mutirão paranaense de cirurgias | Fábio Campana

Traiano assina com Beto a largada do mutirão paranaense de cirurgias

unnamed

O deputado Ademar Traiano (PSDB), presidente da Assembleia, assinou hoje (1), junto com o governador Beto Richa, a ordem de largada do mutirão paranaense de cirurgias eletivas. Um esforço concentrado para reduzir a fila de espera por cirurgias eletivas de média complexidade. O mutirão terá procedimentos cirúrgicos como de catarata, hérnia de disco, cirurgias ortopédicas, ginecológicas e demais áreas que não são emergenciais, mas que comprometem a qualidade de vida daqueles que aguardam sua vez de operar. O objetivo é realizar, em um ano, 30 mil cirurgias, das quais 15 mil de catarata, o que poderá zerar a fila desse tipo de cirurgia no Paraná.

O Paraná vai investir R$ 33 milhões em recursos próprios no mutirão de cirurgias. Traiano foi convidado a assinar em nome dos deputados, em um reconhecimento à atuação da Assembleia, que aprovou o ajuste fiscal no início do ano, permitindo que o Paraná equilibrasse suas contas e voltasse a investir em obras e saúde pública.

“É preciso exaltar a coragem e a determinação dos deputados do Paraná que aprovaram um ajuste fiscal que produziu incompreensão e desgaste em um primeiro momento, mas que agora traz os seus frutos. Em um momento em que assistimos o governador do Rio Grande do Sul anunciando, em lágrimas, o parcelamento do salário dos servidores, vemos o Paraná lançar uma iniciativa que aliviar o sofrimento da nossa gente”, disse Traiano.

A retomada do Estado ocorre em um momento em que o país e um grande número de Estados enfrentam graves problemas com as contas públicas e a União apresenta um Orçamento para 2016 já prevendo um déficit de R$ 30 bilhões. Além do Rio Grande do Sul, outros seis Estados brasileiros estão com dificuldades para honrar a folha de pagamento do funcionalismo.


6 comentários

  1. Paulo
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 16:56 hs

    Como político é um ser inigualável. Já ouvi sobre o mutirão das dentaduras, das cadeiras de rodas, dos pão com linguiça para o povo matar a fome uma vez na vida, do vale mercado, dos cobertores popularmente conhecidos como pula cerca e por ai vai. Mas está é inovação. Mutirão para cirurgias, vai provavelmente deixar muitos médicos de bolso cheio, que até unha encravada vai para faca. Eita Paraná, muda para não virar uma piada pronta.

  2. juracilda bacelar
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 17:19 hs

    Paulo:

    você se superou. criticar um projeto que pretende resolver o problema de saúde de 30 mil pessoas é algo que vai além da insensibilidade. é pura cretinice. vá ser fanático petista assim lá nas carceragens da polícia federal!

  3. Si...
    quarta-feira, 2 de setembro de 2015 – 8:25 hs

    Concordo com você Paulo, a prova de que tudo que você escreveu esta certo, consiste em observar a foto em questão, ou seja, de um lado Michele Caputo (farmacêutico que nunca trabalhou) administrará a distribuição dos valores e do outro lado o “médico pediatra” (que nunca exerceu a função) Dr. Luciano Ducci, agora vocês imaginem onde vai parar o dinheiro…um dica…como é bela a Itália, como é bom sorver os deliciosos vinhos e desfrutar de chuiquetosos restaurantes…

  4. Xereta
    quarta-feira, 2 de setembro de 2015 – 9:32 hs

    A MICRO CIRURGIA MAIS I M P O R T A T E E N E C E S S ÁRIA É A VAZECTOMIA..
    ESSA ALÉM DE SER PAGA PELO GOV DEVE AINDA SER INCENTIVA..

  5. jefferson
    quarta-feira, 2 de setembro de 2015 – 9:35 hs

    Paulo vc é um fanfarrao verdadeiro imbecil.pergunte pra quem ira se beneficiar com uma dessas cirurgias pra ver se ela tem essa mesma linha de raciocionio.seu comentario e meramente ideologico politicamente falando

  6. indigente
    quarta-feira, 2 de setembro de 2015 – 9:36 hs

    O POVO PARANAENSE,BRASILEIRO É TRATADO PELOS POLITICOS DE TODOS OS PARTIDOS COMO DOENÇA QUE DEVE SER EXTERMINADA MAS QUE DEVE SÃO ESSES QUE SE DIZEM TRABALHAR PARA O “POVO” MAS ENGODAM SUAS CONTAS CORRETES COM DINHEIRO PUBLICO SUB – FATURADO, ACORDA GENTE

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*