Rumo à delação | Fábio Campana

Rumo à delação

CURITIBA, PR - 12.05.2015: PRESOS DEPÕE NA CPI DA PETROBRAS - O ex parlamentar André Vargas durante depoimento na CPI da Petrobras, no prédio da Justiça Federal em Curitiba (PR), nesta terça-feira (12). A CPI deve ouvir os 13 investigados pela Operação Lava Jato que estão presos no Paraná. (Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Fotoarena)
Já foi mais firme, nos sentimentos do ex-deputado André Vargas, a convicção de não aderir à delação premiada na Operação Lava Jato. Ex-vice presidente do PT, ele tem se queixado amargamente do abandono a que foi relegado pelos antigos companheiros. O recurso que apresentou ao Superior Tribunal de Justiça ditará seus passos futuros. Se for derrotado no STJ, contará o que sabe.

Por Ricardo Boechat


3 comentários

  1. domingo, 13 de setembro de 2015 – 21:27 hs

    Se André Vargas fizer acordo de DELAÇÃO PREMIADA, Gleisi, Paulo Bernardo e muitos da clã petista paranaense, além de Lula, Dilma e etc., não dormirão mais em PAZ. O IMPACTO dessa delação será maior que uma BOMBA H. Do poder a um passo da podridão que se submeterão. Triste fim POLÍTICO !!!!.

  2. Paolo Hemmerich
    domingo, 13 de setembro de 2015 – 22:12 hs

    Vai “delatar” quem? O porteiro da CEF? Os outros já o foram!!! Lula é Dilma? Ora, tenham a santa paciência!!!! Não acredito em duendes!!! Só em bruxas!!!!

  3. Edgar
    terça-feira, 15 de setembro de 2015 – 15:59 hs

    Aproveita para erguer a “mãozinha”…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*