Lava Jato investiga conta do PT no exterior | Fábio Campana

Lava Jato investiga conta do PT no exterior

Lula
A colaboração entre a força-tarefa e autoridades suíças rastreou as contas da Odebrecht – e pode esclarecer pontos obscuros do mensalão, como uma conta secreta num banco francês

Thiago Bronzatto e Filipe Coutinho, Época

Em setembro de 2012, o publicitário mineiro Marcos Valério, condenado a 37 anos de prisão, deu um depoimento ao Ministério Público Federal. Na ocasião, falou de contas no exterior destinadas a saldar dívidas da campanha eleitoral de Luiz Inácio Lula da Silva em 2002. Referiu-se a uma conta específica, no banco francês Crédit Lyonnais, atual Crédit Agricole, que, segundo Marcos Valério, movimentou R$ 7 milhões. Ainda de acordo com Marcos Valério, a história de tal conta envolvia o próprio Lula, o ex-ministro Antonio Palocci e o português Miguel Horta e Costa, ex-presidente da empresa Portugal Telecom. Em investigação conjunta com autoridades internacionais, a Polícia Federal brasileira descobriu que essa conta efetivamente existe. Seu número é 01-00685-000. Confirmadas as suspeitas, seria a primeira conta descoberta no exterior a servir campanhas do PT.

A denúncia de Marcos Valério levou a Polícia Federal a instaurar, em abril de 2013, o inquérito sigiloso 0431/2013 – o primeiro a investigar a existência de uma conta secreta associada à campanha de Lula e com conexão com o mensalão Ao longo das investigações, a PF tomou uma série de depoimentos. Foram ouvidos, por exemplo, os cantores Zezé Di Camargo e Luciano, que atuaram em shows na campanha de Lula em 2002, Palocci e, por três vezes, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. Segundo Marcos Valério, o PT passou a fatura da dívida com a dupla sertaneja para a Portugal Telecom pagar em 2005. Após acionar as autoridades suíças em busca de informações da conta secreta, a Polícia Federal recebeu neste ano uma informação nova. A correntista responsável pelas transações financeiras era uma empresa chamada Motil Partners. Sediada apenas no papel em Londres e representada por laranjas, a Motil Partners já apareceu em relatórios de inteligência da PF associada a uma offshore que integrou a mesma estrutura de lavagem de dinheiro usada pelo doleiro Alberto Youssef no caso Banestado. Foram os primeiros indícios da veracidade dos relatos do publicitário Marcos Valério, operador do mensalão.

Em janeiro deste ano, o executivo português Miguel Horta e Costa, da Portugal Telecom, respondeu a diversas perguntas enviadas pelos investigadores brasileiros. A Polícia Federal o interrogou por meio de carta rogatória remetida às autoridades de Lisboa, conforme documento obtido pela reportagem de ÉPOCA. O ex-presidente da Portugal Telecom negou que tenha utilizado uma subsidiária em Macau para quitar débitos de campanhas do PT, usando a conta suíça. A partir desses primeiros indícios, as investigações continuam. Lula, Palocci, Dirceu e Miguel Horta e Costa negaram em depoimento as acusações de Valério.


8 comentários

  1. EU ORA
    sábado, 25 de julho de 2015 – 20:26 hs

    EU JÁ NÃO ENTENDO MAIS NADA.
    SERÁ QUE ESTOU ENTENDENDO BEM AS ÚLTIMAS DA POLÍTICA.
    FÁBIO ME AJUDA AÍ.
    ====É VERDADE QUE O LULA PROCUROU O FERNANDO HENRIQUE?????
    ====É VERDADE QUE O ALVARO DIAS PROCUROU O REQUIÃO.?????????
    PÔ, VOCÊS ESTÃO ME DEIXANDO LOUCO………..

  2. Parreiras Rodrigues
    sábado, 25 de julho de 2015 – 21:26 hs

    Diz a lenda que numa daquelas viagens – que dona Marisa não ia – Rose \Noronha, a asSEXOra, desembarcou em Portugal com uma mala recheada de euros e que foram depositados num banco luzo.

  3. joão
    domingo, 26 de julho de 2015 – 13:45 hs

    Tenho a impressão que não se quer fazer justiça em nosso país: os vazamentos dos depoimentos são seletivos; a mídia só dá destaque quando as denúncias são destinadas ao PT e aos partidos aliados; e os escândalos escabrosos do PSDB e seus aliados, são empurrados para debaixo do tapete, ou não são investigados, ou ainda, o processo corre em sigilo. Não que eu queira que o PT seja blindado, muito pelo contrário, quero os corruptos petistas na CADEIA, porém, só petista, NÃO! Se a “JUSTIÇA” e a “IMPRENSA” brasileira continuarem agindo de forma parcial, ao invés de moralização, vamos assistir apenas a troca da situação pela oposição, mas a corrupção …

  4. domingo, 26 de julho de 2015 – 14:48 hs

    A marca dos petistas citados não é a ética e sim a NEGATIVA, mesmo que haja provas contra eles, mas dificilmente se safarão de serem hóspedes dos presídios paranaenses.

  5. Moisés Fróes
    domingo, 26 de julho de 2015 – 21:14 hs

    Que cara de bêbado.
    Quem viu o FHC desse jeito?
    Nos informe.
    Esse Lulallau nos envergonha, sempre bêbado.

  6. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 27 de julho de 2015 – 8:14 hs

    A Gazetona, como sempre, escondeu a notícia.

  7. Juca
    segunda-feira, 27 de julho de 2015 – 12:09 hs

    Nenhum comentário Calça Frouxa?

  8. Juca
    segunda-feira, 27 de julho de 2015 – 17:43 hs

    Esse não é o pai do Calça Frouxa?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*