Com CPMF, Dilma quis dividir 'ônus político', diz Beto Richa | Fábio Campana

Com CPMF, Dilma quis dividir ‘ônus político’,
diz Beto Richa

richa - cpmf

Matéria de Letícia Sorg no Estadão registra a posição contrária do governador Beto Richa (PSDB) a reedição da CPMF pelo governo Dilma Rousseff (PT). “Já me manifestei contra a CPMF em outras vezes e novamente agora. Todas as vezes em que esteve em vigência, o dinheiro não foi para a saúde, mas para o superávit”, disse.

Na segunda-feira, 14, a equipe econômica Dilma apresentou a retomada da CPMF com uma alíquota de 0,20% destinados à União para ajudar a reduzir o déficit na Previdência Social. Dilma negocia ainda um aumento da alíquota para contemplar estados e municípios. Richa disse que é contra a medida mesmo que o Paraná venha a receber parte dos recursos. “Muito mais do que atender Estados e municípios, a ideia do governo é dividir o ônus político da criação de um imposto que ninguém quer”, afirmou ao Estadão.

Richa disse que não conversou com outros governadores tucanos sobre o tema, mas afirmou que sua posição é semelhante à dos líderes tucanos. Ontem, o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse que não é aceitável a volta da CPMF. “Há medidas de redução de custeio, mas, infelizmente, maior esforço vem de impostos”, afirmou o senador.

O governador paranaense também criticou a criação de impostos como saída fácil para os problemas. “Se for para criar impostos para resolver todos os problemas do governo, não sei aonde vai parar”, disse. Richa afirmou que o governo tem que dar exemplo e cortar na carne, e destacou os cortes que fez em seu Estado. “Cortei cinco secretarias e 1.000 cargos comissionados no Paraná”, afirmou.


12 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 11:32 hs

    A reciproca é verdedeira,mas meu IPVA,luz Água etc ele não foi contra.

  2. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 11:48 hs

    -Os governadores partidários do PSDB estão esperando o desenrolar dos acontecimentos para, para no futuro, quem sabe, barganhar o apoio à uma nova coligação, talvez com o PMDB, caso o impeachment seja palpável…..
    -Os bastidores políticos em Brasilia estão à todo vapor….
    -Todo dia surge um fato novo e desconhecido.
    -Mas aumentar mais impostos em cima dos já existentes, é para apagar fogo com gasolina….quem perde sempre é o contribuinte que tem pagar a conta de tanta incompetência e corrupção!!!

  3. Ruy Segundo
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 11:52 hs

    Sou contra a CPMF. Mas o Sr Beto Richa falando de impostos é uma vergonha. Cargos e mais cargos. Um exemplo que me deixou revoltado foi a criação do coordenador da região metropolitana do Vale do Ivai. Nem existe isso. Foi criado para acomodar alguns companheiros. Eu não vejo solução. Vamos alugar o Brasil é o Paraná

  4. MANOEL BOCUDO.
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 12:52 hs

    NÃO VOU DEFENDER MAS NOSSO ESTADO ESTÁ A FRENTE DE
    GAÚCHOS EM TERMOS FISCAIS. ESTAMOS LONGE DE SER PERFEITO
    MAS ESTAMOS NO CAMINHO CERTO NOSSOS AJUSTES FORAM NA HORA
    CERTA. SENHOR SS E OS GATOS DO PT MIAM AINDA.

  5. Marcelo
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 15:33 hs

    Hahahahahahaha, Mané Bocudo, nosso estado está à “frente” de todos os demais em termos de encargos! Mas, a pergunta que não quer calar é a seguinte: CADÊ O DINHEIRO DO PARANÁ??? Mostre onde estão os investimentos, mostre onde estão as obras, mostre onde estão as melhorias!!! Tão Bocudo, mas tão Bocudo que só fala asneiras.

  6. Tuane
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 15:46 hs

    Em momento algum o governo federal se preocupa com a população, pensam apenas no que convêm a eles. Isso fica nítido com as mudanças que fazem, quando a situação aperta primeira coisa que aumentam são os impostos, o que prejudica muito a população.

  7. Lucas
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 15:48 hs

    Com o aumento dos impostos quem sai perdendo é sempre a população, e o governo federal não se toca disso. Sem contar que com isso eles não estão ajudando os governos estaduais, que por sua vez estão se virando sozinhos e investindo em melhorias como podem, assim como Richa vem fazendo..

  8. Sandra
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 15:50 hs

    Quando Richa se posicionou a frente criando medidas contra a crise todos reclamaram, mas se não fosse isso o Paraná teria sido muito afetado, coisa que não aconteceu. Todas as decisões tomadas pelo governo paranaense deram certo até hoje e sempre trouxeram resultados positivos.

  9. Aline
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 16:36 hs

    Ela quis é parecer que todo mundo é a favor de colocar mais imposto para os Brasileiros e não e bem assim… Ela ta colocando porque não dá conta de administrar o país.

  10. Inacio
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 16:38 hs

    Reclamam do Beto Richa mas do jeito que anda parece que a Dilma vai querer é conselho dele, essa mulher não dá uma bola dentro, credo…

  11. tony carrasco
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 9:30 hs

    Se for prá pegar conselho do beto, vamos pagar logo essa CPMF. E PRONTO.

  12. tony carrasco
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 9:31 hs

    É MANOEL, VC DEVE SER MAIS UM COMISSIONADO LAMBI GRÃO… SÓ PODE. KKKKKKKKKKKKKKKKK

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*