Richa anuncia R$ 900 mi do BRDE ao agronegócio | Fábio Campana

Richa anuncia R$ 900 mi do BRDE ao agronegócio

richa.brde

O governador Beto Richa detalha nesta terça-feira (14) os financiamentos de R$ 900 milhões feitos pelo BRDE ao agronegócio paranaense no primeiro semestre do ano. No mesmo ato, com a presença do presidente da Ocepar, João Paulo Koslovski, serão formalizados contratos de financiamento para 13 cooperativas: Agrária, C. Vale, Castrolanda, Coamo, Coasul, Cocamar, Coonagro, Copagril, Cotriguaçu, Frimesa, Integrada, Lar e Tradição.


15 comentários

  1. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 13 de julho de 2015 – 16:36 hs

    Se não for dinheiro federal,babau.O balão de ensaio está pronto agora é só faturar,900 milhões hein,sei não.

  2. Luis A Kutax
    segunda-feira, 13 de julho de 2015 – 16:51 hs

    Bons resultados do trabalho do Pessutão e do Quinteiro no BRDE em favor do Paraná. Deus os abençoe na empreitada…

  3. zangado
    segunda-feira, 13 de julho de 2015 – 17:05 hs

    Aí vai mais trabalho e interesse dos outros envolvidos, o governador entra com a foto …

  4. alheio
    segunda-feira, 13 de julho de 2015 – 17:21 hs

    SEVE SER O DINHEIRO DAS DUAS FAZENDAS QUE O AUDITOR DEVOLVEU.

  5. Cesar
    segunda-feira, 13 de julho de 2015 – 17:33 hs

    Graças ao desgoverno Dilma/Lula/PT estamos pagando R$ 8 reais o quilo da cebola!
    O BRDE(Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) é um banco criado pelos estados do PR,SC E RS para fomentar ações de desenvolvimento nessas regiões.Não tem nada a ver com governo federal(não se deixem enganar por comentários que só tentam enganar a população!).
    A Dilma mandioca não tem um centavo para mandar para estado nenhum pois acabaram com o dinheiro.
    615 milhões em gastos com cartão corporativo secreto(muito vinho francês de 5000 mil dólares comprado com esse cartão…).
    O Levy vai criar um novo imposto para cobrir o rombo com gasto de cartão corporativo!

  6. joão alves
    segunda-feira, 13 de julho de 2015 – 22:17 hs

    pra desespero de quem quer ver o estado na lama (PT, família requião, MST, etc) o resultado tá aí: quase 1 bilhão na nossa economia em um banco que estava abadonado

  7. Intruso
    segunda-feira, 13 de julho de 2015 – 23:14 hs

    Quanto de imposto pagam essas cooperativas?
    Dinheiro público deve ser destinado a quem pague ou venha a pagar imposto.
    É o que penso..

  8. Pamela Belchyor
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 10:34 hs

    A área rural realmente é o que mais ta ajudando o Paraná e até mesmo o Brasil… Muito bom!!! PR sempre na frente…..

  9. Luis Carlos
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 10:44 hs

    Dinheiro Federal. Cortesia com chapeu alheio.

  10. Cesar
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 11:13 hs

    BRDE não é dinheiro federal…
    A mandioca sapiens e seus companheiros torraram todo o dinheiro em cartão corporativo.O repasse do governo federal aos municípios caiu 40% neste ano..

  11. Helena Vieira
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 11:55 hs

    Novo investimento… Beto Richa tem anunciado boas novas para que produz bons frutos… Aliás o agronegócio é o setor que ainda está conseguindo segurar a barra dessa crise nacional, juntamente com o setor de tecnologia, que aqui no Paraná também tem sido tratado com impostância.

  12. SUPER ERROI
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 12:50 hs

    O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime (Gaeco) de Londrina, braço policial do Ministério Público do Paraná, encaminhou na última sexta-feira (10) à Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) informações sobre o suposto envolvimento do governador Beto Richa (PSDB), do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Durval Amaral, e de seu filho, o deputado estadual Tiago Amaral (PSB), no esquema de corrupção na Receita Estadual.

    O procurador-geral da PGJ é Gilberto Giacoia, chefe do Ministério Público do Paraná.

    Como os três têm fórum privilegiado, caberá à Procuradoria decidir como eles serão investigados daqui para a frente. Os processos contra o governador Beto Richa deve ser enviado os Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o do conselheiro Durval Amaral seguirá para o Supremo Tribunal Federal (STF). Já o processo contra o deputado estadual Tiago Amaral deve ser enviado ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR).

    Contra Beto Richa pesa a denúncia de que mais de R$ 4 milhões oriundos de propina recolhida na Receita Estadual em Londrina tenham abastecido sua campanha pela reeleição no ano passado. A denúncia é do auditor Luiz Antonio de Souza, preso desde janeiro, também envolvido em um caso de pedofilia.

    O conselheiro Durval Amaral e seu filho, o deputado Tiago Amaral também estariam envolvidos no esquema de propinas da Receita, assim como outras 125 pessoas que já foram denunciados pelo Gaeco, mas que não possuem foro privilegiado. Entre os envolvidos está o primo do governador Beto Richa, Luiz Abi Antoun.

    Parece que o cerco se fechou de vez contra o governador Beto Richa. Resta saber se a PGJ vai realmente encaminhar as denúncias adiante. Se isso ocorrer, Richa pode ser afastado do cargo para que a investigação seja feita no STJ.

  13. Pablo
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 14:31 hs

    Agricultura é uma área muito importante, e vem sendo muito investida e valorizada aqui no Paraná. Beto Richa e sua equipe estão sempre buscando benefícios aos produtores, o que quase nenhum político faz. O governador é um exemplo, parabéns!!

  14. Sandra
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 14:33 hs

    Esse é um ramo que está beneficiando o país, seus lucros não permitem que o Brasil chegue em uma situação econômica ainda pior. E Richa reconhece isso, e por várias vezes já anunciou investimentos nesse ramo.

  15. Tuane
    terça-feira, 14 de julho de 2015 – 14:35 hs

    Investir no produtores rurais e na agricultores traz bons resultados. É muito importante que os políticos reconheçam isso, e de tal forma invistam. Parabéns Beto Richa pelo investimento, com certeza vai trazer ótimas notícias ao estado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*