Faroeste | Fábio Campana

Faroeste

Painel, Folha de S. Paulo

A tropa do presidente da Câmara chegou a defender que ele abrisse ainda nesta quarta-feira a comissão para analisar o pedido de impeachment de Dilma. “É melhor atirar antes de tomar o tiro”, disse um peemedebista.


5 comentários

  1. jose carlos pinto
    quinta-feira, 20 de agosto de 2015 – 15:20 hs

    DUELO DE GIGANTES, OU DIGO DE DESESPERADOS, QUEM
    SACAR PRIMEIRO……. LEVA

  2. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 20 de agosto de 2015 – 15:22 hs

    A tropa do biltre da camara vai é sair corrido de lá para a cela.
    Como pode uma oposição cultuar um ladrão como esse Eduardo Cunha,é ou não é.

  3. toninho
    quinta-feira, 20 de agosto de 2015 – 17:31 hs

    Baseado no quê, pretendem abrir o processo? As contas do TCU ainda não apareceram. O processo do TSE também está em análise. Estão malucos. Ainda estamos na democracia. Tudo bem que amanhã as coisas poderão acontecer, mas amanhã.

  4. Juca
    quinta-feira, 20 de agosto de 2015 – 17:45 hs

    Calça Frouxa das nádegas tauadas com a estrela do PT e a fachada do Lula, o mesmo ocorre com a “situação”, que cultua uma quadrilha inteira e não apenas um ladrão.

  5. quinta-feira, 20 de agosto de 2015 – 18:38 hs

    Também o Eduardo Cunha é unha e carne com o Lula, só podia dar nisso. Tudo farinha do mesmo saco.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*