'Só se consegue aumentar imposto quando há credibilidade', diz FHC | Fábio Campana

‘Só se consegue aumentar imposto quando há credibilidade’, diz FHC

fhc

d’O Globo

Ao lançar nesta quarta-feira no Rio seu livro “A miséria da politica – crônicas do lulopetismo e outros escritos” (Civilização Brasileira), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, criticou, em debate mediado pelo colunista do GLOBO Merval Pereira, a ideia de elevar impostos como forma de solucionar a crise econômica brasileira.

— Imposto ninguém quer, porque é imposto. E só se consegue aumentar imposto quando há credibilidade — disse FH. — Eu fiz a CPMF com (o ex-presidente) Itamar (Franco) e (o-ex ministro da Saúde Adib) Jatene. Havia credibilidade, e eu tive apoio. Agora, para qualquer tentativa de imposto, há barreira porque há desconfiança no governo e na maneira como as coisas estão funcionando.

O novo livro do ex-presidente reúne crônicas publicadas no GLOBO e no jornal “O Estado de S.Paulo” entre 2010 e os primeiros meses de 2015. Abarca portanto as duas campanhas e os dois mandatos de Dilma Rousseff. Há também artigos publicados em revistas e discursos proferidos nesse período.

Perguntado sobre a adesão de tucanos a movimentos em favor do impeachment da presidente Dilma, FH disse que não estimula nenhuma adesão.

— Impeachment só ocorre quando é indiscutível. Não adianta estimular — afirmou.


11 comentários

  1. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 12:36 hs

    -O FHC é o menos indicado para emitir opinião quando se trata de aumentar impostos!!!
    -Foi em seu governo que permitiu criar a CPMF com a finalidade de recuperar a saúde brasileira. Não conseguiram atingir o objetivo, apenas oneraram ainda mais os contribuintes!!!
    -O que acontece no Brasil é o excesso de impostos e alta carga tributária!!!
    -Atualmente, o brasileiro paga em torno de 30% do que ganha em impostos. Um absurdo…é a maior carga tributária do mundo!!!
    -Os impostos brasileiros deveriam estar no patamar máximo de 10%. Isto sim, seria justo!!!! Aumentaria a competitividade, aumentaria as vagas de emprego, a economia tenderia a crescer!!!
    -Quanto mais o governo propõe medidas para o aumento de imposto, mais engessa a economia!!!

  2. OLHO VIVO.
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 12:38 hs

    ISSO É UM HONORIS CAUSA,NÃO AQUELE CACHACEIRO BERNENTO E LADRÃO.

  3. MANOEL BOCUDO.
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 12:43 hs

    VAMOS ACEITAR QUE ESTAMOS NO MATO SEM CACHORRO,
    E SEM BÚSSOLA, ACORDEM PETISTAS VAMOS TRABALHAR
    E CORRIGIR AS CACAS QUE VCS FIZERAM.

  4. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 12:57 hs

    Criança! Não verá país nenhum como este. Fuja enquanto é tempo!!! diria hoje Olavo Bilac.

  5. Aline
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 14:33 hs

    Questionador, se o senhor leu a matéria, o senhor verá que FHC não se FURTA em ASSUMIR que da criação da CPMF, portanto o que ele quis dizer que SÓ aumenta impostos e a sociedade aceita quando o governo tem CREDIBILIDADE o que não acontece com o DESgoverno do PT.

  6. Igor
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 14:38 hs

    FHC, comunista desde a década de 60, responsável por lançar Lula na política, ele é tão devedor quanto o PT !!!

  7. jose carlos pinto
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 14:43 hs

    ME PERDOEM OS PETISTAS MAS NÃO DÁ PARA COMPARAR
    O FHC COM O TAL DO LULA. NÃO SOU TUCANO, MAS ESTOU
    NO BICO DO URUBU ( FALÊNCIA) E QUEBRADO

  8. jose
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 15:01 hs

    parabens, olho vivo.

  9. OLHO VIVO.
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 18:00 hs

    OBRIGADO JOSÉ,SOMOS PESSOAS INTELIGENTES.

  10. Luigi
    quinta-feira, 10 de setembro de 2015 – 20:18 hs

    OLHO VIVO, se me permite, não desmereçamos os humildes consumidores de aguardente, denominando de ‘cachaceiro’ aquele homúnculo sacripanta!

  11. RR
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 13:28 hs

    COM CERTEZA LUIGI,CACHACEIRO É CACHACEIRO F@#@#**A É F@#@#**A,QUE É O CASO DESSE PILANTRA DE NOVE UNHAS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*