'O PSDB é fundamental para o Brasil', diz Richa | Fábio Campana

‘O PSDB é fundamental para o Brasil’, diz Richa

unnamed

O governador do Paraná Beto Richa afirmou aos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em encontro realizado neste sábado (15) na Sociedade Thalia em Curitiba, que o PSDB é fundamental para o Brasil porque representa a mudança, o restabelecimento da ética e do combate a corrupção. “O PSDB é o único em condições de fazer o país voltar à crescer porque temos os melhores quadros e venceremos as eleições de 2016 e 2018”, adiantou Richa.

O tucano considera como essencial, ao projeto do partido e das mudanças que Brasil precisa, o apoio e participação de lideranças municipais em todos os segmentos da sociedade. “A eleição do ano que vem é a preliminar de 2018 e nessas duas eleições, como partido está fazendo no Paraná, vamos ampliar a vitória do PSDB no estado e no país”, afirmou.

Richa criticou o PT e disse que o partido da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula “chegou ao poder com um discurso diferente”, mas que hoje está “imerso em denúncias de corrupção”. “O PT quer dizer agora que todos os partidos são iguais. Não, nós não somos iguais a eles”.

Legado de FHC – “Vejo com alegria o PSDB crescer no Paraná não apenas em quantidade, mas em qualidade, pela formação das lideranças, pelo bom trabalho dos dirigentes do partido. Os prefeitos fazem jus à grande administração do PSDB, dão prosseguimento ao trabalho do líder Fernando Henrique Cardoso, um estadista reconhecido no mundo, que estabilizou a economia, criou a rede de proteção social, entre outros avanços importantes”.

Richa afirmou que no governo do PSDB o Brasil era respeitado mundialmente e que, hoje, os brasileiros estão perplexos e envergonhados pelos desmandos e desvio de conduta do PT. “É inaceitável. Quebraram o Brasil, a principal empresa brasileira, a Petrobras, é hoje a empresa não financeira mais endividada do País.”

No Paraná, Richa disse que o governo do PSDB fez a sua parte para garantir avanços sociais e econômico ao Estado. “Tivemos avanços nos quatro anos de governo. Muitos prefeitos dizem que nunca receberam tantos recursos. E sem discriminação partidária”, afirmou. “Lógico que devo a vocês a vitória em primeiro turno para um segundo mandato. Mas é preciso responsabilidade, tratar a todos de forma igual, para não penalizar a população”, afirmou.

Beto Richa citou ainda a presença do governo e a sua própria presença, pessoalmente, em todos os 399 municípios paranaenses, como fundamentais para conhecer a realidade de cada município paranaense. “Demos ouvido à população, acatamos as reivindicações e as transformamos em ações de governo.”

Ajuste fiscal – O segundo mandato começou com retração da economia e queda brutal nas receitas. “Fizemos um grande ajuste fiscal, que me custou caro politicamente. Fomos o primeiro estado a promover o ajuste e já colhemos frutos das medidas. Sabia que o ajuste fiscal me traria desgaste, mas entre minha popularidade e o futuro do Paraná, optei pelo nosso Estado. “

Richa disse que se não tivesse tomado as medidas de ajuste, cortes de despesas e austeridade no uso dos recursos públicos, Paraná estaria hoje na mesma situação de outros estados, que não conseguem, sequer, pagar a folha de funcionários. “Nós pagamos em dia os servidores, além de ter contratado mais professores e policiais e ter dado índices de aumento salarial entre os maiores do país. O político vive da coerência. A popularidade pode oscilar, mas a coerência, não”.

R$ 5 bilhões – Richa reafirmou aos prefeitos, vices-prefeitos, vereadores e lideranças partidária que “o melhor está por vir”. “Disse isso no início do segundo mandato e repito porque o governo teve a coragem de fazer o que tinha de ser feito”. “Equalizamos alíquotas de impostos para aumentar a arrecadação e tomamos medidas profundas para reduzir custos”, disse ele, citando a eliminação de estruturas de cinco secretarias, corte de mil cargos de comissão, redução de custeio em toda a máquina governamental.

O tucano disse ainda que não vê qualquer contrapartida do governo federal em relação às medidas tomadas pelo Paraná. O governo federal, com todos os desvios de dinheiro, não reduziu custos e nem eliminou cargos. A prioridade do PT é acomodar seus apadrinhados”, disse Beto Richa.

No Paraná, segundo Richa, o governo está a frente do que acontece no campo nacional e com outros estados. “No Paraná estamos pagando os fornecedores e retomando as obras que estavam paradas ou em ritmo lento em função da queda na arrecadação e a crise econômica nacional. Fizemos a lição de casa e com planejamento vamos chegar no ano que vem com R$ 5 bilhões em caixa para novos investimentos”.

Dentro dessa conjuntura e apesar da crise, Beto Richa disse que o Paraná foi o único estado com crescimento na produção industrial e que mais gerou empregos no primeiro semestre. “A Sanepar e a Copel recebem prêmios e reconhecimentos nacionais pelo desempenho e a Compagas, segundo a revista Exame, foi a empresa que mais cresceu. Estou otimista quanto ao futuro”, afirmou.


6 comentários

  1. Araldo
    domingo, 16 de agosto de 2015 – 7:03 hs

    Kkkkkkkkkkk

  2. Zangado
    domingo, 16 de agosto de 2015 – 13:03 hs

    O PSDB tem sido fundamental para o PT – já levou três canecos !
    No PR o PMDB levou outros 3!
    É ruim ou quer pior discurso que esse?
    Quem acredita?

  3. PARANAENSE
    domingo, 16 de agosto de 2015 – 13:16 hs

    CURRUPÇÃO NAO TEM PARTIDO E SIM POLITICO LADRÃO
    PROTEGIDO PELO FORO PREVILEGIADO E PELOS MINISTROS DA JUSTIÇA INDICADOS E NOMEADOS PARA PROTEGER (LEGISLATIVO, EXECUTIVO E EO STF).
    O QUE O PARANÁ E O BRASIL PRECISA É RESPEITO, DIGNIDADE, ETICA DESSES POLITICO QUE TOMAM CAFÉ ALMOÇAM E COME PASTEL COM O ASSALARIADO POVO
    BRASILEIRO.

  4. PARANAENSE
    domingo, 16 de agosto de 2015 – 16:47 hs

    NENHUM PARTIDO É FUNDAMENTAL POIS SAO FARINHA DO MOESMO SACO SO MUDA O ROTULO PARA ENGANAR O POVO BRASILEIRO QUE AOS POUCO ESTA ACORDANDO E VENDO A TRANSIÇAO DE LADROES PARA
    OUTROS PARTIDOS ESPERO QUE O PARANA E O BRASIL
    IGNORES TODOS ESSES POLITICOS QUE ENSINAM SEUS FILHOS , NETOS BISNETOS COM ROUBAR E NAO SER PRESO COM FOR PREVILIGIADO( EXECUTIVO ,JUDIICARIO, LEGISLATIVO) .ESTAMOS ACORDANDO PARA NÃO DEIXAR NOSSO FILHOS LUTAREM POR ERROS DO PASSADO QUANDO ERA FILHO DO FILHO DO FILHO DO BISAVO.

  5. max
    domingo, 16 de agosto de 2015 – 21:18 hs

    DOIS TUCANOS COM O BICO CORTADO KKKKKKK FUJA SEUS LOCO::::::::::::::::::

  6. QUESTIONADOR
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 12:42 hs

    -Mas no final das contas: qual é a agenda do PSDB?
    1)Ser um partido realmente de oposição e descer do muro?
    2)Renunciar à agenda globalista por meio da doutrina socialista??
    3)Estar ao lado do povo ou atender os projetos pessoais????
    -Prestem atenção senhores partidários do PSDB, os ventos da mudança estão soprando!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*