Itaipu, Petrobras, Caixa, BNDES e Banco do Brasil perdem o selo de 'bons pagadores' da S&P | Fábio Campana

Itaipu, Petrobras, Caixa, BNDES e Banco do Brasil perdem o selo de ‘bons pagadores’ da S&P

itaipu 3420

A Itaipu Binacional, Petrobras, BNDES, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil estão na lista das 24 empresas e 12 bancos brasileiros que perderam o selo de “bons pagadores” da agência de classificação de risco Standard & Poor’s. A inclusão aconteceu um dia depois da agência retirar o grau de investimento do Brasil. As informações são da Folha de S. Paulo.

A decisão mostra como a piora da economia do país afeta a vida das companhias. Com a perda do grau de investimento, as empresas devem encontrar mais dificuldades no acesso a mercados e crédito mais caro.

A Petrobras foi a mais prejudicada, com a sua nota de crédito reduzida em dois níveis. Também estatal, a Eletrobras teve seu rating rebaixado para “BB+”, mesmo nível da nota soberana do Brasil, com perspectiva negativa.

Outras empresas da área de energia, incluindo subsidiárias da Eletrobras, e concessionárias de rodovias, como a Arteris, a CCR e a Ecorodovias, também tiveram seu rating rebaixado e perderam o selo de bom pagador.

Para a S&P, setores regulados ficam mais vulneráveis se a qualidade de crédito soberano piora de forma significativa. A agência cita o risco potencial de controle de tarifas e uma deterioração na disponibilidade de crédito.

A S&P também reduziu os ratings de outras seis empresas, com perspectiva negativa: Ambev, Globo, Multiplan, Ultrapar, Votorantim Participações, Votorantim Industrial e Votorantim Cimentos. Mas elas mantiveram nota superior ao rating soberano. Ao todo, 31 empresas tiveram seus ratings rebaixados.

BANCOS
As maiores instituições financeiras do país também deixaram de ser avaliadas como empresas de primeira linha pela S&P. Perderam o grau de investimento Itaú Unibanco, Bradesco, Santander, Safra, Citibank e os estatais Banco do Brasil, Caixa, BNDES e o gaúcho Banrisul. Todos eles tiveram a nota reduzida de “BBB-” para “BB+”, assim como o Brasil.

A alteração na nota soberana também foi a justificativa apresentada pela agência. “Nós raramente damos uma nota para instituições financeiras acima do rating soberano”, informou.

Para a S&P, em momentos de estresse na nota de crédito do país, as autoridades podem restringir a flexibilidade do sistema financeiro.

A agência também informa que o risco atribuído ao setor financeiro no Brasil reflete ainda a grande presença de bancos estatais no mercado, “o que já causou significativas distorções no sistema nos últimos anos, enfraquecendo a competitividade”.

“Se as fracas condições econômicas persistirem em 2015 e a recessão continuar em 2016, a qualidade dos ativos dos bancos e os lucros podem piorar mais que o esperado, aumentando o risco de insucesso, especialmente entre os médios e os pequenos.” Os bancos Pan e BTG, que já não tinham grau de investimento, foram rebaixados.

LISTA DE EMPRESAS QUE PERDERAM SELO
Companhia de Gás de São Paulo – Comgás;
Companhia Energética do Ceará – Coelce;
Elektro Eletricidade e Serviços S.A. (Elektro);
Eletrobras-Centrais Elétricas Brasileiras S.A.;
Transmissora Aliança de Energia Elétrica S.A. (TAESA);
Neoenergia S.A.;
Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia – COELBA;
Companhia Energética do Rio Grande do Norte – COSERN;
Companhia Energética de Pernambuco – CELPE;
Itaipu Binacional;
Atlantia Bertin Concessões S.A. (AB Concessões);
Rodovia das Colinas S.A.;
Triângulo do Sol Auto-Estradas S.A.;
Arteris S.A.;
Autopista Planalto Sul S/A.;
CCR S.A.;
Autoban – Concessionária do Sistema Anhanguera Bandeirantes S.A.;
Concessionária da Rodovia Presidente Dutra S.A.;
Rodonorte Concessionária de Rodovias Integradas S.A.;
Ecorodovias Concessões e Servicos S.A.;
Concessionária Ecovias dos Imigrantes S.A.;
Santos Brasil Participações S.A.;
Petroleo Brasileiro S.A. (Petrobras); e
Samarco Mineração S.A

LISTA DE BANCOS QUE PERDERAM O SELO
Caixa Econômica Federal S.A.
Banco Nacional de Desenvolvimento Economico e Social S.A. (BNDES)
Banco Safra S.A.
Banco Bradesco S.A.
Banco Citibank S.A.
Itau Unibanco Holding S.A.
Itau Unibanco S.A.
Banco Santander (Brasil) S.A.
Banco do Nordeste do Brasil S.A.
Banco do Brasil S.A.
Banco de Desenvolvimento do Estado de Minas Gerais S.A.
Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. (Banrisul).


10 comentários

  1. sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 11:00 hs

    Pelo andar da carruagem, daqui uns dias não sobrará nenhuma instituição pública. E o que dizer dos bancos oficiais e privados rebaixados ? O mercado financeiro está abalado, graças a incompetência administrativa de um DESGOVERNO que usa e abusa da mentira e de promessas que jamais pensa em realizá-las. Dilma brinca de governar sem ter um objetivo ou o mais importante um PLANO GOVERNAMENTAL. O Brasil parece um brinquedo nas mãos desses governos petistas. SAI SATANÁS..

  2. Luigi
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 11:12 hs

    Muito contraditória a manifestação do homúnculo Lula da Silva, longe de casa (será por que?), não apenas por sua mudança de entendimento, para pior, sobre o real sentido do “Selo de Bom Pagador”, mas porque, se ele já bebia, agora pode BB+.

  3. MANOEL BOCUDO.
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 11:24 hs

    OS MALACOS ESTÃO ACABANDO ATÉ COM A MORAL DE ITAIPU.
    COMO ACHAM AINDA OS PETISTAS QUE ESTÁ TUDO BEM.
    FAMA DE BAGRE ENSABOADO NO POPULAR, OU COMO DIZIA
    MEU PAI: AQUELE CARA ( BRASIL) É UM VELHACO. A QUE
    PONTO NÓS CHEGAMOS COM ESSES SURRUPIADORES
    DE DINHEIRO PÚBLICO. MAUS PAGADORES É MOLE.

  4. Luigi
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 12:08 hs

    ************** E A DÍVIDA INTERNA, COMO FICARÁ???? *************
    Não são apenas as empresas que terão redobradas dificuldades para sobreviver, mas todo o povo brasileiro.
    A despesa do Governo do PT, SOMENTE COM OS JUROS ANUAIS DA DÍVIDA INTERNA, já é da ordem de R$ 400.000.000.000,00 – ISSO MESMO, QUATROCENTOS BILHÕES DE REAIS!!! Se quiserem, o mesmo que a bagatela de 104 bilhões de DÓLARES, SÓ DE JUROS!!!
    Isso porque o Estado Brasileiro deve aos Bancos Brasileiros (agora sem o selo de bons pagadores!) e a outros credores internos, o assombroso montante de 3 TRILHÕES DE REAIS, ou seja, 65% DO PIB BRASILEIRO. Para pagar essa dívida, precisamos trabalhar, de graça, 240 dias, ou 8 meses!

  5. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 12:08 hs

    Estou vivendo na boa do mesmo jeito e os trouxas se ferrando,que otimo.

  6. jose carlos pinto
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 12:55 hs

    ESTAMOS NA MERDA, SEM EMPREGO, DURO E COM OS IMPOSTOS
    COMENDO A GENTE PELA PERNA, E ESSES ALIENADOS COM O
    MIOLO FEITO LAVAGEM CEREBRAL AINDA TORCEM POR ESSA
    QUADRILHA, ACORDEM O CAROS SEGUIDORES DO BEBADO
    E DA DENTUÇA EQUILIBRISTA. A COISA TÁ FEIA MEU POVO.

  7. Luigi
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 14:14 hs

    Sr. SS, desse jeito V. Sa. vai seguir no mesmo caminho do seu grande ídolo, o etílico Lula paz e amor, que agora pode BB+.

  8. SFU
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 14:52 hs

    Desconstruir é uma fixação para o petismo. Mas não a desconstrução para reconstruir em bases modernas, alavancada com visão do futuro, da melhoria, da modernidade. A desconstrução da seita é para o proveito próprio, o do dinheiro fácil para os seus bolsos ou a criação de falácias que favoreçam suas campanhas políticas. É o caso da Itaipu com o seu ´”Água Boa”, ou com o “Carro Elétrico”, ou com o “Gás das Pocilgas”, e por aí vai! Aliás mexer com o esterco é próprio deles, assim como no caso da “energia” das esterqueiras, cujo coordenador é C´cero Bley, aquele condenado à prisão pelo TRF4, há alguns e anos, e, logo depois, envolvido no caso AMA/CONLURB.

  9. sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 17:50 hs

    Sergio Silvestre é s a f a d o igual a quadrilha dele !

  10. Jany Wursch
    sexta-feira, 11 de setembro de 2015 – 20:02 hs

    Impressiona cada vez mais a desfaçatez os absurdos, a falta de moral e princípios desse governo petista. Chega a ser um caso d polícia, destruir uma economia desse jeito! Não Eh possível não se chegar a um desfecho moral digno de ficar na história! Se estivéssemos na França da revolução, esses petistas iriam pra guilhotina um por um. A nação espera q suas instituições se apresentem e tomem pé da situação. Já se faz a hora!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*