Jucá propõe redução da meta fiscal de 2015 para 0,4% do PIB | Fábio Campana

Jucá propõe redução da meta fiscal de 2015 para 0,4% do PIB

Cristiane Jungblut e Martha Beck, O Globo:

O relator do Orçamento da União de 2015, senador Romero Jucá (PMDB-RR), apresenta nesta quarta-feira emenda propondo a redução da meta de superávit de 2015 de 1,13% do PIB para 0,4%. No texto, obtido com exclusividade pelo GLOBO, a meta do setor público consolidado é fixada em R$ 22,112 bilhões, no lugar dos atuais R$ 66,3 bilhões. O governo central seria responsável por R$ 20 bilhões e os estados e municípios por mais R$ 2,112 bilhões.

Para 2016, Jucá apresentará emenda reduzindo a meta de 2% do PIB para 1%. Neste caso, em valores nominais, a meta cairá de R$ 176,731 bilhões para R$ 63,366 bilhões.

A atual meta de 2015, fixada na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2015 (LDO), prevê uma meta de R$ 66,3 bilhões para o setor público (ou 1,13% do PIB), sendo R$ 55,3 bilhões do governo central e outros R$ 10 bilhões dos entes federativos. Essa meta já leva em conta o abatimento de R$ 28,667 bilhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).


Um comentário

  1. Johan
    quinta-feira, 9 de julho de 2015 – 15:33 hs

    Caro FABIO, esse SENADOR é muito safado, é muito pródigo em propostas que beneficiam os agentes políticos, pois foi o mesmo que propos, defendeu e aprovou a emenda que TRIPLICOU de R$ 300 mi para R$ 1.0 bi, o valor de recursos que será fornecido aos partidos políticos pelos impostos recolhidos pelos brasileiros. O momento é de CONTENÇÃO de gastos. Agora propõe a redução da meta fiscal, proporcionando que o PERDULÁRIO DESGOVERNO da PRESIDENTE DILMA A LOUCA da ORGANJIZAÇÃO CRIMINOS PETISTA continue a fazer as lambanças e gastos desnecessários mal aplicados. Esse elemento COOPTADO é um MAL para o país, pois é acobetador. Atenciosamente.. ,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*