Namorado de Renata Muggiati é preso. Modelo pode ter sido estrangulada | Fábio Campana

Namorado de Renata Muggiati é preso.
Modelo pode ter sido estrangulada

Foto: Danaê Bubalo – Banda B namoradorenata - foto danaae bubalo bandab

da Banda B

O médico endocrinologista Raphael Marques foi preso nesta sexta-feira (25) suspeito de matar a namorada Renata Muggiati, de 32 anos. A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR) no começo da noite. Renata morreu no último dia 12 após cair do 31º andar de um prédio na Rua Visconde do Rio Branco, esquina com a Comendador Araújo, no Centro da capital. A nova suspeita é que a atleta possa ter sido estrangulada antes de ser jogada pela janela.

Segundo a advogada da família, Zeila Plath, a Polícia Civil já confirmou que o crime aconteceu após outras agressões.

Na última segunda-feira, o corpo da modelo fitness foi sepultado no Cemitério Parque Iguaçu. Raphael Marques tentou participar da cerimônia, mas foi barrado e aceitou ir embora após uma conversa entre o advogado dele e o da família de Renata. Testemunhas relataram que houve uma discussão entre o médico e os familiares da modelo antes de ele decidir sair do local.

A irmã de Renata, Tina Muggiati chegou a relatar que Raphael poderia ser responsabilizado judicialmente por qualquer ato que possa ter contribuído com a morte dela. “Eu sei que a justiça de Deus existe e acredito também nas investigações, porque a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa [DHPP] está fazendo um trabalho maravilhoso. O namorado vai ter que responder por ter batido nela”, completou Tina.

Mais informações serão repassadas ainda na noite desta sexta pela DHPP.


3 comentários

  1. Francisco Foltrani Freire
    sábado, 26 de setembro de 2015 – 0:33 hs

    A estória do médico não estava sendo convincente. Ninguém em sâ consciência deixaria uma pessoa, que havia tentado pular da janela por duas vezes, sozinha, sem tomar qualquer medida para que não houvesse uma TERCEIRA TENTATIVA, que poderia ser fatal. Inexiste crime perfeito, o que existe é a vontade política para desvendá-lo.

  2. Gentalha
    sábado, 26 de setembro de 2015 – 6:36 hs

    Barbaridade!

  3. antonio carlos
    sábado, 26 de setembro de 2015 – 16:30 hs

    Até agora não entendi porque a musa do fisiculturismo, campeã mundial, personal trainer e modelo, mesmo depois de ter o seu nariz quebrado pelo namorido continuou vivendo na companhia dele , o cara deve ser muito bom mesmo. Se ele era tão ruim como falam agora porque será que a falecida insistia em viver na companhia deste “monstro”?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*