Carla Pimentel questiona por que vereadores não trocam o café por cerveja | Fábio Campana

Carla Pimentel questiona por que vereadores não trocam o café por cerveja

carla pimentel - camara

Os ânimos estão exaltados no debate sobre a liberação da cerveja com álcool nos estádios de Curitiba, nesta terça-feira (25), na CMC. Sobrou até para o cafezinho servido na Câmara Municipal de Curitiba: “Se é uma droga tão lícita, por que então os vereadores não bebem cerveja ao invés de café?”, questionou Carla Pimentel, vereadora.

Foto: Divulgação – CMC.


14 comentários

  1. Jonas
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 12:38 hs

    Esses vereadores defendendo o interesse das cervejeiras… falta de vergonha na cara!

  2. Felipe
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 13:22 hs

    Graças a deus vão liberar a cerveja nos estádios… Quem é contra é gente chata, hipócrita… Só quem frequenta futebol sabe quanto faz falta a cervejinha durante o jogo.

  3. SANDOR MENDES
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 13:24 hs

    Ei, fanáticos de plantão!!!
    O que tá se falando é a liberação para a comercialização da bebidas alcoólicas nos estádios, coisa que em vários estados já está ocorrendo, como em Minas Gerais.
    Quem não quer beber não bebe.
    A lei não obriga ninguém a comprar bebida.
    É o mesmo que nos supermercados, em posto de gasolina.
    E sim, muitos vereadores bebem bastante cerveja, quando estão em sua vida profana, mas não na câmara de vereadores.
    É o mesmo que a Vereadora Carla Pimentel usar a Bíblia para argumentar sobre normas da CMC em vez do Regimento interno.
    É por isso que ela corre o sério risco de não se eleger no ano que vem. Tá na hora de parar de usar o nome do avô para fazer política.

  4. toninho
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 13:45 hs

    Quem é essa cidadã e seus pares para decidir o que devemos beber? Precisa crescer e andar com as próprias pernas e não usar religião como muleta.

  5. Pier P
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 13:53 hs

    Vereadora ignroante

  6. cético
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 14:30 hs

    Bonitinha, mas reacionária.

  7. lika
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 15:33 hs

    Vereadora despreparada ou inguinoranti mesmo, como diz no mal português, se ela não bebe, problema dela, querendo misturar doutrina religiosa com politica e costumes, (dela) vá praticar sua religião lá na sua igreja, somos um país Laico, vc sabe o que isso significa? quem trabalha e ganha seu dinheiro honestamente faz o que quer com ele. só falta chegar outro aí que seja vegetariano e não coma carne e queira proibir a gente de comprar carne nos finais de semana. é o fim do mundo.

  8. Diego
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 15:39 hs

    Bebe quem quer, oras. Por que o estado tem que interferir tanto na vida dos cidadãos?

  9. Strong
    terça-feira, 25 de agosto de 2015 – 15:41 hs

    Ele equivale a um ASPONE!!! nÃO FAZ P*RRA NENHUMA E SÓ FICA ENCHENDO O SACO!

  10. João Silva
    quarta-feira, 26 de agosto de 2015 – 0:01 hs

    Alguém precisa avisar a vereadora que vereadores tomando cerveja no horário de trabalho é diferente de indivíduos tomando cerveja em horário de lazer!

    Demais a mais, os comentários tão meio chinfrim aqui…. Primeiro porque o “reacionario”, conservador e liberal, defendem acima de tudo o livre arbítrio, o direito individual….a moça fala sim em nome de costumes, dela e de um grupo, mas…colocar nas costas de uma religião ou de conservadores já é forçar a mão…

    Demais a mais, a própria religião dela cristã defende a bebida, ou esqueceram o vinho? (Um pouco de ironia)…

    Em suma, abomino salvadores de mundo que querem impor suas ideias de nobreza a todos os demais, piores que proctologistas pois nem esperam marcar a consulta…

    Normalmente está é a atitude dos progressistas, esquerdistas e outros animaizinhos desta espécime, mas….as vezes ocorre de alguns que não se denominam esquerda, nem nada, também quererem impor sua pauta…. Meu recado para esta gente, cuidem da suas vidas e deixem os indivíduos em paz.

    Já temos leis para punir infratores, a bebida ou a não bebida em estádio não diminuiu a violência nos estádios e nas cidades em que ocorrem jogos….então, liberem e pronto.

    E por último, parem de tratar nossa população como gados, obedientes a esta turminha de malandros (independente do lado ideológico) que acreditam ser os senhores da razão, entendam, às vezes existe a aceitação de suas tentativas de nos manipular, mas, na hora que a maré muda, acabamos percebendo…

  11. Curitibano Nato
    quarta-feira, 26 de agosto de 2015 – 8:24 hs

    Bem sabemos que no estádio as emoções ficam a flor da pele, ainda mais quando do outro lado do campo está aqueles que defendem sua bandeira como se ali fosse um campo de guerra! Ao meu ver, aquele que acha que apagar incêndio com gasolina é o meio correto! não pode questionar a forma como as tragédias acontecem em nossa cidade! Vejo vereadores comparar a COPA, que foi de jogos sem peso, com os jogos locais onde existe rixa e rivalidade entre torcedores, que já se matam antes mesmo do jogo começar! o que esperar quando estiverem sob influência do álcool. JOVENS QUE NÃO RESPONDEM POR SEUS ATOS? quem vai pagar essa conta no final? Na boa tanto lugar para beber,que tal deixar o estádio para as famílias!

  12. Bacharel em Direito
    quarta-feira, 26 de agosto de 2015 – 9:18 hs

    Mais uma vez, um péssimo exemplo de inutilidade da atual classe política, como se já não bastasse votarem e aprovarem nome de rua entre outras besteiras, com nenhum reflexo positivo à Sociedade, agora essa. O espetáculo(lazer) do futebol, a muito tempo deixou de existir, senão vejamos: Os times não pagam impostos e ainda ganham benesses do governo federal, cartolas envolvidos em todo tipo de corrupção e maus feitos, jogadores com péssimos exemplos dentro e fora de campo, torcidas organizadas que são verdadeiras Associações Criminosas e agora uma enxurrada de bêbados dando show de agressividade, de grosseria, de estupidez dentro dos Estádios. Não levo meus filhos a Estádio nenhum a muito tempo. Vereadores de Curitiba, mostrem que realmente vcs merecem os R$ 15.0000,00 mil que recebem.

  13. Street
    quarta-feira, 26 de agosto de 2015 – 10:43 hs

    Garanto que a noite ela se transforma e toma seu chopinho, quanta hipocrisia!!!!

  14. Tayco
    quarta-feira, 26 de agosto de 2015 – 11:00 hs

    “Carlinha”… Você pode fazer o que quiser, na sua casa ou igreja ou na PQP. Verdade?
    Então no bar ou onde estiver, a responsa é individual. (se eu quiser fumar eu fumo… Se eu quiser beber eu bebo… dá-lhe Zeca Pagodinho). Cada um no seu cada um….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*