Empresas dos Cunha Pereira receberam mais de R$ 60 milhões do governo federal entre 2003 e 2014 | Fábio Campana

Empresas dos Cunha Pereira receberam mais de R$ 60 milhões do governo federal entre 2003 e 2014

unnamed

Via Impacto Paraná

As motivações dos ataques sistemáticos que o governador Beto Richa (PSDB) e sua família vêm recebendo da RPC/Globo, Gazeta do Povo, Jornal de Londrina e assemelhados têm mais motivações financeiras do que possam imaginar os desavisados, acredita o grupo de gestão de crise que assessora o governo.

Para ele, os ataques estão ligados ao comprometimento das empresas do GRPCOM – grupo liderado por Ana Amélia Cunha Pereira Filizola e Guilherme Cunha Pereira — com o PT, partido que controla uma verba federal de publicidade de R$ 1,5 bilhão por ano, do qual a maior fatia (70%) vai para empresas afiliadas a Rede Globo, entre as quais, o GRPCOM.

No Paraná, as empresas do grupo de Ana Amélia e Guilherme Cunha Pereira faturaram mais de R$ 60 milhões entre 2003 e 2014 do governo petista em publicidade. Os dados não estão dispostos no site Transparência do Governo. Uma tabela feita pelo jornal Folha de S. Paulo traz os gatos das estatais federais (BNDES, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Petrobras, Correios) com as empresas GRPCOM (RPC, Gazeta do Povo, Jornal de Londrina, TV Coroados, TV Cataratas, TV Cultura e rádios Mundo Livre FM e 98,9 FM).

Decisão judicial

A média recebida pelo grupo é de R$ 2,5 milhões por ano, o total chega a R$ 30 milhões. E como as estatais representam 50% da publicidade do governo federal, chega-se a R$ 60 milhões de gastos do governo petista com as empresas do GRPCOM em 12 anos. Os dados dos gastos de publicidade só foram liberados por decisão do Superior Tribunal de Justiça, que deu ganho de causa a uma ação movida pelo jornal paulista e pelo jornalista Fernando Rodrigues, do UOL.

Para manter o sigilo dos gastos, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República alegava que sua divulgação prejudicaria as empresas estatais na negociação com os veículos de comunicação dos valores pagos pelos anúncios. A despesa total das estatais com publicidade atingiu R$ 15,7 bilhões entre 2000 e 2013. A Petrobras, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil responderam por 86% das verbas. No topo da lista aparece a TV Globo que recebeu R$ 4,2 bilhões em 14 anos.

Vem para Caixa – Voltemos ao Paraná, no cruzamento das informações levantadas pela Folha de S. Paulo pode se detalhar as verbas distribuídas á role para as empresas do GRPCOM. Em 2003, por exemplo, o grupo recebeu R$ 1,28 milhão do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Petrobras. Em 2004, deu-se um salto para R$ 3,76 milhões, incluindo verbas Banco do Nordeste, BNDES e Correios. Em 2005, foram R$ 2,14 milhões, 2006 – R$ 3,37 milhões; 2007 – R$ 2,11 milhões; 2008 – R$ 2,71 milhões; 2010 – R$ 3,29 milhões; 2010 – R$ 1,65 milhão; 2011 – R$ 2,19 milhões; 2012 – R$ 1,24 milhão; e 2013 – R$ 1,25 milhão.

Nota-se que as verbas de publicidade da Caixa Econômica Federal eram controladas pelo ex-deputado federal André Vargas (ex-PT) que chegou a coordenar a campanha da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) ao Governo do Estado em 2014. Só foi afastado depois denunciado no esquema do Petrolão e hoje se encontra preso em Curitiba.

Entre 2003 e 2013, a Caixa Econômica Federal repassou R$ 15,8 milhões para as empresas do GRPCOM. A Gazeta do Povo recebeu, em média, R$ 1 milhão por ano no período. Vejam o exemplo: em 2003, o jornal dos Cunha Pereira&Lemanski recebeu R$ 92,87 mil da Caixa, passou para R$ 311,52 mil em 2004, R$ 187,83 mil em 2005 e saltou para R$ 1,10 milhão em 2006, R$ 779,61 mil em 2007, passou para R$ 1,07 milhão em 2008, R$ 1,35 milhão em 2009, R$ 1,14 milhão em 2010, R$ 1,01 milhão em 2011 e R$ 864,05 mil em 2012.

Estatais – O Banco do Brasil também atendeu a voragem do GRPCOM. Em 2004, o BB repassou R$ 1,53 milhão para a RPC e 2005, foram mais R$ 792,20 mil, outros R$ 658,57 mil em 2006, R$ 541, 22 mil em 2008 e R$ 791,08 em 2013. Entre 2003 e 2014, todas as empresas do grupo receberam o maná do banco.

A Petrobras, envolvida no maior escândalo de corrupção da história brasileira, também repassou quantias fabulosas a RPC, Gazeta do Povo e empresas do GRPCOM. Em 2004, por exemplo, a estatal pagou R$ 805,72 mil para a RPC. Em 2006, foram mais R$ 398,03 mil. Em 2007, Gazeta do Povo e RPC receberam R$ 583,08 mil da petroleira.

Os Correios também abasteceram, de forma pródiga, o caixa da família Pereira Lemanski. Em 2004, a RPC recebeu R$ 787,31 mil da estatal. Gazeta e RPC receberam R$ 192, 47 mil em 2005 e mais R$ 424,22 mil 2009. Gazeta e Mundo Novo FM receberam R$ 263, 17 mil em 2013.

Agências – Parte dos repasses feitos para as empresas GRPCOM era feito pela agência Borghi/Lowe, responsável pela conta da Caixa Econômica Federal. O vice-presidente, Ricardo Hoffmann, primo da senadora Gleisi Hoffmann, está preso pela Operação Lava Jato e também controlava a conta publicitária do Ministério da Saúde. Caixa e Saúde romperam, agora em abril de 2015, os contratos com Hoffmann.

A agência de publicidade recebeu R$ 1,07 bilhão, em valores não corrigidos pela inflação, da Caixa Econômica Federal e do Ministério da Saúde entre 2008 e 2015. A Borghi/Lowe também tem contrato com o BNDES que pagou por publicidade nas empresas GRPCOM.

Outra agência responsável pela conta da Caixa é a Heads, ligada ao casal petista Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, que mantinha influência nas verbas publicitárias do Banco do Brasil, Petrobras e Correios. A Heads também divide as contas publicitárias dessas três estatais.


29 comentários

  1. LUIZ
    sábado, 23 de maio de 2015 – 13:22 hs

    PROPINA PARA ACOBERTAREM AS ROUBALHEIRAS DO LULADRÃO E SUA QUADRILHA.

  2. Henry
    sábado, 23 de maio de 2015 – 14:08 hs

    A DONA AÍ DA FOTO SÓ ESTÁ BONITA PELOS $$$ QUE TÊM. PORQUE, VÁ SER FEIA ASSIM LÁ NA CASA DO…

  3. Luis Girun
    sábado, 23 de maio de 2015 – 14:44 hs

    E tem gente que acredita na imparcialidade deste jornal. Pior é o filho do chiquinho Blza fazer voto de pobreza depois de ficar multimilionário com as mamatas obtidas com uma concessionária publica ( rpctv)

  4. Parreiras Rodrigues
    sábado, 23 de maio de 2015 – 14:59 hs

    Semana que vem, cancelo a minha assinatura.
    Que busquem os petistas.
    Os articulistas, a maioria, pena de aluguel. Coisa feia.

  5. Igor
    sábado, 23 de maio de 2015 – 16:16 hs

    Agora sabemos do aparelhamento e o silêncio mortal da imprensa brasileira com relação ao avanço comunista ! Naturalmente nessa linha a turma aparelhada não quer ouvir nem falar de “militares”, isso causa calafrios !!!!!!!!!

  6. TROLL
    sábado, 23 de maio de 2015 – 17:01 hs

    Pelo visto foi pouco, pois estão fazendo um jornalismo de quinta categoria.
    Uma VERGONHA!
    Não presta nem para limpar o rabo dos venezuelanos!
    Que desserviço estão prestando….

  7. Sergio Silvestre
    sábado, 23 de maio de 2015 – 18:05 hs

    Tem muitos também levando dinheiro do governo estadulal,alias esse governo gosta de imprensa rasteira tipo ‘IMPACTO PARANÁ’ um lixo.

  8. Mamon
    sábado, 23 de maio de 2015 – 18:22 hs

    A RPC e a Gazeta do Povo são serviçais do PT.

    Devem receber muito $ por fora, para bater tanto no PSDB.

    Guilherme Cunha Pereira e sua irmã se fazem de católicos, opus dei, mas no fundo acho que servem ao diabo.

    Através de suas mãos e de seus jornais e TVs, vidas e biografias de gente boa são destruídas.

    A família cunha pereira, em minha opinião, é assassina de biografias e reputações.

    E se fazem de católicos para disfarçar que são comunistas?

  9. Falido e mau pago
    sábado, 23 de maio de 2015 – 20:14 hs

    O óbvio vem à tona. A dona do monopólio das comunicações no Brasil cresceu com a ditadura militar e depois, com a abertura política, apoiou o sarney e ajudou a eleger o collor. Ao ver a viola do collor em cacos, apoiou o seu impedimento político. Depois, deu força ao itamar. Daí veio o FHC, mas como ele não garantiu a teta no seu segundo mandato, elegeram o lulopetismo e o sustentaram até aqui.No Paraná a história só se repetiu!
    Não há democracia confiável quando o monopólio das comunicações manipula a opinião pública e elege os seus governantes. Não há democracia confiável quando o maior patrocinador da imprensa é o próprio poder público que elegeu-se através do seu monopólio. Não há isenção. Só há interesses comerciais e eleitoreiros.

  10. Jair Pedro
    sábado, 23 de maio de 2015 – 20:58 hs

    Pode ter dinheiro mas é feia prá diabo essa mulher

  11. Creysson
    sábado, 23 de maio de 2015 – 21:01 hs

    Bonito sorriso da moça

  12. Carmem Fulgencio
    sábado, 23 de maio de 2015 – 21:34 hs

    Depois não se sabe porque fazem de tudo para tirar o foco do Governo Federal, e não medem consequências ou quem vão queimar, destruir, para continuarem a receber seu rico dinheirinho, pobre Dr. Cunha deve estar muito envergonhado, pois com certeza não foi isso que ensinou aos seus, e nem era sua pratica, lamentável, sujando o nome de um jornal que sempre gozou de toda credibilidade, hoje quando lemos algumas criticas, principalmente ao Governo Estadual, fica difícil de acreditar …………..pois estão ganhando muito bem para defender seus patrões…………….Vergonha alheia

  13. A CULPA É DO FHC
    sábado, 23 de maio de 2015 – 21:36 hs

    JÁ FAZ MUITO TEMPO QUE A RPC NÃO PERTENCE A ESTA FAMÍLIA!

    HÁ CONTRATOS IMPUBLICÁVEIS E SE LEVADOS AO LUME TRARÃO ENORME DIFICULDADE, PARA UM EX-MINISTRO DO PARANÁ, CUJA ESPOSA É PESSOA LIGADÍSSIMA À DILMA E QUE EXERCE CARGO POLÍTICO RELEVANTE, NA COMPROVAÇÃO DA ORIGEM DOS RECURSOS PARA COMPRA DE PARTE SIGNIFICATIVA DA EMPRESA.

    DA MESMA FORMA COMO FOI COMPRADA UMA RÁDIO NA REGIÃO CENTRAL DO PARANÁ E PAGA EM DINHEIRO VIVO. O DONO NUNCA TINHA VISTO TANTO DINHEIRO NA VIDA.

    ESTA A RAZÃO PELA QUAL O CONTRATO É SIGILOSO.

    DESTA FORMA, QUEM COMANDA A RPC NO PARANÁ É O PESSOAL DO PT.

  14. Marcelo Guimarães
    sábado, 23 de maio de 2015 – 21:51 hs

    Investigaram como foi que o grupo cresceu quando eram pequenos no governo Jaime Lerner?…

    Esse imprensa é suja, suja, suja que tem que botar sujeira nos outros para parecer um pouco pura. Enquanto imprensa viver de dinheiro público ainda mais uma concessão publica como a rpc não é possível falar em verdade, independência muito menos profissionalismo…. São verdadeiros achacadores…

  15. NONAME
    sábado, 23 de maio de 2015 – 22:50 hs

    Só o Richa gastou 1,2milhões nos últimos dias em propaganda para explicar o inexplicável no grupo devido a audiência que o grupo tem junto ao povo.

  16. Jissuí
    domingo, 24 de maio de 2015 – 9:29 hs

    Já faz tempo que a gente sabe que empresa controladora da imprensa serve-se impiedosamente do dinheiro público.
    Para a sociedade seria muito interessante que os meios de comunicação fossem estatizados. Com eleição autônoma e independente da executiva dos seus comandantes.
    Não é mais possível que o maior poder do País continue como está, pois direitos constitucionais são mutilados, sem qualquer espécie de controle..

  17. Vigilante do Portão
    domingo, 24 de maio de 2015 – 10:04 hs

    Quero entender melhor:

    Então, a TRANSPARÊNCIA, cobrada pela Gazeta e pela RPC, dia sim, outro também, seria uma ENGANAÇÃO?

    Quando se trata de falar ou escrever sobre os RECEBIMENTOS, por parte da poderosa REDE, de recursos oriundos de Entes Públicos e de empresas Públicas, recorrem aos Tribunais para NÃO “abrir os números”?

  18. Selbach
    domingo, 24 de maio de 2015 – 12:10 hs

    Falar o que? Está mais que bem explicado como os vermelhos estão destruindo este país.

  19. Pensador
    domingo, 24 de maio de 2015 – 17:37 hs

    Seria interessante fazer uma pesquisa sobre a historia do grupo RPC. Vez que, muito provavelmente essa empresa de comunicação, deve ter se beneficiado enormemente durante a ditadura militar e hoje em dia tem um discurso todo ético (mundo livre) uma especie de new age/esquerdoide das comunicações.
    Esse governo banana deveria confrontar essa turma, demonstrando para a sociedade quem realmente eles são e quais seus verdadeiros interesses…Para isso acredito que um primeiro passo seria confrontar essas raposas nas redes sociais e fazer com que a grande massa de eleitores paranaenses tenha acesso a esse tipo de informações… …acredito que tomando certas medidas de esclarecimento, ou seja, evidenciar os inimigos, o governo resgataria o apoio da população….

  20. Moisés Fróes
    domingo, 24 de maio de 2015 – 21:48 hs

    Gazeta do Povo chapa branca.
    Os Cunha Pereira (irmãos) são corruPTistas de carteirinha.
    Requião também não dava dinheiro e esses irmãos corruPtistas sempre o criticaram.

  21. domingo, 24 de maio de 2015 – 21:56 hs

    Às vezes me perguntam quem são as prostitutas que levaram esse país à breca!!!

  22. ieto
    domingo, 24 de maio de 2015 – 22:47 hs

    CUIDADO: – FAMILIA CUNHA PEREIRA:

    – QUEM TORCE, DISTORCE!

    E ISSO É FEIO, DESUMANO, DIABÓLICO…

  23. Paulo
    segunda-feira, 25 de maio de 2015 – 9:27 hs

    E o governo estadual? E os outros grupos de comunicação? Está na média de market share? Há proporcionalidade? Qual o problema?

  24. Kátia Flávia
    segunda-feira, 25 de maio de 2015 – 10:05 hs

    Outras empresas de comunicação também receberam e recebem da ITAIPU, GOV ESTADUAL, SANEPAR, COPEL, PREFEITURAS, POLÍTICOS, CANDIDATOS …

  25. Jose Rosa
    segunda-feira, 25 de maio de 2015 – 13:06 hs

    pelo amor dos meus filhos, dinheiro publico para a GLOBO.

  26. Jacir Hoiça
    segunda-feira, 25 de maio de 2015 – 14:28 hs

    Lembrando que o GRPCOM ajudou vender o Beto Richa para os paranaense, ela que aceite a devolução.

  27. Denise
    terça-feira, 26 de maio de 2015 – 12:42 hs

    QUANTO MAIS TENTAM DESMORALIZAR O NOSSO GOVERNADOR INVENTANDO COISAS, NÓS NÃO PRECISAMOS INVENTAR NADA, PORQUE QUANTO MAIS MEXE MAIS FEDE. AÍ PETISTAS, ´BADERNEIROS, ALUNOS QUE DEFENDEM OS BADERNEIROS, PESSOAS QUE DEFENDEM BADERNEIROS, POLÍTICOS QUE DEFENDEM OS BADERNEIROS, LEÃO, MARLEI PEGUE TUA CORJA E FORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    QUEREMOS UM PARANÁ LIMPO, SEM POLUIÇÃO DE FOSSAS, FORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA . ACHAM QUE O GOVERNADOR NÃO TEM CARTA NA MANGA É?
    VEM PRA CIMA VEM? LEVAM É BORDOADA.
    FORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    O PARANÁ NÃO DEPENDE DE VOCES, NÃ PRECISA DE VOCES INÚTEIS.
    FORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  28. Flávio
    quarta-feira, 27 de maio de 2015 – 8:58 hs

    Campana,

    Agora também faça uma reportagem sobre a Rede Massa, e os contratos do governo do estado com a emissora.

  29. NG
    quarta-feira, 22 de novembro de 2017 – 21:45 hs

    Nada como o tempo para reler comentários apaixonados que sequer tem a compostura …hoje a mesma mídia idolatra Richa e demoniza pt….ca para nós, esta ridículo esta canção psicológica e demagógica de quem e contra e pt…estamos em tempo de demonização e do bem e o mal que já não existe pois se fundiram em conveniências…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*