Deputado critica RPC por inventar polêmica sobre cafezinho | Fábio Campana

Deputado critica RPC
por inventar polêmica
sobre cafezinho

praczyk1

O deputado Pastor Edson Praczyk (PRB) subiu a tribuna nesta quarta-feira (15) para fazer duras críticas a RPC/Globo por ter criado uma falsa polêmica, lançando suspeição sobre o preço do cafezinho servido na Assembleia. A matéria, que foi ao ar ontem (14) no Paraná TV 2ª Edição, questionava o custo que será pago pelo café que é servido na Casa em uma licitação que será feita na próxima segunda-feira, 20. Segundo o deputado, a militância da emissora contra os políticos acaba tendo graves consequências ao demonizar os políticos e a política.

“Esse tipo de matéria que procura lançar um manto de suspeita sobre toda a atividade política acaba afastando a sociedade da política com receio de um possível contágio”, disse o deputado. “Como a RPC pode fazer campanha para que as mulheres e minorias participem da política quando ela mesma se encarrega de forçar matérias com o único objetivo de lançar suspeitas sobre todos os políticos?”, questionou. Segundo o deputado, esse tipo de campanha sistemática tem um efeito altamente nocivo por afastar a população da política, tanto para participar quanto para fiscalizar. “Toda a sociedade sai perdendo”, destacou.

Prazcyk lembrou que o café, o suco e água, adquiridos pela Assembleia são servidos aos deputados, funcionários, visitantes e até à imprensa. Como evidência desse uso coletivo apresentou fotos de funcionários da RPC bebendo café. “Nesta foto vemos a jornalista Carolina Wolf degustando um cafezinho no comitê de imprensa. O seu cinegrafista também aparece em outra foto tomando o seu café”, comentou Prazcyk. “E não há nada de errado nisso. Mostro essas fotos apenas para evidenciar os riscos que existem quando nos esforçamos para lançar suspeitas sobre tudo e sobre todos. Podemos acabar lançando suspeitas sobre nós mesmos”, ironizou.

O deputado Plauto Miró (DEM), primeiro secretário, pediu um aparte e informou que a licitação para a aquisição do café, marcada para segunda-feira, bem como todas as licitações feitas pela Assembleia para aquisições de itens para consumo, seguem rigorosamente toda a legislação federal e estadual. “São aquisições feitas com toda a transparência”, destacou. “O pregão é noticiado em jornal de grande circulação, no Diário Oficial, no Portal da Transparência. Todos os que se habilitarem podem participar. Os preços máximos são estabelecidos a partir de uma média de três tomadas de preços, seguindo todo o rito legal. A licitação, realizada com as portas abertas, será transmitida pela TV Sinal e toda a imprensa está convidada para cobrir o evento, que será às 10 horas no Departamento de Apoio Técnico, no 4º andar do prédio da Presidência da Assembleia”, disse Plauto.

O deputado Márcio Nunes (PSC) pediu um aparte onde lastimou que a Assembleia fosse alvo de frequentes ataques infundados, alvo de suspeitas descabidas que são fáceis de lançar e muito difíceis de refutar. “É como aquela história do travesseiro de penas de ganso. É facílimo abrir o travesseiro e espalhar as penas, mas é quase impossível juntar e colocar tudo de volta dentro do travesseiro. É lamentável que, em um momento em que a classe política enfrenta um grande desgaste, alguém ache necessário inventar polêmicas e lançar suspeitas sem qualquer fundamento”, destacou.

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), encerrou a polêmica em tom bem humorado ao avisar que, apesar de toda a controvérsia, de todo o mal-estar provocado entre os deputados pela matéria da RPC, a Mesa Diretora da Casa não vai cortar o cafezinho sabidamente apreciado pelos jornalistas do comitê de imprensa.


22 comentários

  1. Sinhá
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 14:41 hs

    A sociedade sai perdendo sim ! mas sai perdendo é dinheiro que voces jogam pelas janelas da ALEP , com cargos fantasmas, cafezinho, médico ausentes, cargos comissão …
    Traiano, vai cortar só pq a RPCTV fez a reportagem, senão tudo seria ( ou talvez será) SUPERFATURADO SIM !! Alguém tá ganhando muito com isto !!!

  2. Barata
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 14:43 hs

    Eu não quero que eles usem o meu dinheiro para tomar cafezinho, suco de laranja, etc. No máximo água da torneira, e sem garçom….

  3. Observador
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 15:05 hs

    A sociedade não sai perdendo não Deputado. Era melhor se vcs não existissem.

  4. COMANDO
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 15:25 hs

    Olha quem fala…
    2018 te aguarda…

  5. MANOEL BOCUDO.
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 15:26 hs

    PRIMEIRO PASSO PASTOR, COMO ESTÁ O PROCESSO DOS FUNCIONÁRIOS FANTASMAS DE ALGUNS DEPUTADOS ??? JÁ QUE O SENHOR É CORRETO, PASSE PARA A POPULAÇÃO PARANAENSE AS MEDIDAS QUE OS SENHORES TOMARAM CONTRA OS DOIS DEPUTADOS CITADOS NOS DIÁRIOS SECRETOS, O CORPORATIVISMO FUNCIONA NA ALEP ?????? OS FANTASMAS NOMEADOS DEVOLVERAM OS SALÁRIOS ????? PERDEU A CHANCE DE FICAR EM SILÊNCIO.

  6. ELEITOR CURITIBANO
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 15:43 hs

    Quem e esse deputado convencido de integridade para opinar.Abraçe o Dep.Nelson Justus e o Missionário Arruda e liberem tudo ai,pois é isso que vocês fazem,pouca justiça.

  7. Maria do Bairro
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 15:59 hs

    Isto e estes valores são uma VERGONHA !!!
    Ainda bem que denunciam estas irregularidades e assim a população vê o que estes Deputados fazem com dinheiro do povo !

  8. Clevêlandia
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 16:43 hs

    Se fecharem a Assembléia Legislativa,não faria falta alguma!
    Este Legislativo no País é um apradrinhaento e compadrio só!
    Vergonha e imoralidade!

  9. Juca
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 17:10 hs

    Será que já esqueceu que contratou fantasmas para trabalhar na assembleia (mulheres de colegas pastores e bispos)?

  10. ADEMAR MONTEIRO
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 17:16 hs

    Essa eu gostei… Lingua é chicote do c… Carolina Wolf!!!

  11. Diomar
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 18:12 hs

    Ilustríssimo Deputado, o senhor, como Pastor que alega ser, deveria ser o primeiro a defender a transparência,a retitude e a honestidade. Está revoltado com o que? Com a publicação da verdade? O senhor prefere esconder a verdade e continuar pagando (COM O DINHEIRO DO CONTRIBUINTE) preços muito acima da média de mercado? Se o dinheiro saísse do seu bolso, pagaria???
    O senhor deveria meditar no livro de 2º Coríntios, capítulo 8, versículo 21 que diz: “Pois zelamos o que é honesto, não só diante do Senhor, mas também diante dos homens”

  12. antonio carlos
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 21:07 hs

    O problema dos senhores deputados é que eles atacam a repetidora da Poderosa porque não tem outra saída, se não se defenderem vestem a carapuça. Se deixarem passar, porque se trata de coisa irrelevante, assumem que endossam a roubalheira, a coisa ficou naquele pé, se ficar o bicho come, se correr o bicho pega. O nosso Legislativo prova a cada dia que só serve para pagar bons salários e empregar um monte de apaniguados de deputados.

  13. Joao sem teto
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 22:42 hs

    Assembléia servir cafézinho até vai, desde que no preço correto, no entanto, suco, só deve ser coisa do capeta…

  14. Luiz Lima
    quarta-feira, 15 de julho de 2015 – 23:41 hs

    Meu caro, cafezinho é apenas um exemplo o histórico de vocês sanguessugas políticos desafia a paciência da população. Um jeito diferente de fazer politica …Não é???

  15. FUI !!!
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 6:28 hs

    Esta escória humana está envolvido até a raíz do cabelo em falca-
    truas políticas. Que moral tem um sujeito que conduz a absolvição
    do Nelson Justus e ainda não explicou as contratações fantasmas
    em seu gabinete !?

  16. PIMENTA PURA
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 6:48 hs

    Este cara de pau é pastor !? Que matilha elegeu !?

  17. Apartidário
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 8:57 hs

    Cafezinho, suquinho, lanchinho as custas do dinheiro público seus babacas! Deveriam ter vergonha de defender tal afronta. Isso é indecente, imoral, criminoso. Bando de cínicos, irresponsáveis. Estão aí pra “representar” a população não ditar regras em benefício próprio. Corja!

  18. roberto novaes jr
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 10:44 hs

    Pastor eh titulo religioso, JAMAIS pode ser usado politicamente. Qualquer TITULO deveria ser abolido nos parlamentos (missionario, pastor, padre, mestre, cantora, etc..etc..). Um estado laico não admite isto de forma nenhuma!
    Se fosse membro da igreja DESTE pastor, me envergonharia muito da sua atuação e pediria a Deus , sua absolvição do Mal que esta causando! Esta pastor precisa DECIDIR a qual Senhor ele esta servindo…

  19. Alaor
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 11:04 hs

    Se só o cafezinho foce o mal, estaríamos no céu da moralidade. Eta povo que não aprende, vem eleição passa eleição e retornam as mesmas feridas que apodrecem a politica. O café mais caro que pagamos foi os 200. milhões desviados pelos deputados, e ate agora nada. Todos tem envolvimento é uma verdadeira quadrilha um absurdo a imprensa não bate mais, será que já receberam o que queriam. Fica a pergunta.

  20. PARANAENSE
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 12:48 hs

    Esse politico que se aproveita da religiao porque não investiga
    os funcionarios fantamas do Justus porque apoiou o arquivamento do porcesso vem falar em honestidade usa(ou)a fé das pessoas para se prevalecer .É melhor esclarecer as esposas de pastores recebendo coma assessoras sua.

  21. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 12:50 hs

    -O deputado Pastor Edson Praczyk (PRB), poderia ter acrescido em seu pronunciamento, à quem a RPC está subordinada e consequentemente, sua linha ideológica/partidária e a suposta ligação de um de seus proprietários(Guilherme Cunha Pereira) com a Opus Dei…

  22. Emanuelli Alessandra
    quinta-feira, 16 de julho de 2015 – 15:16 hs

    Este Pastor é pecador, pois foi denunciado de manter cargo fantasma ( isto é pegar dinheiro da Assembleia para colocar no bolso), vai acertar esta conta lá em cima, mas pode ajudar se estiver com dízimo em dia ate lá !!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*