A guerra do trânsito | Fábio Campana

A guerra do trânsito

Tudo não passou de uma campanha publicitária. Assista a peça a seguir e entenda por que um tanque de guerra circulou em Curitiba na semana passada. Confira:


3 comentários

  1. Noé da Arca
    segunda-feira, 21 de setembro de 2015 – 17:04 hs

    Parece o camburão que o Beto Richa alugou para levar os deputados do pensador à Alep.

  2. Marcelo Araujo
    segunda-feira, 21 de setembro de 2015 – 20:39 hs

    Por algum motivo eu apareci na propaganda na entrevista do Brasil Urgente quando falei que sua circulação pela cidade era absolutamente irregular, sem que houvesse registro, licenciamento e equipamentos obrigatórios, pois se trata de um protótipo de fabricação cadeira que para circular precisa passar por homologação em organismo de inspeção do Inmetro, tal qual deve fazer quem monta um triciclo por exemplo.

  3. Veredito
    terça-feira, 22 de setembro de 2015 – 10:39 hs

    Está provado. O mundo é dos inteligentes e vencedores. Esta campanha publicitária confirma meu pensamento.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*