Trabalhadores dos Correios podem entrar em greve a partir de hoje | Fábio Campana

Trabalhadores dos Correios podem entrar em greve a partir de hoje

Os trabalhadores dos Correios de todo o país podem entrar em greve hoje (15), a partir das 22 horas. No Paraná, a categoria irá votar a deflagração em assembleias realizadas hoje em Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, Paranaguá e Guarapuava, às 19 horas. Em Ponta Grossa, a assembleia aconteceu ontem e aprovou a paralisação.

Os trabalhadores protestam contra a inclusão, no Acordo Coletivo de Trabalho, de uma nova modalidade de plano saúde, que prevê cobrança de mensalidade e exclusão de dependentes. Os trabalhadores reivindicam também a incorporação da Gratificação de Incentivo à Produtividade – GIP, no valor de R$200; correção linear de 12% da GIP; reajuste das perdas salariais desde 1994, no valor de 22,72%; aumento salarial de R$300; correção automática de salários e piso salarial de R$3.377,62, conforme cálculos do DIEESE.

“Nós queremos saúde de qualidade, nós queremos aumento real, e é isso que vamos mostrar a nível nacional para os Correios, com uma greve geral e unificada”, afirma Marcos Rogério Inocêncio, secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná – Sintcom-PR. No ano passado, os funcionários dos Correios do Paraná paralisaram suas atividades por 43 dias contra a criação da Postal Saúde pelos Correios, que terceirizou a assistência médica dos trabalhadores.


9 comentários

  1. MANOEL BOCUDO.
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 10:46 hs

    TRABALHARAM TANTO PARA A DILMA, E LEVARAM UMA PUCHETA,
    TEM FUNCIONÁRIO DEVOLVENDO MUITA PORVA PARA SE
    APOSENTAR BEM, NO FIM DA VIDA, O SR ANDRÉ VARGAS QUE FEZ
    A RETIRADA DOS FUNDOS DE PENSÕES DOS COITADOS E AGORA.

  2. LENZA TOLEDO
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 10:49 hs

    Não seriam mais coerentes se pedissem demissão? Mas, isso ninguém quer. Nem mesmo os professores “e que professores” pediram demissão. Esse povo não sabe o que é ralar no dia a dia, juntar trocados, começar todos os dias do zero e dizer aos filhos: “não dá, agora não posso, quem sabe um dia, essa crise vai passar”. Se existe uma pessoa que dá prejuízo ao país(porque só enxerga seus direitos) é o tal do concursado, salvo alguns. Primeiro as pessoas lutam pela aprovação no concurso, depois reclamam da carga horária, do salário, do ambiente de trabalho, da falta de condições de trabalho e assim por diante, mas ninguém pede pra sair. Deve mesmo ser ruim trabalhar para o governo. Uma ideia seria sair do correio, das escolas e fazer concurso para trabalhar nos pedágios? (…???)

  3. Pablito
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 11:01 hs

    Menos os petistas (a maioria), que por uma questão de lógica, deveriam continuar trabalhando!!

  4. BRINCADEIRA
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 13:34 hs

    Em quanto existir o Tá do Funcionario Publico no país ,não sairemos mais do caos. FORA ESTATUTARIOS vão trabalhar seus VAGABUNDOS é a quarta greve este ano.Porisso que tem de privatizar tudo neste país .bando de folgados,com as melhores aposentadorias do mundo.

  5. Manezao
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 14:24 hs

    NAO DA MAIS PRA AGUENTAR TANTO FUNCIONARIO PUBLICO..PRIVATIZACAO JÁ DA PETROBRAS..DO BANCO DO BRASIL..DOS CORREIOS ..ISSO NAO EXISTE MAIS EM LUGAR NENHUM !!!

  6. Manezao
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 14:26 hs

    URGENTE..DESCOBRIRAM A CURA DO CANCER !!!
    O PROBLEMA É ENCONTRAR A MATERIA PRIMA PRA FABRICACAO DA VACINA …UMA GOTA DE SUOR DO FUNCIONARIO PUBLICO !!!!

  7. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 16:05 hs

    No blog do Esmael, cacete no Beto porque ele aumentou o preço da batatinha. Nem um tium sobre a greve do INSS, das universidades e, com certeza, nada sobre a que virá, essa dos correios.

  8. ZORRO&TONTO
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 16:15 hs

    NÃO É HORA DISSO, SÓ VAI TUMULTUAR. SÓ.

  9. Emerson
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 22:08 hs

    Os serviços dos Correios outrora instituição que gozava de credibilidade e orgulho no Brasil, há tempos é péssimo e anda somente pelas concessionárias, apresentem serviço de boa qualidade para depois pedir qualquer coisa.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*