Tentativa frustrada | Fábio Campana

Tentativa frustrada

do Lauro Jardim:

Caiu no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) mais uma tentativa de tornar nula a operação Lava-jato. Em 2006, Sérgio Moro não obedecera a uma determinação do TRF-4 de repassar para outra vara um procedimento envolvendo Alberto Youssef – justamente a que gerou a Lava-jato.

No passado, o juiz havia se declarado suspeito para atuar em processos com o doleiro por ter cuidado da sua delação premiada em 2004 no caso Banestado. Portanto, a defesa de alguns empreiteiros considerava que Moro não poderia ter coordenado a Lava-Jato. O TRF-4 discordou.


3 comentários

  1. Francisco de Assis
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 17:42 hs

    Eu não entendo de Leis, mas o Youssef ja havia sido beneficiado, pelo mesmo juiz de “delação Premiada”,se eu estiver certo, partece que so pode ser usadouma unica vez a “delação”

  2. CRISTOVÃO
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 20:03 hs

    Parabéns TRF-4, ELES QUEREM POR QUE QUEREM AFASTAR O SERGIO MORO, NÃO CAIAM DA DELES, PARABÉNS;;;;

  3. Beatrix Kiddo
    sábado, 23 de maio de 2015 – 20:08 hs

    Que horror, o juiz Sérgio Moro vai continuar nos escandalizando toda semana? Chega de tanta sujeira, já nem vejo mais televisão, ela já estava ficando com cheiro de privada

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*