Mendes e Noronha costuram | Fábio Campana

Mendes e Noronha costuram

do Lauro Jardim

Gilmar Mendes e João Otávio de Noronha almoçaram ontem para falar de um pedido de Gilmar no TSE.

Numa das quatro ações que investigam as contas de campanha de Dilma, Mendes há tempos pediu uma quebra do sigilo das contas do PT de 2010 para cá. Do PT todo.

O objetivo é rastrear se houve dinheiro da Petrobras no financiamento de alguma candidatura do partido de lá pra cá.

Na interpretação de Gilmar, isso poderia abrir uma brecha para colocar essa candidatura sub júdice.

Para que ocorra a quebra do sigilo das contas, teria que passar pelo plenário do TSE, bem dividido em temas espinhosos para o lado do PT.


2 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 2 de setembro de 2015 – 19:18 hs

    Estranho né esse juiz,ele pede só o rastreamento das contas do PT,por que não as do PSDB,ora está quase provado que esse senhor de estranhas atitudes como a de dar 2 HCS para um achacador e corrupto agora que r ser o pai da moralidade.
    Esse juiz precisa de tornozeleira.

  2. luis
    quinta-feira, 3 de setembro de 2015 – 8:30 hs

    ADVOGANDO!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*