Justiça determina que Atlético passe parte da Arena para a prefeitura | Fábio Campana

Justiça determina que Atlético passe parte da Arena para a prefeitura

da Gazeta do Povo:

A prefeitura de Curitiba ganhou a primeira disputa na justiça contra o Atlético. Em decisão protocolada na 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba no dia 3 de julho, o Furacão foi condenado a ceder 4.226,94 metros quadrados da área administrativa da Arena da Baixada para a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

O clube terá 30 dias para cumprir a decisão desde a data em que for intimado, o que deve ocorrer nos próximos dias, entregando o espaço em condições de uso. Passado esse período, foi fixada uma multa diária de R$ 1,5 mil pela juíza Patrícia Almeida Gomes Bergonse caso o clube se recuse a cumprir a determinação.

Quando prefeitura, governo do estado e Atlético assinaram o acordo tripartite em 2010 para a reforma do estádio visando à Copa do Mundo, a cessão desse espaço por cinco anos para a prefeitura após o Mundial estava prevista em contrato. Com a recusa do Atlético em executar o compromisso, o município recorreu aos tribunais.

Na decisão judicial, está discriminado que a “área administrativa” corresponde a 8.453,88 metros quadrados, sendo metade destinada à prefeitura. Segundo o procurador geral da cidade, Joel Macedo Neto, essa área total inclui o que foi chamado de “prédio da imprensa”, ao lado do estádio, e parte da frente da Arena, que também é usada de forma administrativa.

“O município cumpriu as obrigações no convênio e está recorrendo ao judiciário para que a outra parte cumpra com as suas obrigações”, resumiu o procurador, referindo-se à remessa de potencial construtivo e às desapropriações feitas pela cidade para a Copa do Mundo.

No processo, o Atlético primeiro alegou que a sede administrativa localizava-se na Rua Petit Carneio na época em que o acordo foi selado. Esse local teria uma área de apenas 1.186 metros quadrados. Mais tarde, o clube se defendeu afirmando que a parte administrativa havia sido passada para o CT do Caju e que cederia espaço para que a secretaria municipal fosse instalada naquele espaço. As duas alegações foram rechaçadas pela justiça.

Assim que receber a notificação, o clube terá 10 dias para recorrer. Porém, o prazo inicial de 30 dias para que a decisão seja acatada só será interrompido em caso de manifestação da justiça nesse sentido.

Desapropriações
No outro processo da prefeitura contra o Atlético, a cidade cobra as desapropriações em torno do estádio para a ampliação da Arena. O valor inicial de R$ 14 milhões, corrigido, já está em R$ 17 milhões. No entanto, ainda não existe nenhuma decisão no judiciário sobre o assunto.


5 comentários

  1. taderu rocha
    terça-feira, 7 de julho de 2015 – 16:23 hs

    AGORA FICOU BOM, AGORA ELES VÃO RECEBER, ESSES QUE VENDERAM SUAS CASAS ATÉ AGORA NÃO RECEBERAM., PARABENS PARA JUSTIÇA………………..

  2. antonio carlos
    terça-feira, 7 de julho de 2015 – 21:27 hs

    Já vi tudo, o destino da Arena FIFa é o mesmo do Pinheirão, foi assim que começou. Aí deu no que deu.

  3. Luiz Eduardo
    terça-feira, 7 de julho de 2015 – 22:08 hs

    Tem que arrebentar com o Atlético, com o espertalhão MCPetralha e com aquele secretário para os assuntos da Copa, que também como conselheiro do Atlético disse e espero que se lembrem: dinheiro público não se paga. Não lembro direito, parece que foi o tal de MARIO CELSO.político sem vergonha. Tem que por no rabicó de cada um deIes. Irresponsáveis. Onde jelo exemplo de respeito. Bando de vagabundos.

  4. O BOM
    quarta-feira, 8 de julho de 2015 – 11:40 hs

    O pior é que vão recorrer e não vão pagar nada.Lembram que quando iniciaram a construção o então representante da copa pelo Gov. do estado sr. Mario Celso disse, essa conta o Atletico nunca mais vai pagar,
    se eu não me engano é mais ou menos isso que ele falou e levou um cala boca do Governador BR.

  5. joarez
    quarta-feira, 8 de julho de 2015 – 17:38 hs

    Em pouco tempo o atético vai ficar nu de patrimônio, põe na conta do ditador petraglia e dos bons atleticanos covardes pela sua omissão quando precisavam ter agido, trouxeram a copa como desculpa pra meter a mão no dinheiro público e do clube, absurdo o filho do ditador que vendeu as cadeiras, não são ladrões né rsrsrsrs

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*