Governo endurece e só negocia se professores voltarem ao trabalho | Fábio Campana

Governo endurece e só negocia se professores voltarem ao trabalho

O Fórum dos Servidores Estaduais, liderado por Marlei Fernandes, que comanda, na prática, a APP-Sindicato, pediu ao governo que reabra negociações. O governo respondeu que retoma as conversas e as negociações assim que todas as categorias do funcionalismo público voltarem ao trabalho. Documento foi enviado para a APP-Sindicato, que lidera o movimento grevista do funcionalismo e promove a paralisação das aulas na rede estadual de educação. Mesmo com essa resposta, uma comissão de servidores que pede para ser recebida amanhã, terça-feira, será por membros do governo. O governo pode radicalizar ainda mais.Já avisou que se houver depredação ou invasão ao patrimônio público “será reajuste zero”, avisa um interlocutor do governo no legislativo.


9 comentários

  1. rafaella
    segunda-feira, 18 de maio de 2015 – 20:47 hs

    Se os professores voltarem ao trabalho para depois negociar, vão ganhar um grande pé na bunda, e merecerão! Pois creditar neste governo corrupto, incompetente e principalmente mentiroso, é coisa de alienado, não de professor!

  2. SÉRGIO
    segunda-feira, 18 de maio de 2015 – 21:23 hs

    A impressão que se tem, não é que a Mar-lei é a Presidente da APP-Sindicato; mas sim, ELA É A VERDADEIRA GOVERNADORA DO PARANÁ, nestes últimos dias. Ou o Governador retoma a sua autoridade, ou a desordem vai continuar!!! É necessário reunir os 32 Chefes de Núcleos, com o Governador Beto Richa, imediatamente e fazer uma estratégia de retorno às aulas. Na reunião, chamar os Diretores que conseguiram fazer as aulas recomeçar em suas escolar.Campana! Proponha isto ao Governador, por favor!!!

  3. SÉRGIO
    segunda-feira, 18 de maio de 2015 – 21:26 hs

    ERRATA: … ONDE ESTÁ ESCRITO: … “FAZER AS AULAS RECOMEÇAR EM SUAS ESCOLAR…”, leia-se: “…fazer as aulas recomeçarem em suas escolas..’.

  4. BigPeter
    terça-feira, 19 de maio de 2015 – 3:16 hs

    Assim que age um líder, quando desafiado. Tolerância zero. – Beto Richa não pode passar paraahistória como um homem fraco.
    Dá-lhe Beto. Mete tudo na cadeia, cara. Isso aí não é professor. Isso aí é bandido.

  5. VISIONÁRIO
    terça-feira, 19 de maio de 2015 – 6:45 hs

    Esta greve já encheu o saco. Neste quesito o governo tem toda a
    razão !!!

  6. clarice franze
    terça-feira, 19 de maio de 2015 – 8:43 hs

    AI BETO, É ASSIM QUE SE FAZ. RESPEITO É BOM, DIA´LOGO FAZ PARTE E CONSENSO PREVALECE.
    O GOVERNO NÃO PODE E NÃO DEVE CEDER AS INCOERÊNCIAS, E AS CRIANÇAS QUEREM E PRECISAM VOLTAR À ESCOLA.
    E HOJE , NA ATUAL CONJUNTURA, ONDE A CRISE IMPERA E RONDA OS LARES, AS INDÚSTRIAS, OS POFESSORES , CONDUZIDOS POR UM SINDICATO POLITICO ESTÃO COM LAVAGEM CEREBRAL.
    O QUE FOR MERECIDO, SEM DESMERECER OUTRAS CATEGORIAS, TUDO BEM.
    MAS QUERER MILAGRES É ATENTAR CONTRA A PACIÊNCIA DE DEUS.

  7. terça-feira, 19 de maio de 2015 – 9:53 hs

    Infelizmente é assim que se lida com esses governantes!
    Prometem e ñ cumprem !

  8. Gardel
    terça-feira, 19 de maio de 2015 – 10:03 hs

    Tem que mexer no bolso desses professores ptralhas, só assim poderá conseguir resultados satisfatórios.

  9. Sociedade Responde
    terça-feira, 19 de maio de 2015 – 11:53 hs

    Tem que descontar os dias parados. É um direito da sociedade exigir essa prerrogativa. Não trabalhou não ganha, como em qualquer outra atividade. Simples assim. Afinal, a greve tem viés político e decadente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*