Deputados estudam nova proposta de aumento salarial dos professores | Fábio Campana

Deputados estudam nova proposta de aumento salarial dos professores

Os deputados da base de apoio do governo e os deputados da oposição iniciaram nova conversação sobre os salários dos professores e servidores. Surgiu nova proposta que tem o apoio do líder do governo Luiz Cláudio Romanelli e ela será levada ao governador Beto Richa. Seria a seguinte: os 3,45% seriam reajustados imediatamente e 4,56% ficariam para dezembro, respeitada assim a data-base em maio. Segundo Romanelli, o impacto no caixa do estado seria de R$ 108 milhões além dos R$ 176 milhões atuais.


7 comentários

  1. Luiz
    segunda-feira, 1 de junho de 2015 – 19:47 hs

    Por que só os professores, pelo que sei todos os funcionários públicos estão na luta, só se fala em professores, os que tiveram maiores aumento e são os que ganham melhor no estado. po meu vamo parar com isso.

  2. Professor da rede pública
    segunda-feira, 1 de junho de 2015 – 19:53 hs

    Estou ansioso para voltar ao trabalho, não aguento mais esse impasse, acredito que todos os professores estão desesperados para voltar a lecionar. Entretanto, não podemos desistir da luta, sem que o governo cumpra a Lei da data-base. Professor não é boi rumando para o matadouro, que exemplo daríamos para os nossos alunos, ao aceitar que nossos Direitos sejam desrespeitados?
    Deus nos abençoe e ilumine nossos dirigentes, para que amanhã acabe essa greve!

  3. segunda-feira, 1 de junho de 2015 – 21:52 hs

    que vergonha,SÓ OS PROFESSORES TEM FAMILIA?
    E os demais funcionários das secretarias e autarquias.
    Nada contra o aumento,porque todos os administradores
    e patroes do Parana ja pagaram e pagaram a reposiçao salarial

  4. samuka
    terça-feira, 2 de junho de 2015 – 9:24 hs

    Que porra é essa de aumento ?? tem professores ganhando 17 mil por mês e na media são 9 mil reais por meio período de trabalho ..ate eu quero uma boquinha dessas !!

    E deve ter muito professor que deve ser assessor de diretor que não fazem porra nenhuma !!!!!

  5. fortezza
    terça-feira, 2 de junho de 2015 – 10:34 hs

    Essa proposta de 3,45% para pagamento imediato e o resto em dezembro não é a ideal mas é aceitável, aja visto que o servidores do TJ, TCE e assembleia legislativa receberam 8.17% de imediato fora auxilio moradia de mais de R$4.000, mas no Brasil funciona assim os q menos precisam recebem mais. Culpa disso são dos políticos safados e na sua maioria corruptos.

  6. José
    terça-feira, 2 de junho de 2015 – 11:22 hs

    Meus caros! Não se iludam, não há no governo Beto Richa a menor vontade de por fim à greve, pois enquanto ela durar ninguém dará atenção aos casos de corrupção que assolam o Palácio do Iguaçu. Nosso governador faz exatamente aquilo que acusa a oposição de fazer, usa a greve para encobrir escândalos, mente sobre os ganhos dos professores, não cumpre a Lei da data base, a Lei do piso salarial e usa de violência para impor sua vontade. O governo estadual consegue fazer o governo federal parecer muito bom.

  7. Strapasson
    terça-feira, 2 de junho de 2015 – 12:23 hs

    Samuka: tenho 23 anos de magistério, um padrão (20 aulas), especialização, PDE e não perdi nenhuma promoção por faltas de pontuação (frequência, cursos paralelos, etc.), recebo 4.600, 00 reais (bruto).

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*