O desabafo de Walter | Fábio Campana

O desabafo de Walter

walter - atlético e inter

Ser um dos principais jogadores da equipe que, atualmente, é considerada a grande surpresa do Brasileirão parece não ser o suficiente para livrar o atacante Walter das críticas da imprensa. Nos veículos do Rio e de São Paulo, a atual forma física de Walter teve mais destaque que o gol decisivo que o atacante fez na partida contra o Palmeiras, no domingo (3). O comentarista Edinho foi um dos mais críticos, chegando a afirmar que é um erro deixar Walter, nesta forma, jogar. A resposta veio nas redes sociais, em uma postagem no Instagram.

Confira:

“Normalmente eu não respondo a comentários ofensivos, que como vocês sabem, venho sofrendo desde a minha passagem pelo Goiás. Mas, por respeito às pessoas que torcem por mim e pela minha família que também vem sofrendo com a forma que as pessoas pessoas insistem em atacar a minha imagem (principalmente comentaristas de televisão, rádios e meios de comunicação em geral), com opiniões que elas julgam corretas, mas na verdade é única e exclusivamente DELAS, eu resolvi me pronunciar… Eu estava vendo o programa de esporte quando um comentarista, cujo o nome é Edinho (eu acho pq mal sei quem é essa pessoa, só sei que não tem o mínimo de respeito), falou que: ‘todo mundo erra, todas as pessoas que cercam uma equipe profissional erram em deixar UM JOGADOR DESTE jogar’

Aqui todo mundo tem respeito pelo meu futebol, acreditam em mim e lutam todo dia junto comigo para que eu possa melhorar a minha condição física. Ninguém aqui no clube está brincando de trabalhar, então, na minha opinião, uma declaração dessas foi no MÍNIMO infeliz! Edinho, meu caro, você não sabe um terço da dificuldade que passo pra chegar num peso perto do ideal, muito menos a dificuldade que foi chegar até onde eu cheguei. É uma luta diária que eu jamais vou desistir! E digo mais, você pra mim não é um grande comentarista, tendo em vista que publica informações falsas a meu respeito (já que eu nunca usei cinta e nem conseguiria jogar com aquilo). Mas, nem por isso eu saio falando por ai, na imprensa,p ara tirá-lo do programa por ser um péssimo profissional! Então, só peço uma coisa: ME RESPEITA!”

walter - instagram1
Reprodução – Instagram


12 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 12:50 hs

    O futebol brasileiro está agonizando. O eixo Rio-SP do futebol está mais para o eixo Roma-Berlim-Tóquio, como eixo da falcatrua e da corrupção na CBF, da qual são partícipes e coniventes. Talvez, agora o FBI consiga identificar a turma da roubalheira da bola, onde, certamente, aparecerá gente da crônica esportiva e da grande mídia destes centros, que sempre se beneficiaram da corrupção e da esculhambação no futebol brasileiro.

  2. Paulo
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 13:47 hs

    Se gordo o Walter faz jogadas de lembrar os bons tempos do futebol brasileiro, imaginem ele em “forma”. Agora o Edinho não tem muito o que dizer, a não ser ficar falando asneiras. Pois cada pessoa tem seu biotipo e a do Walter é este, que pelo visto não o atrapalha em nada na sua profissão. Chega de recalque Edinho o seu tempo de boleiro já passou e como comentarista é melhor você mudar de profissão, pois está não é também a sua praia pelo visto como também não foi o seu futebol

  3. Luigi
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 13:59 hs

    Apenas um detalhe que, sem tirar o natural mérito pelod gol, dá a exata dimensão de sua façanha: ele só não estava impedido porque foi beneficiado pela infelicidade do adversário.
    Assim, seria correto valorizar um lance de mera sorte, surgido de outro de puro azar? Portanto, e neste contexto que surgem as críticas, e o tempo será o único remédio a mostrar de que lado está a razão.

  4. Zabra Q Tise
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 14:24 hs

    O Brasil está passando para a segunda divisão do futebol mundial. Sem conluio ou acerto, não ganha outra copa do mundo nos próximos vinte anos. Fui assistir a apresentação do time do Bayern München para a nova temporada dia 11 de julho, na fabulosa Allianz Arena. Respeito aos torcedores, ao público em geral, a imprensa, aos jogadores. Organização, marketing, comunicação, tudo impecável. Vão dominar o futebol mundial por muitos anos. O Brasil da safadeza, do jeitinho, da confusão, vai ficar só com suas memórias

  5. Sergio R.
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 14:26 hs

    Walter é um excelente jogador, mas alguma coisa está errada para não conseguir entrar em forma, desde os tempos do Goiás. Não sei se é a condição física, mas tem sido expulso mais do que o justificável. Usar os gols para justificar algo que todo mundo vê que não está bom, também é demais. Tomara que achem a solução para forma física. Seria interessante ver o Walter jogar em totais condições. A melhor forma de silenciar as críticas, é trabalhar duro. Não criticando quem critica em rede social. Aí vira bate boca de amadores.

  6. quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 14:28 hs

    Se comentarista esportivo entendesse de futebol seria JOGADOR ou TÉCNICO. Cada um tem seu espírito cri[tico a quem quer que seja, porém tudo tem um limite. Muitas criticas são, na realidade, maldosas e com humor destemperado. Que culpa tem o Walter de ser fortinho ou acima do peso. Eu quero dizer que não sou atleticano, mas quando vejo comentário jocoso não posso me calar, Os colegas desse pseudo comentarista devem estar envergonhados.

  7. Roberto
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 15:58 hs

    Luigi.
    Acho que você não prestou muita atenção na jogada.
    Quem tocou a bola para o Walter foi o jogador de defesa do Palmeiras e não um jogador do Atlético, portanto não existe impedimento.
    Pense um pouco antes de falar.
    Provavelmente você deve ser coxa, então concentre-se nos jogadores do seu time, pois eles estar precisando muito em função da posição que o time se encontra hoje.

  8. indignado
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 17:34 hs

    E vc não sabe ler Roberto, o Luigi tá falando que o Walter SÓ NÃO ESTÁ IMPEDIDO PORQUE FOI BENEFICIADO PELO ADVERSÁRIO. É claro que ele está se referindo ao toque do jogador do Palmeiras que foi para trás e parou aos pés do Walter.

  9. Luigi
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 19:40 hs

    Prezado Roberto, se você ler meu comentário com a devida atenção, verá que eu disse a mesma coisa que você: o Walter estava em posição de impedimento, situação esta que desapareceu quando a bola lhe foi passada por um lance de azar do adversário e, consequentemente, de sorte para o atleticano. Não sendo torcedor no Estado do Paraná, sinto-me à vontade para tecer comentários sem qualqer animosidade.

  10. Rivelino
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 20:47 hs

    Walter, no futebol o que vale é bola na rede! Continue fazendo seus gols. O resto é papagaiada e muito preconceito.

  11. AMO
    quarta-feira, 5 de agosto de 2015 – 21:09 hs

    Liga nao Walter, isso é um otario frustado.

  12. TARZAN
    quinta-feira, 6 de agosto de 2015 – 8:41 hs

    Aquele famoso ditado popular: ENQUANTO A CARAVANA (FURACÃO) PASSA, OS CACHORROS LADRAM. Com Walter gordinho, nós continuamos a fazer nossos pontinhos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*