Requerimentos podem virar tiro no pé | Fábio Campana

Requerimentos podem virar tiro no pé

Foto: Arnaldo Alves/ANPr sciarra -232312

Deputados da oposição ao governador Beto Richa (PSDB) se revezam no envio de pedidos de informações tentando constranger o governo. A orientação é para que tudo seja respondido detalhadamente. “Este governo não tem nada a esconder”, afirma o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra.

Ele disse que os requerimentos feitos pela oposição servem de base para comparações de gestão e resgate informações importantes sobre os atos de administrações passadas. “Tem gente que acha que a vida pública começa no momento em que assume um mandato. Perde a memória ou tem dificuldade em usá-la. Esquece que existe um passado, que por vezes é muito mais revelador do que o presente”, disse o secretário.

Um dos últimos requerimentos feitos pelo deputado Requião Filho (PMDB) pede informações sobre a movimentação financeira entre o governo e a Paraná Previdência nos últimos quatro anos. O filho do senador Roberto Requião não se interessa pelo período anterior de governo, sob o comando do pai, quando o sistema estadual de previdência praticamente desintegrou-se.

Requião-pai deixou o governo em 2010 com desequilíbrio de R$ 9 bilhões no Fundo de Previdência. Relatórios do Tribunal de Contas do Estado (TCE) indicam que o ex-governador parou de pagar as contribuições previdenciárias que o Estado devia a partir de maio de 2005, colocando em risco as aposentadorias e pensões dos servidores estaduais.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*