Rossoni diz que a CPMF é a gota d'água para afundar o governo Dilma | Fábio Campana

Rossoni diz que a CPMF é a gota d’água para afundar o governo Dilma

unnamed

“O governo de Dilma Rousseff acabou e quer levar o país junto para o buraco que o PT abriu em 12 anos de poder.” A afirmação é do deputado federal Valdir Rossoni (PSDB/PR) quando soube da tentativa do Palácio do Planalto de ressuscitar a CPMF, o “imposto sobre o cheque”.

“Parece filme de terror. Dilma e seus ministros vivem num mundo descolado do próprio país e do povo que deveriam cuidar”, afirmou. “Eles quebraram o Brasil e agora tentam consertar da pior forma, ou seja, pisando mais na cabeça de quem já não tem nem como respirar”, disse o deputado.

A CPMF foi criada no governo de Fernando Henrique Cardoso, em 1997, e vigorou até 2007. “Os tempos eram outros, o país estava equilibrado política e financeiramente”, justifica Rossoni. “Agora, não!”. Ele acha que a ideia, que despertou a ira de todos os setores da sociedade, é a gota d’água que faltava para afundar de vez o atual governo. “Isso é uma tentativa de suicídio político – com o agravante de que querem levar o país e o povo juntos”, disse o deputado.


Um comentário

  1. FUI !!!
    sábado, 29 de agosto de 2015 – 6:32 hs

    É o fim da picada… A extinção da CPMF acabou com a maior roubalheira
    que se produziu no Brasil. E o dinheiro arrecadado para a saúde escafedeu
    -se como sempre. Recriar de novo seria o tiro mortal na cabeça de todos
    os Petistas. E este Ministro da saúde que se declara válido esta medida
    deve ter comido merda mesmo !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*