Fruet reduzirá limite de velocidade para 40 km/h na área central da cidade | Fábio Campana

Fruet reduzirá limite de velocidade para 40 km/h na área central da cidade

fruet - bicicleta

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT) radicalizou e copiou a cidade de São Paulo. No plano diretor, em debate na Câmara de Vereadores, Fruet tenta emplacar o rodízio de placas e o pedágio urbano e levou um chega pra lá até do PT que faz parte de sua base de apoio. Agora, a Folha de S. Paulo adianta que Fruet anuncia nesta sexta-feira (18), a redução da velocidade na área central para 40 km/h.

“Nós queremos uma área diferenciada em todos os aspectos, para humanizar a cidade”, disse o diretor da secretaria de Trânsito, Mauricio Razera à repórter Estelita Hass Carazzai. “A 40 km/h, o risco de um pedestre morrer ao ser atingido é de 20%. A 50 km/h, aumenta exponencialmente, para 50%”, completou Razera.

Nesta sexta, começa a instalação de placas e sinalização, além da distribuição de panfletos explicativos a motoristas e pedestres. A fiscalização, com radares e multas, começará no dia 16 de novembro. Fruet diz estar preparado para reações negativas. No ano passado, o prefeito implantou, em apenas uma das avenidas mais centrais de Curitiba, a Via Calma, com velocidade de 30 km/h e ciclofaixa. Motoristas e moradores reclamaram de congestionamentos.


11 comentários

  1. Kátia Flávia
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 11:34 hs

    E as MOTOS que correm nas ruas centrais a 60 (entre os carros), 80, 100 Km/h … alguém vai coibir ou fica como esta ?

  2. COMANDO
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 12:49 hs

    Fustavo para com isso…

  3. ferreira
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 13:15 hs

    Se eu não tivesse sido ASSALTADO 2X quando andava de bicicleta pelas ciclovias de Curitiba não teria aposentado minha bike à mais de 20 anos e esta insegurança ainda não se resolveu, mas em compensação AGORA andaremos na mesma velocidade delas – 40 km/h – e vamos colaborar enchendo o cofre do fruet com a indústria que só cresce no Brasil…..da multa.
    Prefeito, até la vista……em 2016 !

  4. Sergio R.
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 13:16 hs

    Para um prefeito lerdo, uma cidade lerda.

  5. reginaldo costa
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 13:42 hs

    Meu Deus, o trânsito vai piorar ainda mais!!! Quem define essas coisas na prefeitura????

  6. tadeu rocha
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 14:27 hs

    REGINALDO , TUDO PARA VOCES É RUIM COMPLICADO ETC., AGORA PETROBRAS MENSALÃO ETC. AI BOM.. SAI FORA

  7. TROLL
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 14:38 hs

    Já comprei meu pônei!

  8. John
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 15:09 hs

    Só inutilidades! É a marca dessa gestão fútil e caloteira.

  9. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 15:10 hs

    A velocidade do trânsito curitibano segue o mesmo ritmo do desenvolvimento da cidade, devagar quase parando. Logo virá a marcha à ré.

  10. COMANDO
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 15:51 hs

    Gustavo se esta pensando em se reeleger, tire o cavalo da chuva, esta tomando medidas abusivas e o curitibano não esta gostando nada disso…

  11. luiz antonio
    sexta-feira, 18 de setembro de 2015 – 16:20 hs

    Compatível com a administração petista: Cada vez mais lenta, quase parando.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*