Advogado Guilherme Gonçalves entrega e prefeita de Campo Mourão deve ser afastada do cargo por 'Mensalinho' | Fábio Campana

Advogado Guilherme Gonçalves entrega e prefeita de Campo Mourão deve ser afastada do cargo por ‘Mensalinho’

unnamed

Apontada pelo Gaeco como beneficiária direta de um esquema criminoso que exigia mensalmente a devolução de parte dos salários de funcionários comissionados, a prefeita de Campo Mourão, Regina Dubay (PR), pode estar vivendo seus últimos dias à frente do comando da cidade. A mulher – que está sendo investigada pela Procuradoria Geral de Justiça – tem contra si, provas robustas e um depoimento incontestável.

O advogado Guilherme “Pixuleco” Gonçalves – alvo na Lava Jato por suspeita de recebimento ilegal em esquema que teria beneficiado Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo – confirmou que recebeu em sua conta da pessoa física, cheques e dinheiro em espécie, recolhidos dos comissionados escolhidos pela prefeita.

Para tentar entender esta história inacreditável, veja no Leia Mais:

Regina contratou Guilherme para atuar em sua assessoria jurídica na campanha eleitoral e para defendê-la em uma ação eleitoral. Para pagar R$ 120 mil de honorários ao advogado, após ser eleita, secretários municipais e diretores recebiam na prefeitura, uma parte dos salários pagos aos funcionários comissionados, indicados pela própria prefeita. Havia lista, nomes e valores pagos. Alguns comissionados pagavam até com cheques.

Foram estes cheques nominais que o Gaeco encontrou nas contas bancárias de Guilherme, que não titubeou e entregou tudo. Em depoimento no Gaeco em Curitiba, Guilherme confirmou que foi contratado e que o pagamento arrecadado no “Mensalinho”caiu na sua conta da pessoa física para pagar os trabalhos prestados à Regina. Alegou que não sabia a origem do dinheiro.

Dois secretários municipais, um diretor da Saúde – que foi preso em flagrante com o “pixuleco” na mão – e o chefe de gabinete da prefeita são réus em ação aceita pela Justiça. São acusados de associação criminosa e corrupção. Outros 12 servidores foram acusados por falso testemunho. Denúncia recebida pelo Gaeco, demonstra que eles eram coagidos a mentir para manter os empregos.

Agora chegou a vez de Regina, que em ataque obsessivo chegou a culpar o Palácio do Iguaçu pela ação do Gaeco. Diante das provas irrefutáveis, ela deve ser denunciada por apropriação de recursos públicos para obter vantagem pessoal. As penas previstas vão de reclusão de dois à 12 anos, perda de mandato e suspensão de direitos políticos e multa.

Seguindo a escola de Gleisi e Lula, a prefeita de Campo Mourão também utiliza a tática de que “não sabia de nada”. Pior ainda: promoveu servidores denunciados pelo Gaeco e aumentou salários como recompensa. Quem falou a verdade foi para rua.

Diante deste quadro “sui generis”, deve enfrentar o pedido de afastamento do cargo. Em época de Sergio Moro, ficará difícil o TJ não acatar “ipsis litteris” a denúncia e afastá-la do cargo. É tempo de Moralização da coisa pública e Justiça, na verdadeira acepção da palavra.


9 comentários

  1. Carlos
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 19:03 hs

    Essa é do grupo do Nelson. Logo, não tem como valer um centavo.

  2. antonio carlos
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 21:55 hs

    Esta é mais uma da escola do Brahma da Silva, nunca soube de nada, nunca ouviu nada e nunca escutou nada, é inocente de tudo. Menos de ter ficado com parte do salário dos seus “assessores”, mais uma fã das Operações Tipo Gafanhoto, tão comuns nos nossos Legislativos.

  3. Clemente souza
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 22:15 hs

    Fora chefe dos mensaleiros
    Fora Regina Tureck

  4. Luiz Eduardo
    terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 22:49 hs

    É uma vergonha. Quanta criatividade para o mal e nenhuma para o bem. Essa gente tem que mofar na cadeia. Os políticos são o exemplo de ladrões do dinheiro público e o povo, o povo precisa aprender a votar e deixar de ser burro. Sugiro que se pense num teste para ser eleitor.Não passou, não vota. É muito burro votando.

  5. MANOEL BOCUDO.
    quarta-feira, 2 de setembro de 2015 – 8:15 hs

    E PARANÁ VEIO DE GUERRA, PARECE QUE OS PIORES TRASTES DO PT,
    DESEMBARCARAM AQUI, NOSSA, TODOS OS ENVOLVIDOS PASSARAM
    POR AQUI. É UM CORRUPTO POR METRO QUADRADO. SORTE QUE O
    NOSSO ESTADO CONTA COM O PALADINO DA JUSTIÇA DR. SERGIO
    MORO, SEMPRE VIGILANTE.

  6. jose carlos pinto
    quarta-feira, 2 de setembro de 2015 – 13:31 hs

    ESTÁ CHEGANDO PERTO DO ZECA DIRCEU, VAI MORO PEGA ELE.
    FILHO DE PEIXE BAGRE É , QUE FAMÍLIA.

  7. FUI !!!
    quinta-feira, 3 de setembro de 2015 – 18:30 hs

    Político nenhum é eleito sem o eleitor. Portanto a culpa destes ladrões estarem no poder é culpa exclusiva dos eleitores acéfalos !!!!!!!!

  8. terça-feira, 2 de agosto de 2016 – 15:01 hs

    ÉH.DESSA VEZ O POVÃO TA DESANIMADO,REVOLTADO,DESACREDITADO COM A GESTÃO,O GRUPO DA PREFEITA TA ESPERANDO MILAGRE,TUDO PODE ACONTECER,A COISA JÁ COMEÇOU A FERVER,E O POVO QUE FAÇA SUA ESCOLHA,DEPOIS NÃO ADIANTA,SE LAMENTAR,CRITICAR,SE ARREPENDER,CHORAR,POIS TERÁ QUE ESPERAR MAIS 4 ANOS.

  9. paulo
    quinta-feira, 4 de agosto de 2016 – 21:22 hs

    agora sim a panela e a tampa Nelson e regina vão saquear campo mourão que nem paulo malufe em sao paulo se eles ganharem a eleiçao

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*