Complicou para Gleisi | Fábio Campana

Complicou para Gleisi

Fica mais complicada a situação da senadora (ex-chefe da Casa Civil de Dilma) Gleisi Hoffmann (PT-PR): o juiz Sérgio Moro autorizou a PF a ouvir Ricardo Pessoa, da UTC, amanhã em São Paulo sobre o esquema que investiga a participação dela no petrolão. Ela já admitiu que conhece Pessoa e já pediu doações de campanha para ele. Nas delações de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef, Gleisi teria levado R$ 1 milhão de caixa dois da UTC.


6 comentários

  1. Jair Pedro
    segunda-feira, 6 de julho de 2015 – 19:28 hs

    Não esquente tua cachola. Contrata o calça frouxa de Londrina,
    que sabe tudo, um tal de Sérgio Silvestre, que tu estás salva.

  2. Zé Silveira.
    segunda-feira, 6 de julho de 2015 – 20:30 hs

    E o filho do Zé Dirceu ta no mesmo ferro…

  3. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 6 de julho de 2015 – 22:54 hs

    Po Campana .desde a eleição você posta aqui que complicou para a Gleise e ela é a principal estrela do blog,complicou o que?Ela pegou dinheiro da UTC?Ora e o dr juiz ai não sabe que todos pegaram?

  4. Renato Britto Barros
    terça-feira, 7 de julho de 2015 – 9:09 hs

    Vai feder e muito para o casal ” BARBYE e FALCON ”
    Por falar em FEDER, em qual período das investigações vai aparecer a GAZETONA ?
    Vamos fazer as nossas apostas.

  5. Freddy Kruger
    terça-feira, 7 de julho de 2015 – 13:07 hs

    Segundo o comentário do Sérgio Silvestre, só nos resta então legalizar a doação de propinas, já que todos pegaram. Por similaridade, podemos dizer também, que se muitos matam, vamos legalizar o assassinato. Outrossim, existem estrelas do Blog do Bem e do Mal, imaginem onde ela se enquadra ? Esta senhora pega tudo que pode, brevemente veremos ela segurar a mandioca !

  6. MANOEL BOCUDO.
    terça-feira, 7 de julho de 2015 – 14:06 hs

    A PROTEÇÃO É MUITO GRANDE PARA ACOBERTAR A BARBY, TEM MUITA GENTE GRAÚDA NAS COSTAS DA DONZELA. E RACHOU O DINHEIRO COM MUITA GENTE. AS MAÕS ESTÃO SUJAS COM DINHEIRO DAS PROPINAS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*