Audiência recorde | Fábio Campana

Audiência recorde

messi-300x208

do Lauro Jardim:

Se o Brasil fracassou na Copa América, o torneio é um sucesso na disputa pela audiência na TV paga.

O empate sem gols entre Argentina e Colômbia, na sexta-feira passada, rendeu ao SporTV 4,22 pontos, segundo o Ibope medido nas principais regiões metropolitanas do Brasil.

Não foi apenas a maior audiência de 2015 na TV paga. Em números absolutos, é o maior público da história da TV paga – 5,5 milhões de espectadores.


6 comentários

  1. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 1 de julho de 2015 – 16:55 hs

    Mesmo com o “boicote obtuso” da Globo, escondendo o horário do jogo.

  2. taderu rocha
    quarta-feira, 1 de julho de 2015 – 16:56 hs

    COMO VOCÊS SÃO BONZINHOS ,O BRASIL FRACASSOU NA COPA AMÉRICA, NÃO VOCÊS ESTÃO ERRADOS…. COMO BRASIL FRACASSOU NA COPA DO MUNDO AGORA COPA AMÉRICA E DEPOIS EM TUDO… MUITA MORDOMIA PARA ELES, MUITO PAPO FURADO DESSES REPORTES, COMO GALVÃO BUENO ETC.

  3. Falido e mau pago
    quarta-feira, 1 de julho de 2015 – 17:28 hs

    Para dar mais audiência, só falta a sportv sacar fora da transmissão aquele narrador chato que mais parece um clone mal acabado do galvão bueno!

  4. Ruan Benites
    quarta-feira, 1 de julho de 2015 – 21:59 hs

    Só lixo. Até a nossa TV é ruim! A globo está Ridícula! Jornais ruins, parciais, tendenciosos, novelas uma mais chata que a outra! Porcaria pura

  5. eleitor
    quinta-feira, 2 de julho de 2015 – 12:11 hs

    TEMOS QUE SE PREUCUPAR É COM A SITUAÇAO DO NOSSO MUNICIPIO, ESTADO E FEDERAÇAO ESSES
    POLITICOS QUE APROVEITAM DA ALEGRIA E TRISTEZA DO POVO PARA TIRAR PROVEITO VAMOS VIVER A REALIDADE ESSA CORJA (3 PODERES QUE SO PESSAM EM ROUBAR E SE BENEFICIAR ) CHEGA DE CARNAVAL FUTEBOL FAEMOS DE COISAS SERIAS QUE É EDUCAÇÃO SEGURANÇA MORADIA SAUDE LAZER QUE NOS POVO NAO TEMOS .

  6. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 2 de julho de 2015 – 15:11 hs

    A TV aberta deve ser jogada no lixo. Uma grade de programas produzida para telespectadores oligofrênicos e imbecis. Até o JN assumiu um papel grotesco, com uma linguagem tatibitate e quase desenhando para o público compreender. Os anunciantes já minguados com a crise vão escasseando e acabarão apenas os bancos e financeiras, com seus apelos de usura total e medieval.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*