Richa afirma que rivais não aceitam derrota e querem segundo turno | Fábio Campana

Richa afirma que rivais não aceitam derrota e querem segundo turno

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), acusa o PT de armar “uma trama meticulosamente planejada” para desgastar o PSDB e “desviar o foco dos escândalos nacionais”. Ele deu entrevista à TV Folha nesta quarta (3). As informações são da Folha de S. Paulo.

Folha – O sr. é de uma ala moderada no PSDB e agora faz críticas contundentes ao governo federal. Sentiu necessidade de fazer o enfrentamento?
Por minha indignação com os ataques que tenho sofrido. Existe uma trama planejada meticulosamente para me atingir, para desviar o foco dos escândalos nacionais. Não posso aceitar as acusações de que venho sendo vítima. Inclusive a greve dos professores, que é política.

Folha SP – O sr. diz que a greve dos professores é articulada pelo PT. A sigla é forte assim no Paraná?

Beto Richa — O PT não, o resultado das eleições atesta isso. Mas o sindicato é. O presidente é filiado ao PT e a ex-presidente foi candidata pelo partido. Não tenho a menor dúvida de que tem uma articulação planejada meticulosamente pelo PT e outros adversários. São maus perdedores. Não aceitaram o resultado das urnas e querem fazer um terceiro turno.

Esse é o discurso que a presidente Dilma tem usado.
Só que eu tenho números que podem avalizar minhas palavras. Em quatro anos garanti aumento a todos os servidores.

O sr. tem convicção de que é um movimento organizado?

Não te causa estranheza que nas cinco administrações do PSDB os servidores estejam em greve? Acho no mínimo curioso. Só que o salário dos professores do Paraná é um dos maiores do Brasil. Por que em outros Estados não há greve, não há confronto?

Revendo as imagens daquele protesto, que deixou 200 feridos, o sr. mudaria algo?

Redobraria o cuidado. Nunca fui de truculência, ao contrário. O que houve ali não posso aceitar. Lamentamos, mas é importante lembrar que havia grupos radicais entre os professores. Temos imagens da hora em que se iniciou o confronto, de manifestantes com as grades de contenção no peito de policiais. Há uma investigação e tenham certeza: qualquer comprovação de abuso de policiais haverá punição, mas é importante que se investigue os dois lados.

O sr. faz um ajuste fiscal, mas o PSDB votou contra vários pontos do ajuste de Dilma.

Faltou o governo cortar na carne, dar o exemplo. Não foi o que fizemos no Paraná, onde tivemos ajuste com mínimo prejuízo ao setor produtivo e que vai colocar, muito em breve, o Estado em ordem.


11 comentários

  1. Junior
    quinta-feira, 4 de junho de 2015 – 14:26 hs

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Zangado
    quinta-feira, 4 de junho de 2015 – 14:54 hs

    O governador precisa explicar para a sociedade porque e como ele entregou o Estado para si próprio reeleito pior de finanças do que recebeu do antecessor. O resto é discurso vão porque quem está pagando o resultado de sua gestão incompetente é o servidor e a sociedade. Pare de gastar dinheiro público na mídia para despistar sua incompetência, ao menos nisso respeite o povo do Paraná !

  3. Helena
    quinta-feira, 4 de junho de 2015 – 15:19 hs

    É isso mesmo Governador, “quem com ferro fere, com ferro será ferido”.

  4. henry
    quinta-feira, 4 de junho de 2015 – 17:52 hs

    OS corruPTos DO pt ESTÃO USANDO DO BRAÇO petista NO ESTADO, A TAL DE APpt sindicato PARA TUMULTUAREM A POLÍTICA NO ESTADO. SÓ QUE PERDERAM DUAS VEZES E NO PRIMEIRO TURNO.

  5. Palpiteiro
    quinta-feira, 4 de junho de 2015 – 18:00 hs

    Ele usa as mesmas desculpas de Dilma.

  6. Johan
    quinta-feira, 4 de junho de 2015 – 18:34 hs

    Caro FÁBIO, após o tempo decorrido, as manifestações na imprensa, afirmando as ações patrocinadas do GOVERNADOR BETO e da Presidente DILMA VAGALUME, acredito que está chegando o momento de o BRASIL ouvir novamente as manifestações daquelas senhoras que ainda acreditavam nos governantes, e eram conhecidas como VELHINHA de TAUBATÉ e outra Senhora era de . . . . de PELOTAS / RS. Ambas as senhoras ainda acreditavam nas verdades afirmadas pelas autoridades da república na época. Atenciosamente.

  7. Beto Guiz
    quinta-feira, 4 de junho de 2015 – 18:52 hs

    Vá lamber sabão, babaca. Incompetência e má gestão, acompanhados de desvios da receita estadual. Esses são os motivos, o resto é balela.

  8. Jose
    sexta-feira, 5 de junho de 2015 – 10:10 hs

    Depois desta entrevista o governador Beto deve direitos autorais ao PT nacional, já que na justificativa pelas críticas usa até, as mesmas palavras.

  9. Neto
    sexta-feira, 5 de junho de 2015 – 13:48 hs

    Deve ser a Dilma que quebrou as finanças paranaenses.

  10. juvenil correia
    sexta-feira, 5 de junho de 2015 – 15:16 hs

    desviar o foco das roubalheiras do pT

    greve, sao Paulo, Paraná, Goias, Santa Catarina, Pará…

  11. sergio
    sábado, 6 de junho de 2015 – 7:35 hs

    Ele poderia descer do palanque e
    governar o Paraná de verdade.

    Não esta porcaria de gestão que
    ele faz com seus aliados de campanha
    que alias torcem pelo seu insucesso.

    Na verdade se mostrou um pessimo gestor,
    pois no primeiro mandato não cumpriu nem
    metade do que prometeu.

    Escolheu seus aliados de forma errada, escolheu
    seus secretários de forma errada e administra
    o Paraná de forma errada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*