PP e a oposição | Fábio Campana

PP e a oposição

Ricardo Della Colleta, Época

Até o PP, fulminado pela Operação Lava Jato, se assanha pelo afastamento de Dilma. O partido não engoliu a troca do ministério das Cidades pelo da Integração Nacional. Para azedar mais, o governo tirou um afilhado do líder da bancada na Câmara, Eduardo da Fonte, da direção da estatal CBTU em Pernambuco.


Um comentário

  1. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 14 de setembro de 2015 – 16:32 hs

    Esse partido tem uma credibilidade para tirar a presidente né.Acho que voces tem que enfiar a viola no saco e esperar a bordoada que vai sobrar pra todo mundo,tem hora que não vai dar para segurar mais as falcatruas dos partidos de oposição.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*