Programa do PMDB surpreende Planalto | Fábio Campana

Programa do PMDB surpreende Planalto

O governo se surpreendeu com o tom de ultimato dado pelo programa do PMDB, exibido em rede nacional de rádio e TV, na quinta-feira. No momento em que a presidente Dilma Rousseff negocia a ampliação da influência do PMDB na equipe, o partido diz que o Brasil não aguenta mais o aumento da carga tributária e afirma ser preciso apontar um rumo para o País não ficar “à deriva”. As informações são do Estadão.


4 comentários

  1. NA CORDA BAMBA
    sábado, 26 de setembro de 2015 – 11:30 hs

    Só esta imbecil da Dilma ainda não percebeu que o perigo mora
    bem ao lado e chama-se Temer. Se ela pretende “negociar” algo
    com o PMDB precisa enterrar o seu vice primeiro. A Dilma esquece
    que o maior papagaio de pirata é o Temer.

  2. JOHAN
    sábado, 26 de setembro de 2015 – 12:09 hs

    Caro FÁBIO, com a manifestação expressa da liderança do PMDB, no programa de TV do dia 24.09.15, a partir dessa data os MALES evoluídos de inflação, taxas de juros, desvalorização do real, elevação da taxa de desemprego, deverá também ser dividido, compartilhado e assumido a responsabilidade pelos dirigentes do PMDB junto com os membros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA. Essa é uma medida em coligação para dirigir o país. Atenciosamente.

  3. antonio carlos
    sábado, 26 de setembro de 2015 – 16:21 hs

    Este pessoal do velho de guerra adora se superar e surpreender a gente, passam todo o dia babando no saco da Mulher Sapiens, e à noite baixam o porrete nela. Mas pudera, para um partido que abriga gente do naipe do Senador Maluco não é de se esperar coisa diferente.

  4. Dosel Jr.
    segunda-feira, 28 de setembro de 2015 – 9:35 hs

    Vai ver que a Dilma, ao procurar argumento para negociar com o PMDB, ouviu o Sergio Silvestre lá em Londrina e teve dele a pérola da decisão que teve. Somente alguém com a cabeça cheia de dejetos é que pode tomar a atitude que a presidenta tomou. Para nós, que estamos do lado de fora e pagamos a conta, só nos resta esperar que o barco dela afunde de uma vez por todas e leve junto, se não for pedir muito a Deus, os que com ela estiveram até agora no Planalto, entre muitos este tal de Temer.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*