Comitiva japonesa na Assembleia | Fábio Campana

Comitiva japonesa
na Assembleia

comitiva japão alep

Uma delegação de deputados de Hyogo, no Japão, liderada pelo presidente do Parlamento da Província, Noriyuki Ishikawa, fez na tarde desta quinta-feira (20) uma visita à Assembleia Legislativa e foi recebida pelo presidente, deputado Ademar Traiano (PSDB), e pelo 1º secretário, deputado Plauto Miró (DEM). Os japoneses querem ampliar o intercâmbio nas áreas de pesquisa e tecnologia, e para marcar os 45 anos do tratado de cooperação entre o Paraná e a província japonesa, comemorados nesta semana. Ao saudar a comitiva, Traiano destacou que “a colonização japonesa teve papel fundamental na formação do Paraná e de sua cultura. Seus integrantes são um símbolo de respeitabilidade. O Japão dá exemplo de determinação e força de vontade que inspiram a todos para emergir de momentos de dificuldades”.

Pela manhã o grupo foi recebido pelo governador Beto Richa (PSDB) no Palácio Iguaçu, e à tarde ainda se reuniu com empresários do setor industrial paranaense na Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), com o fim de prospectar novas oportunidades de negócios. Em sua passagem pelo Legislativo Ishikawa lembrou que a carta de intenções que deu origem ao tratado de cooperação surgiu na Assembleia Legislativa ainda na década de 1960. Também se referiu com gratidão ao apoio oferecido pelo Paraná há vinte anos, quando a capital da Província, Kobe – um dos mais importantes portos do Japão – foi devastada por um terremoto de grandes proporções.

Traiano, que acompanhou o encontro na sede do Executivo, destacou a participação da colônia nipônica – citada como um símbolo de respeitabilidade e perseverança – nos vários segmentos da economia e da cultura paranaense, e os frutos que essa relação já proporcionou, com a instalação de importantes indústrias em nosso estado. Ele explicou a composição e o funcionamento da Casa e ciceroneou a comitiva, sempre acompanhado pelo deputado Plauto Miró, numa visita ao Plenário, ao Salão Nobre e ao Edifício Tancredo Neves, onde se localizam os gabinetes parlamentares.

Além de Ishikawa, a delegação era composta pelos parlamentares Fujiwara Shoichi, Kurokawa Osamu, Tetsuaki Hara, Yasufuku Hidenori, Yoshioka Masakazu, Noguchi Hiroshi, Shimayama Kiyofumi, Mukoyama Koichi, Konishi Hikoji e Sumiyoshi Hiroki, pelo assistente de Direção da Secretaria da Assembleia dos Deputados de Hyogo, Fujimoto Kazuhisa, e pelo cônsul-geral do Japão em Curitiba, Toshio Ikeda.


Um comentário

  1. Boca abreta II
    sexta-feira, 21 de agosto de 2015 – 12:46 hs

    Ti nham que convidar o Nelson Justos para ensinar os japas como roubar dinheiro público (nomeando funcionários fantasmas), sair ileso e sem a necessidade de se matar de vergonha, como fazem os japas, quando são pegos no flagrante delito.
    Alias, o dito cujo permanece como presidente da comissão de ética da ALP????
    É o fim do mundo

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*