Gonçalves apoiou Dilma | Fábio Campana

Gonçalves apoiou Dilma

O advogado Guilherme Gonçalves, enrolado para explicar como faturou R$ 7,2 milhões em sub-contratos com o Ministério do Planejamento, e suspeito de receber propina, chegou gravar até vídeo em apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT). Veja:


10 comentários

  1. Paolo
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 16:56 hs

    Ou seja, “toma lá dá cá” ás custas do erário!!! Sindicato de Ladrões!!!!!!

  2. taderu rocha
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 17:01 hs

    ESCUTAR ESSA GRAVAÇÃO…. TEM QUE EXPLICAR SIM.. OU CADEIA PARA ELE.

  3. SOLANGE LOPES
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 17:22 hs

    Também, com o pixuleco que estava recebendo.

  4. lika
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 17:53 hs

    Ele jamais poderia dizer que a Dilma é uma má presidente, principalmente pra ele e alguns companheiros dele, que faturaram 7,2 milhoes de reais, segundo a PF. dinheiro do nosso IR. e outros impostos, cadeia pra esses vagabundos.

  5. francesco
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 17:56 hs

    Grandíssimo Cara de Pau, seu apreço para os pobres é inversamente proporcional ao seu bolso. Como um pilantra desses vai falar em evento sobre a justiça, só no Brasil mesmo

  6. TROLL
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 17:59 hs

    Aê Pixuleco! Demorou mas chegou a tua vez não é?
    Já perdeu o controle do esfincter? E os frouxos intestinais como andam?

  7. segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 18:30 hs

    Quadrilha Unida Do Pixuleco permanece unida até a porta da cadeia, depois alguns conseguem uma vaquinha para sobreviver, outros Lulecos eles esquecem

  8. OLHO VIVO.
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 18:58 hs

    É SÓ MAIS UM PTRALHA VAGABUNDO E LADRÃO.

  9. GASPAR
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 – 23:14 hs

    QUE BONITINHO
    GRANDE BRASILEIRO …….. PADRÃO LULA
    DR MORO, CONVIDE ESTE RAPAZ PARA PASSAR
    UNS DIAS ENTRE SEUS IGUAIS, TADINHO !!

  10. Ex aluno
    terça-feira, 18 de agosto de 2015 – 8:50 hs

    Fui “aluno” da disciplina de Direito Eleitoral desse senhor em uma conhecida faculdade de Direito de instituição privada em Curitiba.
    Digo “aluno” porque o “professor” apareceu para dar aula uma única vez, no primeiro dia de aula, porque nos outros dias nem apareceu nem enviou substituto, visto que estava coordenando o departamento jurídico da campanha a governador de um político conhecido por ingerir sementes oleaginosas ricas em substâncias tóxicas.
    Obviamente a turma toda foi aprovada sem que houvesse aula, ou qualquer avaliação.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*