Mais de 100 mil já se inscreveram no teste seletivo para professor no Paraná | Fábio Campana

Mais de 100 mil já se inscreveram no teste seletivo para professor
no Paraná

unnamed

Com salário médio de R$ 4,7 mil – um dos maiores do país – o teste seletivo para professor estadual chamou a atenção. Até o momento já foram mais de 100 mil inscrições e prazo segue até esta terça-feira (16). Na rede estadual, serão selecionados professores, pedagogos e tradutores e intérpretes de língua de sinais. As contratações serão válidas para este ano, em toda a rede estadual de ensino. Podem participar candidatos com no mínimo 18 anos completos e no máximo 69 anos de idade. Não é cobrada qualquer taxa na inscrição.


12 comentários

  1. MANOEL BOCUDO.
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 15:02 hs

    MAS NÃO TÁ RUIM O SALÁRIO, COMO PODE DAR TANTA INSCRIÇÕES COM
    ESSA MERRECA QUE OS MESTRES GANHAM NÃO ENTENDI. CHORAM MAS QUEREM ENTRAR NA RELAÇÃO DOS PROFESSORES QUE SAIRAM NO PORTAL DO ESTADO.

  2. Coringa
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 16:04 hs

    não estou entendendo, ou este povo é masoquista ou o emprego é bom, porque cem mil pessoas querendo ser professor no paraná é porque não é tão rui como pintam. será que se as vagas fossem no ceará, bahia, rio grande etc teria tantos inscritos????

  3. jomar ferreira
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 16:12 hs

    A SUA NOTICIA NÃO É VERDADEIRA, O SALÁRIO DE UMA PEDAGOGA COM 10 ANOS DE CASA É DE 1.300,OO, SE TRABALHAR E CONSEGUIR PERÍODO DE MANHÃ E A TARDE É DE 2.600,OO0, CARGO EM COMISSÃO NA ALEP, QUE VC. CONHECE BEM OS ANALFA, CANHÃO DE 10 A 15 MILHAS

  4. presidente exemplo de poder
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 16:45 hs

    Em tempos de vacas magras para os professores e servidores públicos, que lutam pela reposição inflacionária de 8,17%, o presidente da Assembleia Legislativa e do PSDB do Paraná, Ademar Traiano, bateu a charrete dele avaliada em R$ 669.900,00 (seiscentos e sessenta e nove mil, novecentos reais), segundo o site especializado iCarro.

    No último sábado (13) à tarde, Traiano bateu seu automóvel Land Roover branco enquanto “fiscalizava” professores que faziam reposição de aula. A batida foi na traseira de um C4 Pallas de cor cinza, em frente ao Colégio Lysimaco Ferreira da Costa, em Curitiba.

  5. Paulo
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 17:01 hs

    “O salário será equivalente ao valor inicial da Tabela de Vencimentos e Remuneração da Carreira do Quadro Próprio do Magistério – QPM
    Nível superior: R$ 13,74 (treze reais e setenta e quatro centavos) por hora-aula, para detentores de Curso Superior completo
    Licenciatura Curta: R$ 10,31 (dez reais e trinta e um centavos) por hora-aula, para detentores de Curso Superior com Licenciatura Curta
    Sem licenciatura: R$ 9,62 (nove reais e sessenta e dois centavos) por hora-aula, para
    acadêmicos e detentores de Ensino Médio
    Auxílio Transporte de R$ 4,09 (quatro reais e nove centavos) por hora-aula, para todos
    os vencimentos”
    O nome disso é PRECARIZAÇÃO.

  6. Cesar
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 18:04 hs

    Minha esposa é professora do estado e não sei onde vão parar os 3.000 mil reais que faltam para fechar a conta. Se nota que existe algo de errado neste valor divulgado ou pior ainda sou corno e não sei? Parem com isso, professor no Paraná se ganhasse o que foi divulgado no portal não ficaria fazendo greve nem aqui e nem na China, mesmo a APP pedindo de joelhos, pois um salário deste de R$ 16 mil mensais não se recebe em qualquer emprego, só como político ou como desembargador do estado, fora estas duas “profissões” o resto ganha é merreca.

    E para tentar explicar o volume de candidatos para concurso de professor, do jeito que está o mercado de emprego, até de auxiliar de serviços gerais, teria engenheiro se candidatando.

    O desemprego está grande as empresas estão dando férias coletivas o sumariamente demitindo seus empregados e que tem alguma qualificação profissional como engenharia, matemática, letrado em línguas estrangeiras, bioquímicos estão fazendo inscrições para garantir o pão de cada dia, mesmo que seja por contrato temporário, mas é melhor um pouco do que nada. Agora dizer que tem professor ganhando salário de marajá na rede pública estadual, só se for doutorado e dando aula nas Universidades do Estado e olha lá se chegam a este piso salarial.

  7. Diego
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 19:40 hs

    Bom não está e pode melhorar é claro, mas sejamos sinceros. Está razoável, acima da média nacional, relativamente possível dentro do que o estado pode pagar.
    Um professor PSS em início de carreira que ganha 3 mil, não sei do que acusa o estado. Está na média de qualquer profissional superior em início de carreira. Conheço engenheiros, contadores, administradores que iniciam a carreira ganhando 2~3 mil e nem por isso estão bradando de reclamar.
    Agora, cenas de professores indignados quase infartando por que não aceitam ganhar menos de 13% de reajuste anual não faz o menor sentido. Agora, imagine em falar de meritocracia, avaliação dos docentes, da qualidade do ensino. Nisso não vejo uma declaração sequer.

  8. antonio carlos
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 20:18 hs

    Aposto que muito ex-professor que já fez parte do quadro da Sedu via PSS e, que em janeiro saiu reclamando que não tinha recebido o 13º salário, volta a querer ser porfessor. Se era tão ruim assim porque querer voltar a sofrer novamente nas mãos do mesmo mau empregador? Não dá mesmo para entender esta porfessorada, uns fazendo greve porque alegam que ganham pouco. E um montão querendo ganhar este pouco. Difícil de entennder.

  9. CORINGA
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 21:02 hs

    SENHORES SEJAMOS HONESTOS E SEM EMOÇÃO IDEOLOGICA .DEPOIS DE TODA A CONFUSÃO , DEPOIS DOS MILHOES DE ADESIVOS , BANDEIRAS E IMPRENSA CRITICANDO O GOVERNO PELOS BAIXOS SALARIOS , PORQUE ESTES PROFESSORES NÃO BUSCAM ESCOLAS DA INICIATIVA PRIVADA? SERÁ QUE É PORQUE NO ESTADO NÃO PRECISA DAR AULA ? SERÁ QUE É PORQUE AS PROFESSORAS ACABAM DE ENTRAR NO ESTADO JA ENGRAVIDAM E NÃO DÁ NADA? OU SERÁ QUE É PORQUE ELAS SE ODEIAM E QUEREM SE MATAR DE TRABALHAR PARA NÃO GANHAR NADA??? POR FAVOR ESTA QUANTIDADE DE CANDIDATOS É PORQUE O GOVERNO DO PARANA PAGA BEM OS PROFESSORES , NINGUEM É TAÕ BOBO QUE SE SUBMETE A UM CONCURSO PUBLICO PENSANDO QUE VAI TRABALHAR UM MONTE PARA NÃO GANHAR NADA.

  10. Aninha
    segunda-feira, 15 de junho de 2015 – 23:01 hs

    ESPERO QUE ESSES FUTUROS PROFESSORES SAIBAM ELEGER SEU REPRESENTAMTE, PARA QUE NÃO VIREM MARIONETES DE UMA “GREVE SEM FUNDAMENTO” ORQUESTRADA POR “PETRALHAS” COM UM UNICO PROPÓSTITO “TIRAR O FOCO DOS ESCANDALOS DO GOVERNO FEDERAL” DESGASTANDO ALUNOS E A POPULAÇAO PARANAENSE.

  11. Maria
    terça-feira, 16 de junho de 2015 – 8:52 hs

    Atenção: A reportagem não é verdadeira o salário será de RS 2.473,24 mais 721,50 de auxilio transporte,valor bruto sem descontos, não se iludam R$ 4,700,00 é só depois de 10 anos de profissão e ainda concursado, PSS nunca vai receber R$ 4.700,00.

  12. Fernando
    terça-feira, 16 de junho de 2015 – 8:57 hs

    Nível superior: R$ 13,74 (treze reais e setenta e quatro centavos) por hora-aula, para detentores de Curso Superior completo
    Licenciatura Curta: R$ 10,31 (dez reais e trinta e um centavos) por hora-aula, para detentores de Curso Superior com Licenciatura Curta
    Sem licenciatura: R$ 9,62 (nove reais e sessenta e dois centavos) por hora-aula, para acadêmicos e detentores de Ensino Médio

    Ou seja, fazendo as contas, se conseguir dar aula o dia todo e completar 40 horas semanais, chega-se a no máximo R$2.198,40 no nível superior e R$1.539,20 para professores sem licenciatura (É POSSÍVEL ISSO??). Descontando-se IRPF e INSS sobra quase nada…Dá exatamente R$4.700,00 né?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*