Ministério Público do Paraná esclarece denúncia apócrifa contra Fernanda Richa | Fábio Campana

Ministério Público
do Paraná esclarece
denúncia apócrifa
contra Fernanda Richa

Em comunicado enviado à imprensa, o Ministério Público do Paraná explicou o procedimento a ser tomado partir da denúncia anônima contra Fernanda Richa, acusada de destinar doações ilegais de auditores fiscais à campanha de Beto Richa, em 2014.

De acordo com o MP-PR, que ressalta tratar-se de uma denúncia apócrifa, sem qualquer documento, evidência ou elemento de prova, instaurou-se um procedimento preliminar para averiguar os fatos. O Ministério Publico do Paraná garante a completa apuração do caso, mas decretou sigilo do procedimento para resguardar a privacidade e a imagem dos supostos investigados.

O Órgão ainda esclareceu que, até o momento, não há qualquer elemento de prova que permita relacionar os fatos noticiados à suposta arrecadação de recursos para campanhas políticas.

Leia, a seguir, a nota na íntegra:

“Em relação à denúncia anônima encaminhada ao MP-PR, noticiando que, para a edição do Decreto 10.937, de 05/05/2014, a secretária de Estado Fernanda Richa teria exigido dos auditores fiscais, beneficiados com o referido Decreto, doações para o Provopar, com a suposição de que tais valores seriam destinados ao financiamento de campanhas políticas, o Ministério Público do Estado do Paraná tem a informar que:

1) Por tratar-se de denúncia apócrifa, desacompanhada de qualquer documento ou elemento de prova, determinou a instauração de procedimento preliminar, de natureza averiguatória, destinada a apurar a eventual consistência das informações;

2) Decretou o sigilo de tal procedimento, para resguardar a privacidade e a imagem dos supostos investigados, dado que a denúncia anônima veio desacompanhada de documentos ou evidências;

3) Até o momento, não existe qualquer elemento de prova que permita relacionar os fatos noticiados à suposta arrecadação de recursos para campanhas ao governo do Estado.

O Ministério Público do Paraná esclarece, por fim, que prossegue nas investigações, de modo a promover a completa apuração dos fatos.

Ministério Público do Paraná”


31 comentários

  1. adoniran
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 11:38 hs

    E a vendida RPC TV vai anunciar isso? Ou destinar um direito de resposta no ar??? Duvido, vermes imundos, estão a beira da falência e se vendem até para a milionária APP-PT/PR. Jornalismo totalmente parcial, sem escrúpulos, jornalistas sem honra, sem ética!!! Promovem o linchamento político do governador em troca de sobrevivência, usando o dinheiro sujo do PTrolão, o qual é usado pelo PT para bancar esses vagabundos sindicalistas, que recebem sem trabalhar para promover baderna e defecar em praça pública!!!

    E se alguem mandar carta anonima dennigrindo a imagem da Miss PTrolão ou do Rei Mamona o “jornal” da RPT TV vai noticiar? Claro que não! Jamais estragariam a imagem de seus patrocinadores!!!

  2. VILMAR KURZLOP
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 11:38 hs

    Tudo isso é fruto da atual crise que assola nosso país e em decorrência da cultura arraigada em nossa sociedade.
    Todos os segmentos, sem distinção, estão perdidos. Brigam por seus interesses sem levar em conta os percalços que eles acarretam em outros segmentos sociais.
    Ninguém consegue mais focar em suas responsabilidades, extrapolando-as, quase que diuturnamente, em função de seus próprios interesses.
    Todos precisam avaliar os “desserviços” quando se preocupam unicamente com os seus próprios interesses, inclusive a mídia (sob o acobertamento/abrigo da “liberdade de imprensa”).
    Cobra-se muito das “responsabilidades” de autoridades, políticos, empresários, e de tudo o resto que é repercutido pela mídia. E quem e com quais ferramentas repercute os descalabros da mídia.
    Mas, no meu entendimento, é preciso uma avaliação em todos os segmentos sociais do que se está promovendo neste país. Nenhum desses segmentos pode extrapolar os seus fins/objetivos sociais.
    Há erros, e muitos, e em todos os segmentos, mas não se pode errar naqueles em que estamos inseridos, sob a justificativa dos erros dos outros.
    Cada um na sua, cumprindo com a sua responsabilidade.
    A mídia, e todos os segmentos da sociedade, são muito importantes, quando cumprem o seu papel, não os extrapolando.

  3. Anônimo
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 11:40 hs

    E O PROCEDIMENTO PARA APURAR E PUNIR O RESPONSÁVEL PELO VAZAMENTO DA DENUNCIA? SAIU DE DENTRO DO PRÓPRIO ÓGÃO.

    . OS ÓRGAOS DE COMUNICAÇÃO TEM QUE TOMAR CUIDADO COM ESSE TIPO DE NOTICIA, POIS ACABAM MACULANDO COM A IMAGEM DAS PESSOAS. E DEPOIS NÃO TEM O CARATER DE RETRATAR-SE.

    LEMBREM QUE O ESTRAGO JÁ FOI FEITO.

  4. Paulo
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 11:46 hs

    Só duvido dessa parte “…a completa apuração dos fatos.”

  5. juvenil correia
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 11:54 hs

    VAZA PARA A IMPRENSA , ESCULHAMBA A VIDA DA PESSOA, DEPOIS VEM A PUBLICO ESCLARECER..

    MP, EXAGERA, QUER SE APARECER, MUITA BAGUNÇA PARA NADA.

  6. jaime rodrigues
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 11:55 hs

    vegonha, denigre, destroi uma familia, faz vazamento para jogar lenha na fogueira depois vem a publico esclarecer..]]PQP

  7. sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:00 hs

    IMPRENSA LIVRE É FUNDAMENTAL PARA A DEMOCRACIA. É PRECISO NO ENTANTO, QUE AJAM DE FORMA CORRETA, IMPARCIAL E RESPONSÁVEL. NÃO É ADMISSÍVEL QUE PROMOVAM A DEMOLIÇÃO DA IMAGEM DAS PESSOAS E INTUIÇÕES SEM AS DEVIDAS CAUTELAS. COMO SE HAVERÁ DE RESTAURAR A IMAGEM DE ALGUÉM, ENXOVALHADA POR DENÚNCIAS ANÔNIMAS, SE DEPOIS FICAR COMPROVADO QUE ERA TUDO MENTIRA? COMO SE IRÁ PUNIR AQUELE QUE POR COVARDIA SE ESCONDE NO ANONIMATO?

  8. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:02 hs

    A Fumaça,mas ainda não tem fogo,mas eu concordo com o filho do Requião,está tendo sim um foguetório,uma linha de pessoas contra o Pais,uns torcem para que a Petrobras quebre,outros querem ver o caos por causa do PT no poder.
    As denuncias infundadas já aconteceu também com o Sr Moro que prendeu a cunhada do Vaccari sem ter provas suficientes de que ela era a autora,tudo a cargo dos foguetes e de ficar na mídia como justiceiro.
    Acho que a Dona Fernanda com toda sua riqueza e todo seu temperamento dócil está sendo exposta demais pelo seu marido,eu se fosse ela entregaria o cargo e se fechava em copas até para não ter duvidas sobre sua honestidade..
    Enquanto isso nas redes sociais saem holerites da família como sendo uma das delapidadoras do estado,ora eles não precisam disso e todo esse desgaste a toa é besteira.

  9. luis
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:05 hs

    Acho que o Lula está certo, tem que criar um sistema de controle econômico da imprensa. O Requião também com o seu projeto de direito de resposta.

  10. Angelo Pietro
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:15 hs

    Manda o Doti notificar a RPC e pedir direito de resposta no ar!

  11. valdecir trindade
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:19 hs

    Pois bem. Foi decretado o sigilo do procedimento. Mas, como já se comentou anteriormente, foi instaurado o procedimento para averiguar quem foi o agente violador do sigilo? Porque a quebra do sigilo a meu ver igualmente é um ilícito grave. Daí que o Ministério Público do Paraná deve satisfação à sociedade e anunciar se foi ou não aberto o referido procedimento.

  12. Simões
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:23 hs

    Isso já é desespero por ela ser forte candidata a Prefeitura de Curitiba e possivelmente irá ser eleita, caso se candidate.

    A melhor forma de ferir alguém é denegrir sua imagem e na cabeça destes energúmenos o momento é agora.

  13. Falido e mau pago
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:24 hs

    Ah, está bem! Mas quem do MP PR vazou para a RPC, que sem qualquer escrúpulo e ética, como de costume. mandou para o ar a denúncia apócrifa.
    A detentora do monopólio da comunicação no Paraná se retratará ou dará direito de resposta (gratuito)?
    Não acredito, pois a imprensa brasileira só quer ser livre quando o dinheiro não cai na sua conta. Em caso contrário, ela serve a quem lhe paga! Mesmo que para isto ela não seja tão livre! Isto, neste casos, não tem importância.

  14. Fala sério pô
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 12:57 hs

    Chupa Gazeta. kkkkkk
    “3) Até o momento, não existe qualquer elemento de prova que permita relacionar os fatos noticiados à suposta arrecadação de recursos para campanhas ao governo do Estado.”

  15. sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 13:05 hs

    CPI NA RPC JÁ !

    A RPC VIROU RPT NESSES ÚLTIMOS 13 ANOS
    E CARECE UMA INVESTIGAÇÃO SÉRIA

    QUEM SUSTENTA A RPC ? POR QUE AGE DE FORMA PARCIAL? QUEM ESTÁ POR TRAS ? QUAL A VANTAGEM DE BENEFICAR UM PARTIDO ? ESTÁ SOB AMEAÇA DO PT E APAZIGUADOS ? O QUE JUSTIFICA TAL COMPORTAMENTO DA RPC ?

  16. Luis Break
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 13:21 hs

    Quem vendeu a matéria para RPC?
    Investigar é preciso.

  17. Manoel Carlos
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 13:36 hs

    – Alguns integrantes do MP/IMPRENSA precisam de reciclagem, voltar aos bancos escolares para aprender que o princípio constitucional da publicidade e a liberdade de imprensa não se confundem com irresponsabilidade. Esculhambam a pessoa, fazem pré-julgamentos, nada fica provado, e depois desaparecem como se nada tivesse ocorrido. Só que sofre o esculhambado e toda a sua família. Atualmente, há muitas irresponsabilidades em publicações de investigações, pois apresentam os casos como se já tivessem sido julgados a mostrar imagens das pessoas. Rasgam, diariamente, nossa constituição a jogar seus princípios basilares e os direitos e garantias fundamentais do cidadão no lixo. Lamentável!

  18. XERPAJR
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 14:31 hs

    Prezados Promotores:

    Confio na imparcialidade e trabalho sério do MP – GAECO, favor manifestarem-se quanto aos questionamentos acima.

    Realmente é grave a suspeita de vazamento de informações sigilosas.

    Recentemente o assessor do Deputado do PT, foi exonerado imediatamente com a comprovação (vídeo) de que ele havia jogado um vaso sobre os policiais na invasão da assembleia. Encerrou-se o assunto com a punição.

    Basta aos senhores esclarecerem este fato do vazamento com a imediata abertura de procedimento e dando satisfação a sociedade, doa a quem doer. Sob risco de manchar a credibilidade do trabalho que os senhores realizam.

  19. Ex-Funcionário
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 14:46 hs

    Poxa… e eu que pensava que a RPC era de confiança, pois ofereci umas denuncias de estão no MP… fugiram do assunto… rsrsrsr.. nem quiseram saber do que se tratava!!! Alguém sabe de algum órgão da imprensa que aceitaria investigar as denuncias que tenho no MP? O TC/PR já encobriu tudo… aliás o Tribunal Faz de Contas é uma piada também!!!

  20. João
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 15:18 hs

    E a GAZETONA como fica?

  21. lou
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 15:56 hs

    Tá na hora do denunciante, mesmo que anônimo, mandar algumas provas, alguns nomes, coragem tche!

  22. FEIOSO
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 16:22 hs

    PASMEM, O DANO JÁ SE CONSUMOU E É MUITO GRANDE.
    QUEM É O DONO DO PODER (INQUISITOR) REALMENTE NÃO SERÁ RESPOSABILIZADO, POIS NÃO HÁ COMO..NÃO EXISTE AUTORIDADE SUPERIOR.
    A IMPRENSA É LITISCONSORTE NESSE CASO, JUNTAMENTE COM QUEM.., NÃO DÁ NEM PRA FALAR EM NOMES POR CAUSA DAS RETALIAÇÕES, HUMILHAÇÕES..

  23. Wlademir da farmacia
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 17:26 hs

    O que me espanta, e ai a coisa não se explica, é: Se existia todo este processo de corrupção na Receita Estadual, vieram a baila o nome do governador e agora de sua primeira dama, PERGUNTO? Porque estes mesmos auditores, incluindo os presos, aqueles foragidos e os que ainda serão chamados a justiça, receberam PROMOÇÕES agora em maio. Não era o momento de não dar estar promoções antes de se averiguar e punir os culpados? Então acho que todos estão com o rabo sujo. VERGONHA.

  24. Sociedade Responde
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 18:08 hs

    Já que a sra. Fernanda Richa foi exposta vergonhosamente e, como afirma a Nota Oficial, sem nenhuma prova, a SOCIEDADE DECENTE gostaria de saber quem foi o denunciante de rabo felpudo que ao fazer tal declaração não apresentou uma mísera prova da falácia! (1)

    ** Que se exija do jornal Gazeta do Povo e da RPC ou RPT, por via judicial, que publique com o mesmo destaque que deu a denúncia falsa, a NOTA OFICIAL do Ministério Público como DIREITO DE RESPOSTA esclarecendo os fatos (2).

    ** Que o Ministério Público identifique e divulgue o nome do funcionário que fez o vazamento de tais informações apócrifas e dê-lhe a devida correção como manda a lei e às normativas internas da instituição (3).

    Em tempo: esse procedimento vale para todo e qualquer ato de investigação, independente de coloração partidária. Em havendo uma delação e consequentemente provas cabais, documentais, é uma coisa, porém, argumentação, verborragia e outras maquinações aí é crime, irresponsabilidade e objetivo claro de sujar reputações. A quem assim age, só resta à condenação e cadeia.

  25. CRISTOVÃO
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 20:20 hs

    Em se falando de MP fiquei sabendo que em Londrina foi decretado estado de horror. na rua o pessoal diz, “”””fiquei sabendo que fulano de tal a semana que vem vai ser presso, fonte digna, meu parente trabalha la e disse””””””, acho que o MP tem que fazer uma reciclagem em seu pessoal….dizem que tem uma rádio que fica sabendo de tudo antes da matéria sair

  26. VERDADE
    sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 21:22 hs

    Se eh assim então para que contratar um dos melhores advogados? Papai Noel e Cegonha existem…

  27. sexta-feira, 22 de maio de 2015 – 21:46 hs

    Perdão pelo termo, pegei nojo dos jornais da RPC, repetitivo, insistente … Já vai acusar POR OUVIR DIZER. Não tendo acompanhada as notícias, devem continuar as mesmas fotos, mesmas besteiras. Estou na emissora (…).

  28. Juca
    sábado, 23 de maio de 2015 – 9:14 hs

    Calça frouxa, quem é o analfabeto funcional do PT (PCC) que redigiu o comentário que você postou?

  29. Mariana Jesus
    domingo, 24 de maio de 2015 – 1:55 hs

    O Ministério Público do Paraná é corporativista e tem se mostrado partidário. As denúncias precisam ser feitas no CNMP e CNJ…
    Mas é preciso importunar bastante…

  30. Freddy Kruger
    segunda-feira, 25 de maio de 2015 – 12:30 hs

    Já não assisto qualquer programação das emissoras da Globo, por quê nunca falam mal do PT, só dos adversários, além de sua programação dar ênfase a degradação dos valores morais da sociedade. Jornal mesmo é o da TV Cultura, principalmente o das segundas feiras às 21 horas. É um espetáculo, pois a notícia é debatida por todos os ângulos e tendências políticas. A RPC e a Gazeta do Povo já eram, ninguém é burro.

  31. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 25 de maio de 2015 – 12:43 hs

    Não cRistovão aqui bandido não perfila,o MP pega,como pegou o esquema ai dos auditores,o Abi e outros,aqui se cassa prefeito ladrão e politico ladrão tem de monte.
    Ai voce pode pensar,por que Londrina tem tanto corrupto,não mais que Curitiba,é por que o MP daqui é atuante.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*