A praça de todos os protestos | Fábio Campana

A praça de todos
os protestos

alep protesto1

As manifestações já se tornaram rotineiras na Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico de Curitiba. Quem chegou para trabalhar ou visitar a Assembleia Legislativa do Paraná se deparou com mais um ato, mesmo que representado apenas por pirulitos plantados num dos jardins em frente a Casa de Leis. O ato, mais um, é contra uma montadora de automóveis que, segundo as denúncias, não estaria respeitando os direitos dos sindicalistas, categoria que mais cresce no Brasil, tanto junto ao setor privado como público.

alep protesto2


4 comentários

  1. Karamba
    quarta-feira, 17 de junho de 2015 – 11:47 hs

    Trabalhar que é bom essa petezada não qué, né!

  2. Fala sério pô
    quarta-feira, 17 de junho de 2015 – 12:25 hs

    Estes sindicalistas só querem ficar nas costas dos trabalhadores.
    Vivem às custas do suor do trabalhador.
    Quando o PT tirou direitos dos trabalhadores e aposentados, estes sindicalistas não fizeram protestos.

  3. Zé Venancio
    quarta-feira, 17 de junho de 2015 – 17:12 hs

    Corrigindo o blogueiro: não é Praça Nossa Senhora de Salete.
    É Praça 29 de Abril…
    E quantas manifestações forem consideradas necessárias, pelos trabalhadores que se julguem prejudicados pela ganância de seus chefes, estas serão realizadas, em praça pública, e no horário estabalacidos pelos classistas, que são independentes de qualquer partido…
    Gostem os provincianos ou não…

  4. Anti-petismo.
    quarta-feira, 17 de junho de 2015 – 20:38 hs

    Bom para estes crias de petralhas é ela ir para outro estado ou país.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*