Professor Lemos defende Secretaria da Educação e leva vaia das galerias | Fábio Campana

Professor Lemos defende Secretaria da Educação e leva vaia das galerias

lemos - plenario1

O plenário da Assembleia Legislativa esteve inusitado na sessão de ontem (22). O deputado Professor Lemos (PT), contumaz crítico do governo, falou na tribuna em defesa da proposta da Secretaria de Educação sobre Plano Estadual de Educação. Em diversos momentos, Lemos foi interrompido por vaias das galerias, lotadas por professores, estudantes e militantes religiosos e GLTB. Em dado momento, o deputado pediu socorro ao presidente Ademar Traiano (PSDB), para impor um regime de silêncio nas galerias, um apelo impensável nos tempos de greve dos professores e invasão do legislativo.


7 comentários

  1. araujo
    terça-feira, 23 de junho de 2015 – 12:53 hs

    Para esse pelego pau que dá em chico não pode dar em Francisco.Safado vai ter que explicar para o póvo paranaense as paradas com as empreiteiras quando candato a prefeito de Cascavel.

  2. terça-feira, 23 de junho de 2015 – 13:18 hs

    “prof” Lemos é igual a Lula, faz as falcatruas e depois puxa o saco colocando a culpa em outros

  3. taderu rocha
    terça-feira, 23 de junho de 2015 – 14:06 hs

    ESSE DEP. LEMOS, COMO NOVAMENTE ELE PERDEU PREFEITURA DE CASCAVEL, AGORA FICA DANDO DE BONZINHO FORA PT.

  4. MANOEL BOCUDO.
    terça-feira, 23 de junho de 2015 – 15:08 hs

    ESSE LEMOS É IGUAL O IBIS, NÃO GANHA UMA.UM POLÍTICO DE BAIXA QUALIDADE,SEU PRAZO ESTÁ VENCIDO.

  5. Anderson
    terça-feira, 23 de junho de 2015 – 15:29 hs

    Esse camarada quis dar o maior “Migué” em Cascavel para reverter a eleição a seu favor. Deveria voltar para o Maranhão que é seu estado de origem (Não desmerecendo aquele lindo Estado).

  6. Carlos
    terça-feira, 23 de junho de 2015 – 16:33 hs

    A APP – PT estão perdendo controle sobre os monstros que criaram. A greve acabou, mas elas continuam na mamata. Tem professora que nem quer mais dá aulas, vive de atestado em atestado, frequentadora assídua da galeria da Aep. A abandona os alunos em sala. sob o pretexto de fazer protesto.

  7. Karamba
    quarta-feira, 24 de junho de 2015 – 9:39 hs

    Esse kara é um bokó.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*