É pau, é pedra, é o fim do caminho | Fábio Campana

É pau, é pedra, é
o fim do caminho

Em almoço no restaurante Madero, ao lado do Durski, reuniu-se uma antiga confraria. Lá estavam Ângelo Vanhoni, Luiz Fernando Delazari, ex-secretário de Segurança e hoje assessor de Requião, Rochinha, o advogado/apresentador do programa Jogo do Poder, Zeno, o marqueteiro, Ademar Monteiro, proprietário de canal de TV, e o empreiteiro Edmilson Rossi. De repente, não mais que de repente, o almoço que outrora era só alegria, transformou-se em campo de briga. Edmilson Rossi gritava com o dedo apontado para Vanhoni: “Ele não era meu amigo”. Vanhoni insistia em sua teoria de que o barco do PT encalhou no mangue mais fétido porque acolheu amigos pouco dados à limpeza quando se trata de manusear o dinheiro público.


7 comentários

  1. ferreira
    sábado, 8 de agosto de 2015 – 13:40 hs

    Que pena, podem transformar o Madeiro num xikeiro.

  2. LUIZ
    sábado, 8 de agosto de 2015 – 14:21 hs

    SÓ LEPRAS.

  3. jonas tibilete
    sábado, 8 de agosto de 2015 – 16:12 hs

    Ademar Monteiro? Conhecido pilantra em Paranagua…

  4. Albert
    sábado, 8 de agosto de 2015 – 16:41 hs

    Esse Edmilson não é aquele que estava preso junto com o filho, por causa da licitação do Tribunal de Contas? Eu cheguei a pensar que só tinha gente fina nessa confraria!

  5. paulo marinho
    sábado, 8 de agosto de 2015 – 19:34 hs

    não0 entendi…o perninha era o maior ‘intermediador’ de verbas do MEC no estado do Paraná…tudo passava por ele, que separava o seu …

  6. NA CORDA BAMBA
    domingo, 9 de agosto de 2015 – 4:57 hs

    Se o Durski anda com esta turma, meus pêsames !!!

  7. La Gangue
    domingo, 9 de agosto de 2015 – 10:54 hs

    Somados os membros desse encontro regado a vinhos caros e riqueza de origem duvidosa, são o que há de pior na politica atual. Boa parte deles, tiveram uma formação na luta politica, hoje ficar próximo dessa gente é se nivelar por baixo…Uma gangue pode ter valores melhores….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*