Nas graças da torcida | Fábio Campana

Nas graças da torcida

Ontem (5), o técnico Milton Mendes e o goleiro Weverton aproveitaram a breve folga para visitar a sede da Torcida Organiza Os Fanáticos. Além de conversar com integrantes e receber de presente alguns materiais da Organizada, a dupla aproveitou e gravou um vídeo convocando a torcida para a partida de domingo (9), contra o Sport, na Baixada. Confronto direto, que vale, temporariamente, a vaga no G4.


4 comentários

  1. O populista
    quinta-feira, 6 de agosto de 2015 – 13:49 hs

    lamentável! torcida que apóia não precisa ser organizada. Não por acaso foram banidas de países sérios. quem tem que ser valorizado é o torcedor “normal”, que fica em casa acuado com medo das brigas entre as organizadas.

  2. Odonis
    quinta-feira, 6 de agosto de 2015 – 14:40 hs

    Que merda! O que um técnico e um jogador de futebol tem que fazer com a tal torcida organizada? Reunir para que?A maioria é feita de marginais, sujeitos que cultuam a violência. Depois reclamam que o futebol do País é uma merda, que há muita violência e que precisa haver paz no estádios. Como? Desse jeito? Dando força para bandidos?

  3. indignado
    quinta-feira, 6 de agosto de 2015 – 15:01 hs

    Fico indignado também como vcs Populista e Odonis quando vejo os jogadores comemorarem com aquela merda da Império. Todos sabemos que muitos ali nem pagam ingresso e são bandidos que só vão no jogo para tumultuar, acho que os jogadores devem tomar vergonha na cara e prestigiar os verdadeiros torcedores que realmente levam o clube para frente. Parabéns pelo comentário, acho que bosta de Império e merda de Fanáticos devem acabar. Só os dirigentes ainda não perceberam que se acabassem as famílias voltariam a frequentar os estádios trazendo mais lucro.

  4. tiburcioesteveakienaogostou
    sexta-feira, 7 de agosto de 2015 – 9:50 hs

    Dentro da baixada cantarei de coração,

    pra sempre vou dizer que tu es minha paixão,

    Sou Rubro Negro,

    Sou Caveira,

    ATLETICO!!!!

    Srn.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*