Policial militar se envolve em briga de trânsito e fere motociclista ao dar tiro 'só pra assustar' | Fábio Campana

Policial militar se envolve em briga de trânsito e
fere motociclista ao
dar tiro ‘só pra assustar’

da Banda B:

Um policial militar se envolveu em uma briga de trânsito na noite desta segunda-feira (8) e efetuou um disparo de arma de fogo, ao que tudo indica, para assustar o motociclista. A confusão aconteceu na avenida Jacob Macanhan, no bairro Emiliano Perneta, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O motociclista ficou ferido no pé por causa do disparo. Muitas testemunhas acompanharam a briga.

Por volta das 19h30, testemunhas disseram que o policial militar, que dirigia um Fiat Uno, sentido Colombo, parou para tirar satisfações com um motociclista que teria entrado na sua frente e fazia manobras perigosas. O jovem de 26 anos teria tirado o capacete e o policial, já armado, pediu para que ele se afastasse. Houve tumulto e o policial atirou contra o chão para assustar o motociclista. O disparo causou estilhaços, que atingiram o pé do mot0ciclista. Dentro do carro, uma jovem e uma criança viram toda a confusão. O policial não estava fardado e há informações de que ele estava de folga.

O motociclista ficou revoltado e partiu para cima do policial e pessoas que acompanhavam a confusão tiveram de intervir para evitar uma luta corporal. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, mas o motociclista recusou o encaminhamento ao hospital. De acordo com socorrista Clodemir, ele não corre nenhum risco. “A situação dele não é grave, o projétil provavelmente pegou no chão e só o estilhaço pegou no pé dele, vai ficar no local porque vai abrir ocorrência e tudo mais. Ele recusou encaminhamento porque primeiro preferiu resolver as coisas por aqui e disse que vai procurar um hospital depois”, disse o socorrista.

Equipes da Polícia Militar, do 22º Batalhão, encaminharam o policial e o motociclista até a Delegacia de Pinhais. A Polícia Militar (PM) não se pronunciou sobre o caso durante o ocorrido.


2 comentários

  1. QUESTIONADOR
    terça-feira, 9 de junho de 2015 – 11:40 hs

    -Este mundo está virado de ponta cabeça!!!
    -Quase acontece uma fatalidade por banalidade, pois os envolvidos estavam de cabeça quente, talvez pelas atribuições do dia-dia, mas nada justifica tais atitudes!!!
    -Felizmente nada de mais grave aconteceu!!
    -Esperamos que no desenrolar do caso, a vingança fique de lado!!!

  2. antonio carlos
    terça-feira, 9 de junho de 2015 – 13:57 hs

    Mais um PM, pago com o nosso dinheiro para nos proteger, agindo como louco, porque quem sai dando “tiro para assustar” bom da cabeça não pode ser. . E porquê, por causa de uma briga de trânsito? Imagine se todos que se envolvem em briga de trânsito saíssem dando “tiro para assustar”, a guerra do trânsito, que já está um horror, virava uma matança. Já não é a primeira vez que vemos PMs abusando do direito de andarem armados. O Comando da Corporação deve orientar melhor os nossos empregados, pois todo PM é empregado da sociedade e por ela é pago, ou a PM acha que os salários são pagos por quem? Mais responsabilidade PMs, arma não é brinquedo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*