Sob Dilma, Petrobras já encolheu US$ 200 bilhões | Fábio Campana

Sob Dilma, Petrobras já encolheu US$ 200 bilhões

unnamed

O valor de mercado da Petrobras — dado pelo valor total de suas açõe s— encolheu em US$ 200 bilhões desde o início do governo Dilma Rousseff, levando a empresa a despencar sete posições no ranking das maiores petroleiras das Américas. Em 31 de dezembro de 2010, um dia antes da posse de Dilma, a empresa valia US$ 228,211 bilhões. Ao final do pregão desta sexta-feira, US$ 28,032 bilhões — uma queda de quase 90%. As informações são da Folha de S. Paulo.

O movimento se explica tanto pelas dificuldades financeiras e políticas da empresa quanto pela desvalorização do real frente ao dólar.Segundo levantamento feito pela consultoria Economática, a queda de 86% no valor de mercado da Petrobras foi o pior desempenho entre as petroleiras das Américas no período.

Ações da Petrobras recuam 3,89% após Standard & Poor’s tirar grau de investimento da empresa Em segundo lugar, está a colombiana Ecopetrol, que perdeu 69% de seu valor entre o fim de 2010 e esta sexta-feira. As outras empresas pesquisadas são norte-americanas e se beneficiaram, nos últimos anos, do crescimento da produção de petróleo e gás não convencionais.

No ranking elaborado pela consultoria, a Petrobras está hoje em 9º lugar entre as maiores empresas do continente. No fim de 2009, era a segunda maior, atrás da ExxonMobil. As ações da estatal atingiram nesta sexta (11) valor equivalente ao verificado em novembro de 2004. No dia seguinte ao rebaixamento pela Standard & Poors, os papeis preferenciais, mais negociados e sem direito a voto, fecharam o pregão a R$ 7,66, queda de 3,89%.

Já os ordinários caíram 5,37%, para R$ 8,81. O mau desempenho reflete incertezas do mercado com relação ao futuro da companhia. Após a S&P tirar o selo de bom pagador da estatal, rebaixando suas notas de crédito de BBB- para BB, bancos de investimento começaram a rever, para baixo suas projeções de valor da companhia.

O banco Credit Suisse, por exemplo, reduziu sua projeção para o preço das ações da Petrobras negociadas em Nova York de US$ 6 para US$ 3.

Para o JP Morgan, as ações valerão, em 2016, US$ 7 —a projeção anterior era de US$ 10,5. “As ações anunciadas pela gestão da companhia suportavam nossa projeção anterior, mas o cenário macroeconômico derrubou nossa tese”, escreveu o analista Marcos Severine.

GREVE

A empresa anunciou nesta semana proposta de redução de salários e de jornada de trabalho de para tentar conter custos, que foi mal recebida pelos sindicatos de petroleiros. “É mais um passo neste processo de fatiamento da empresa”, disse o presidente da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel.

A entidade, porém, decidiu adiar para a próxima quinta (17) a decisão sobre greve por tempo indeterminado contra o novo plano de investimentos da companhia. Neste dia, a Petrobras vai apresentar à categoria a proposta econômica para o reajuste salarial de 2015.


7 comentários

  1. JOHAN
    sábado, 12 de setembro de 2015 – 14:40 hs

    Caro FÁBIO, está sendo colocado para conhecimento da nação brasileira mais uma realização determinada da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA.que é inviabilização econômica-financeira da PETROBRÁS no mundo. Uma empresa perder 90,0% do seu potencial em 05 anos é um prodígio de competência. Três VIVAS aos membros da ORGANIZAÇÃO. Para quem sempre impingiu aos TUCANOS a indicação da venda da PETROBRÁS, agora os dirigentes da ORGANIZAÇÃO poderão vangloriar-se da ação de quebra da empresa e da possibilidade de algum grupo do qual tenham participação de assumirem o controle acionário da empresa. Isto é que é competência, e ainda possuem vassalos defendendo-os. Acreditamos ainda que os membros da ORGANIZAÇÃO possuem novidades a serem apresentadas. Atenciosamente.

  2. Haroldo
    sábado, 12 de setembro de 2015 – 15:03 hs

    E tem quem ainda defenda a incompetentA. Sérgio Silvestre, favor não dizer que os culpados são os gringos, pois a incompetentA conseguiu falir o lojinha de 1,99 e já naquela época culpou FHC.

  3. Haroldo
    sábado, 12 de setembro de 2015 – 15:05 hs

    E os pobres trabalhadores que aplicaram o saldo do seu FGTS em ações da Petrobrás, como é que ficam?

  4. Sergio Silvestre
    sábado, 12 de setembro de 2015 – 17:31 hs

    O governo não tem 370 bilhões,ora compra todas as ações da Petrobras,tá baratinha né.

  5. A CULPA É DO FHC
    sábado, 12 de setembro de 2015 – 19:12 hs

    FABIO PUBLICA UM COMENTÁRIO MEU POR FAVOR!!

    VOCÊ ESTÁ SENDO ANTI DEMOCRÁTICO!!

    O JEITO PT DE ADMINISTRAR – CONTRA A PRIVATIZAÇÃO A FAVOR DA QUEBRA DA PETROBRAS!!

    QUEBRARAM A PETROBRAS – NOSSO ORGULHO NACIONAL – TINHA UM PATRIMÔNIO BILIONÁRIO – HOJE NÃO VALE NADA.

    EM COMPARAÇÃO SEUS DIRETORES E EX-DIRETORES, TEM BILHÕES EM CONTAS SECRETAS.

    FORA PT
    CADEIA PARA DILMA

  6. sábado, 12 de setembro de 2015 – 20:53 hs

    A IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA está evidente no País. É um absurdo que só na Petrobras tenhamos um prejuízo de U$200 BILHÕES, não de Reais mas de Dólares, atualmente em torno de R$800 BILHÕES DE REAIS. A má gestão dá causa ao governante ser processado e condenado,além de repor o dinheiro perdido.

  7. marcos
    terça-feira, 24 de novembro de 2015 – 12:36 hs

    Agora ela está fazendo com o Brasil a mesma, coisa, prova que ela não sabe administrar nada, nem Petrobrás nem o Brasil….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*