Richa autoriza abertura de 100 vagas para Curso de Oficiais da PM | Fábio Campana

Richa autoriza abertura de 100 vagas para Curso de Oficiais da PM

oficiais -- pm

O governador Beto Richa autorizou nesta semana, por meio do decreto nº 2097, a abertura de 100 vagas para o Curso de Formação de Oficiais/turma 2016. São 90 vagas para policiais militares e 10 para bombeiros militares. O concurso será realizado pela Universidade Federal do Paraná. O edital deve ser lançado nesta sexta-feira (14) e as inscrições seguem até 11 de setembro.

“Os interessados devem ficar atentos ao edital para não perder os prazos e aproveitar a oportunidade”, orienta o major Gilson Luiz Semmer, Chefe do Centro de Recrutamento e Seleção da PM. “Também é importante lembrar que neste ano foi autorizado, por meio do esforço do Comando, um número maior de vagas, na comparação com os últimos anos, um benefício para quem tem o sonho de ingressar no oficialato da Polícia Militar do Paraná”, completa.

“Para a Corporação, a abertura de vagas é muito importante porque significa o prosseguimento dos trabalhos da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG) e também a continuidade das perspectivas de futuro para preenchimento de postos de comando. Estamos de braços abertos para receber novos interessados em ingressar nesta sesquicentenária instituição”, afirma o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, Coronel Maurício Tortato.

A corporação pede aos interessados que acessem o site da UFPR e fiquem atentos para saber os procedimentos a partir de agora. “O Chefe do Centro de Recrutamento e Seleção da PM já está com o edital de Abertura de Vagas e Instrução para Provas de Habilidades Específicas pronto, o qual deve ser publicado em breve”, explica o major Semmer.

A SELEÇÃO – O processo seletivo será regulado pela UFPR e consistirá de provas que avaliem, além do domínio dos conteúdos das disciplinas do ensino médio, as capacidades de articular ideias com clareza, de relacionar e interpretar fatos e dados e de raciocinar de maneira lógica.

Os candidatos aprovados no processo seletivo aplicado pela UFPR deverão submeter-se também às Provas de Habilidades Específicas no âmbito da PM, reguladas por edital.

As datas para as inscrições constarão no edital próprio da UFPR e no Guia do Candidato, publicados no site da Universidade.

FORMAÇÃO – O curso oferecido pela Escola de Formação de Oficiais é composto por disciplinas fundamentais que estão ligadas diretamente à vida militar e buscam adaptar os cadetes para o melhor cumprimento da sua atividade como policial militar e bombeiro militar.

O conteúdo abrange diversos segmentos do direito, uso correto de armas de fogo, psicologia, estatística, educação física, direitos humanos e policiamento comunitário, além de técnicas de salvamento e prevenção de incêndios, entre outras.

Desde o início, os alunos fazem estágios administrativos nos quartéis e, ao fim do curso, nas ruas. No último ano de formação, os cadetes fazem estágios operacionais supervisionados nos diversos batalhões do Estado e atividades da corporação.


Um comentário

  1. antonio carlos
    quinta-feira, 13 de agosto de 2015 – 18:33 hs

    Mas não esqueça piá de prédio, a tropa também precisa ganhar mais e melhor, porque saco vazio não pára em pé. A soldadesca também faz parte da PM, bem como a oficialidade, é claro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*