Ricardo Barros na bronca com a Comcam | Fábio Campana

Ricardo Barros na bronca com a Comcam

unnamed

O relator-geral do Orçamento da União para 2016, o deputado federal Ricardo Barros (PP), criticou na última sexta-feira (21), durante reunião de prefeitos na sede da Comcam, a Comunidade dos Municípios da região de Campo Mourão, a campanha “Acorda Comcam”, liderada pela Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam).

Implantado em 2006, o movimento busca promover a conscientização dos eleitores para votar em candidatos a deputado estadual e federal da região. Barros se queixou que mesmo apoiando municípios da região com emendas parlamentares foi impedido nas últimas eleições de colocar placas de sua candidatura no município. “Fui tratado como estrangeiro”, desabafou, segundo anota a Tribuna do Interior.

Nas últimas Eleições ele fez no município 603 votos. O deputado informou que desde 1994 atendeu a região da Comcam com R$ 18 milhões em emendas parlamentares. “Eu queria combinar com vocês, ou melhor, começar uma conversa se vamos atuar na região ou não. Eu não vou passar quatro anos trazendo emendas para região para chegar na hora da campanha e ser tratado como forasteiro. O combinado não sai caro”, falou.

Barros comentou que o “Acorda Comcam” tem “peso” em toda região e que muitas vezes acaba dificultando que o prefeito retribua a parceria com seu parlamentar. “A campanha interfere nesse processo de reciprocidade”, disse ele, que propôs um entendimento com os coordenadores do movimento.

“Aguardarei depois que vocês se reúnam e decidam como isso vai acontecer. Acho que é justo que a gente faça este acordo para que eu possa ter segurança do processo que vem pela frente”, argumentou.

O presidente da Acicam, Newton dos Santos Leal ficou entre a cruz e a espada. A quase “ameaça” de não liberação de verbas, parte, nada mais, nada menos do que do relator geral do orçamento da União e assim como é que os líderes poderão ser leais aos candidatos natos, hein presidente Leal?


Um comentário

  1. Paulo Xavier
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 11:06 hs

    Trocando o voto por emenda. É isso tipo de deputado que a região precisa? Como será que ele vota na Câmara Federal? Isso é o mais importante!! Qualidade do voto. Se mandou 18 milhões em 21 anos (desde 1994), isso dá o valor de 857 mil reais por ano. Temos na COMCAM 25 municípios, portanto, em tese, cada um recebeu 34 mil reais por ano. É muito pouco, deputado Ricardo Barros. Isso é esmola para a região. Vá trocar suas emendas por voto em outras regiões….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*