Paraná enfrenta a crise, paga em dia e projeta R$ 5 bi de investimentos | Fábio Campana

Paraná enfrenta a crise, paga em dia e projeta
R$ 5 bi de investimentos

Em entrevista a EParaná nesta segunda-feira, 31, o governador Beto Richa (PSDB) destacou que o Estado se preserva contra a crise, com novos investimentos e garantindo a folha de pagamento dos servidores. Richa projeta entre R$ 3 a R$ 5 bilhões em obras e programas sociais para 2016 e avalia ainda as condições criadas pelo governo que, apesar da conjuntura nacional, garantem um bom nível de emprego no Estado.


11 comentários

  1. Tag
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 13:30 hs

    Acredite se quiser.
    Todas as tardes no Centro Cívico.

  2. Andressa
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 13:32 hs

    Não vou esquecer disso. Não me apareça daqui a 5 meses dizendo que não tem dinheiro, que tá com déficits, dívidas e que precisa aumentar impostos e mexer na poupança dos funcionários.

  3. Funcionário Público
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 13:46 hs

    Será mesmo, e as promoções dos Peritos Criminais que estão aguardando a mais de 18 anos na mesma classe?
    Ano passado o Governador aprovou um Decreto com as promoções que até agora não foi implementado!
    Onde já se viu uma classe de funcionalismo com a Importância dos Peritos sendo completamente esquecida e sucateada pelo Estado.
    E a SEAP conivente vai deixando a, mais do que justa, promoção dos Peritos para última prioridade. Mas o Governador tem coragem de falar em Investimento e folha de pagamento,
    UMA VERGONHA.

  4. Paolo Hemmerich
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 13:54 hs

    Pô, Beto, empresta uns 3 bi pro gringo lá dos pampas, que o homem tá matando cachorro a grito, tchê!!!!!!!!

  5. Francine
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 14:12 hs

    Mais uma vez o governador lutando por uma coisa importante, pois ele sabe que a quantidade de desempregos aumentaria e muito..#paranaqueeuacredito

  6. Roberto Shmith
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 14:19 hs

    Pra enfrentar a crise só mais investimentos mesmo, a ajuste fiscal foi desgastante, sim, mas agora quem vai sair ganhando é a população, que não esta nem, aí p essa guerra politica que tenta destruir reputações o tempo todo, siga em frente Paraná!

  7. Viking
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 14:22 hs

    Tá! Mas, e agora quem vai fazer tudo isso, porque o Rincha não tem competência, aliás o Rincha deveria se alistar no Estado Islâmico, é lá que se valoriza quem mada bomba nos seus irmãos e saquear o estado.

  8. Observador
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 15:00 hs

    Nesse discurso e na conta de investimentos entra a nova empresa captadora de recursos (Paraná Securitizadora) e provavelmente mais dinheiro da Paraná Previdência e dos Fundos de Pensão Copel, Sanepar, Cohapar?

  9. Revoltado
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 15:01 hs

    Então porque não paga as progressões atrasadas, as promoções, as indenizações de remoção e as aulas para os policiais que tem direito a receber.

  10. toninho
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 15:25 hs

    Milagre, milagre. De um dia pro outro, do caos para o melhor dos mundos.
    Se a responsabilidade é do novo Secretário de Finanças, como bom brasileiro o Beto devia emprestá-lo a Dilma, que em dois tempos o Brasil estaria nos eixos. Bumba meu boi.

  11. antonio carlos
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 22:27 hs

    Espero que esta não seja mais uma mentira contada pelo Betinho Banana. Então aproveite a chance Betinho, dê um Choque de Gestão começando pela limpa nestes milhares de Cargos Comissionados que o Estado insiste em manter, seria um belo exemplo. E enxugue estas centenas de diretorias, para quê até agora não se sabe, que existem nas estatais estaduais, é diretor dirigindo diretor. Tem diretor que até agora não sabe o que faz, e nem porque é diretor.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*