Richa e Alckmin defendem autorização do governo para empréstimos internacionais | Fábio Campana

Richa e Alckmin defendem autorização
do governo para empréstimos internacionais

Os governadores Beto Richa (PSDB-PR) e Geraldo Alckmin (PSDB-SP) defenderam nesta sexta-feira, 21, em Curitiba, que a União retire a suspensão da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que autoriza empréstimos internacionais aos estados e municípios. Richa e Alckimin afirmam que os financiamentos são fundamentais para enfrentar a crise e recuperar a capacidade de investimento.

Sem a chancela da STN, segundo Richa, são afetados três empréstimos do Paraná com o BID: Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transporte (US$ 300 milhões), Paraná Seguro (US$ 67,2 milhões) e Paraná Urbano III ( US$ 150 milhões). “A suspensão compromete US$ 517,2 milhões em créditos ao Paraná”, disse Richa.

Além do Paraná, a suspensão atinge São Paulo, Mato Grosso, Paraíba, Amazonas, além do Distrito Federal. Segundo Richa, a decisão obrigará o Paraná “a adiar investimentos que são imprescindíveis para a melhoria da infraestrutura estadual”. Para Alckmin, o Brasil criou um federalismo que funciona “com uma cabeça hipertrofiada e com o corpo que fica à míngua”. Segundo ele, o governo federal vem tentando fazer o superávit primário às custas dos Estados.


2 comentários

  1. zangado
    sábado, 22 de agosto de 2015 – 13:50 hs

    Essa foi uma liberalidade que complicou as finanças gerais do pais. Estados, governadores de ocasião, assumindo empréstimos longevos que cairão nas costas do povo.
    Eles passarão, como aqui no Paraná, detonando orçamentos públicos, arrochando o fisco, confiscando aposentados e pensionistas, tungando e baixando o cacete em professores e servidores públicos, fazendo olhos de mercador a corrupção sistêmica na receita estadual.
    Em SP um apagão de gestão estadual de água, o povo bebendo lama do volume morto e o governador dizendo que não há crise de água.
    Depois pularão em outros galhos públicos sempre às custas do povo deixando um rastro de incompetências e malfeitos.
    E ainda querem endividar os Estados lá fora ?

  2. Brasileira
    sábado, 22 de agosto de 2015 – 20:34 hs

    Estão corretíssimos!!! Larguem essa corja petista. Os estados têm obrigações que precisam ser resolvidas. Já o governo federal mostrou porque quer acesso a tudo: roubar dinheiro público e desviar para caixas 2, 3, 4,….567,,,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*