Gleisi insiste em propor aumentos de impostos | Fábio Campana

Gleisi insiste em propor aumentos de impostos

unnamed

Fernando Tupan

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) não se impressionou com o fato que suas declarações sobre aumento de impostos para alguns setores da economia, como os bancos, provocaram uma queda na bolsa na semana passada. Nesta segunda-feira (17), voltou a defender em artigo assinado uma nova ‘derrama’. A petista é relatora da Medida Provisória 675, disse que vai propor que a contribuição sobre o lucro líquido dos bancos seja elevada até 23% acima dos 20% propostos pelo governo. Gleisi justifica, em seu artigo, o aumento de imposto nas teses do economista neo-marxista francês Thomas Piketty (que ela chama de “Piketti”).

Gleisi também afirmou que seu relatório incluirá o fim do benefício fiscal de grandes empresas com a distribuição de juros sobre capital próprio. As propostas de Gleisi se inspiram em posições da esquerda mais radical do PT e são copiados da Venezuela que se afunda na mais grave crise de sua história, mesmo nadando em petróleo. As ações da Ambev também caíram forte reagindo à expectativa de que Gleisi apresente hoje relatório, que além de elevar impostos sobre os bancos, deve mexer na tributação da indústria de bebidas na Zona Franca de Manaus de forma que empresas, como a Ambev, paguem mais impostos.


6 comentários

  1. ARS
    terça-feira, 18 de agosto de 2015 – 10:13 hs

    Certamente não é imposto na propina, nem no caixa 2 de campanha que a barbie defende.

  2. DANIEL
    terça-feira, 18 de agosto de 2015 – 10:23 hs

    FORA PETEZADA INÚTIL. O POVO QUER SABER COMO ESTÁ O PROCESSO DO PETROLÃO NO SUPREMO.

  3. Cesar
    terça-feira, 18 de agosto de 2015 – 11:31 hs

    40 % do PIB de carga tributária e esta senhora-pitonisa da desfaçatez -vem propor aumento de impostos para chicotear ainda mais o lombo dos trabalhadores.
    Virou assessora do Levy…

  4. PARANAENSE
    terça-feira, 18 de agosto de 2015 – 12:20 hs

    O IMPOSTO QUE ELEA QUER CRIAR PELO QUE INTENDE-SE É AUMENTO PARA EMPRESARIOS BANCOS MULTINACIONAIS QUE GANHAM AS CUSTAS DO POVO QUE PAGA UMA TRUBUTAÇAO MUITO ALTA.SE FOR ISSO
    EU CONCORDO .

  5. Cesar
    terça-feira, 18 de agosto de 2015 – 13:35 hs

    O Empresário repassará o imposto para o consumidor.Não sejamos tolos,quem paga a conta de mais imposto é sempre o trabalhador…

  6. Juca
    terça-feira, 18 de agosto de 2015 – 16:12 hs

    Essa mulher é uma impostora!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*