Apenas sete dos 27 governadores defendem a CPMF | Fábio Campana

Apenas sete dos 27 governadores defendem
a CPMF

gov
O encontro que deveria servir para chancelar o suporte de governadores à recriação da CPMF conseguiu reunir apenas sete dos 27 governadores. O governador Beto Richa e os demais governadores de oposição não compareceram. O evento na Câmara dos Deputados reuniu os governadores do Rio de Janeiro, Ceará, Piauí, Bahia, Alagoas, Tocantins e Amapá, três deles do PT, três do PMDB e um do PDT, além da a vice-governadora do Acre. Eles anunciaram que vão propor a deputados e senadores modificações na proposta que recria o imposto. A intenção é aumentar a alíquota da contribuição de 0,2% para 0,38%, a fim de que 0,18% da arrecadação sejam distribuídos igualmente entre estados e municípios. Após a reunião, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, avisou aos governadores que a chance de aprovação do novo imposto é pequena.


9 comentários

  1. MDBVELHODEGUERRA
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 19:01 hs

    Prezados governantes do nosso Brasil, tenho a solução para o déficit de R$ 30 bi do orçamento. Solução simples, que não vai aumentar alíquotas dos tributos, nem nos obrigar a ver de novo a CPMF e o melhor, tudo isso ocorrerá com a ajuda do povo.

    Basta pegar o valor do rombo nas contas do governo e dividir pelos eleitores que votaram no PT… assim:
    R$ 30.000.000.000 / 54.501.118 de eleitores = R$ 550,45.

    Agora pega este valor e emite boletos pros eleitores dessa corja… dá pra fazer à vista mesmo (pois muitos já enriqueceram ou ao menos se beneficiaram com cargos aqui, ali ou acolá), ou parcelar para a turma do bolsa-família!

    Plano em 12 meses: R$ 45,87 direto no boleto
    Plano em 24 meses: R$ 22,93 direto no boleto
    Plano em 36 meses: R$ 15,29 direto no boleto

    Vamos lá, ajude quem você elegeu a sair dessa enrascada!

    Pague sua parte na gastança do governo e seja verdadeiramente um CIDADÃO PETISTA!

  2. Ruan Benites
    quarta-feira, 16 de setembro de 2015 – 20:03 hs

    Bandidagem, apoiando bandidagem! Tem que gravar bemonme dessas víboras, peçonhentos que só queram dinheiro do povo. Trabalhar com dignidade que é bom nada

  3. jose carlos pinto
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 7:44 hs

    VAMOS RACHAR CERTO ENTRE ESTADOS, MUNICIPIOS E A NAÇÃO.
    SANAR CAIXAS COMO RIO GRANDE E MUITOS OUTROS NO
    VERMELHO. SÓ A DENTUÇA QUER A PORVA ??? A CPMF
    PODE SALVAR A PELE DAS PROMESSAS QUE ELA FEZ NA
    CAMPANHA E COBRIR AS MENTIRAS FEITAS.

  4. Juca
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 7:47 hs

    A distinta quer mesmo é amealhar mais membros para compor a quadrilha! Corretos os governadores que não foram à reunião da organização criminosa, que quer legitimar o golpe contra o povo jogando a culpa para os estados.

  5. COMANDO
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 8:21 hs

    Fácil para eles e o povo mais uma vez cobrindo incompetência…

  6. tony carrasco
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 9:23 hs

    Dª Dilma encontrei uma solução para o Brasil sair da crise. preste atenção.

    A) Se vc mandar um boleto no valor de 550,00 reais para cada eleitor que votou em vc, está resolvido o problema da crise.

    B) Se vc dividir em 12 parcelas no valor de 45.87 para cada familia que recebe o bolsa familia, ou 24 parcelas de 22,93, ou 36 parcelas de 15,29, também estará resolvido a crise do Brasil ok.

  7. M.E.J.
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 11:56 hs

    Os governadores deveriam estar carecas de saber:

    O governo FEDERAL, da Sra. Dilma, não costuma cumprir promessas.

  8. JOHAN
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 12:18 hs

    Caro FÁBIO, para os incentivadores da CPMF – COMISSÃO PERMANENTE para MANUTENÇÃO das FESTAS. Com a cobrança dessa taxinha de no mínimo 15,0% sobre a movimentação financeira mensal dos agentes políticos dos poderes do executivo, legislativo e judiciário, MPF, nas três esfera federal, estadual e municipal, após um ano, pois são os responsáveis por participação, por omissão ou por incompetência. Então a partir daí poderemos passar a aceitar a discussão da apresentação de proposta para ser IMPOSTO mais um IMPOSTO a sociedade pagadora de todos os MALES praticados por esses agentes, Atenciosamente.

  9. Helena
    quinta-feira, 17 de setembro de 2015 – 20:02 hs

    É mais uma forma de comprar apoio para ser aprovado mais um tributo maquiavélico em cima do povo brasileiro. Falta no Brasil um grande líder, que liberte-nos deste desgoverno petista.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*