Vargas recebeu R$ 3,7 milhões de 200 empresas, revela planilha | Fábio Campana

Vargas recebeu R$ 3,7 milhões de 200 empresas, revela planilha

andre

Planilha apreendida na casa de Vargas indica que ele recebeu R$ 3,7 milhões de empresas. Dinheiro foi recebido por intermédio de empresa de fachada do ex-deputado petista

A Polícia Federal do Paraná apreendeu na casa do ex-deputado André Vargas (ex-secretário de Comunicação do PT e que foi cassado no ano passado) uma planilha que indica o pagamento de cerca de R$ 3,7 milhões à empresa de fachada Limiar, pertencente a ele e a seu irmão Leon Vargas. O dinheiro foi recebido por parte de mais de duas centenas de empresas ligadas ao mercado de publicidade, como produtoras e gráficas, de acordo com documento do Ministério Público Federal (MPF) enviado nesta terça-feira ao juiz Sérgio Moro. A planilha foi apreendida na última sexta-feira, quando a PF prendeu o ex-deputado em sua casa em Londrina (PR).

Vargas foi preso no mesmo dia que o publicitário Ricardo Hofmann, da BorghiLowe, empresa que possui as contas publicitárias do Ministério da Saúde e da Caixa Econômica Federal (CEF). Segundo investigação da Justiça do Paraná, a BorghiLowe subcontratava as empresas Enoise Estúdios de Produção, a Luiz Portela Produções, a Conspiração Filmes, a Sagaz Digital Produções de Vídeos e Filmes e a Zulu Filmes Ltda. Essas empresas repassavam grandes somas para as empresas de fachada Limiar e LSI, dos irmãos Vargas, à título de bônus de volume (ou comissões), mas as empresas do ex-deputado jamais prestaram serviços para essas empresas.

“Com as informações de que centenas de outras pequenas produtoras também pagaram à Limiar, restam indícios concretos que o esquema de distribuição de propina por intermédio de produtoras pode ser muito maior que o inicialmente constatado pelas diligências da Receita Federal”, dizem os procuradores ao juiz Sérgio Moro.

Em seu depoimento à PF e ao MPF, Ricardo Hoffmann disse que ele tinha “poder de comando dentro da BorghiLowe nas campanhas publicitárias do Ministério da Saúde e da Caixa Econômica Federal” e confirmou que foi ele quem apresentou o ex-deputado André Vargas à direção da agência que representava em Brasília até ser preso na última sexta-feira. Hoffmann disse ainda que somente em 2013 a Borghi recebeu R$ 100 milhões da CEF e outros R$ 18 milhões do Ministério da Saúde e que repasses foram feitos ao ex-deputado para que ele “arrumasse” contratos para a empresa no Paraná. Os procuradores consideraram essa versão “totalmente fantasiosa” para justificar as propinas repassadas ao ex-deputado.

Os procuradores pedem que o juiz Moro transforme a prisão temporária de Hoffmann em prisão preventiva, o mesmo acontecendo com Leon Vargas. Para os procuradores, a manutenção de Hoffmann e Leon presos justifica-se para “a garantia da ordem pública, econômica e por conveniência da instrução processual”. O juiz tem que decidir se atende a esse pedido do MPF ainda nesta terça-feira, quando vencem os prazos das prisões temporárias (cinco dias) dos dois. Se o juiz decretar a prisão preventiva de Hoffmann e de Leon Vargas, eles ficarão presos por tempo indeterminado.


8 comentários

  1. CRISTOVÃO
    terça-feira, 14 de abril de 2015 – 22:38 hs

    O JUIZ TEM QUE DECRETAR A , O Juiz Moro tem que transformar a prisão temporária de Hoffmann em prisão preventiva, o mesmo acontecendo com Leon Vargas. Cambada de Vagabundos

  2. Lucas
    quarta-feira, 15 de abril de 2015 – 0:21 hs

    TV do Paraná também aparece na Operação Lava Jato.

    A situação é de pânico na diretoria da RIC TV, afiliada da Record no Paraná.

    Consta que a TV foi citada na operação Lava Jato como pagante de R$ 60 mil para uma empresa de fachada do ex-deputado paranaense André Vargas.

    Nota divulgada na coluna do Flávio Ricco no uol.

  3. AMARAHAL
    quarta-feira, 15 de abril de 2015 – 6:54 hs

    Este tralha já está preso, mas por quanto tempo???
    E o resto dos criminosos lesadores da nação que estão em Brasília quando quanto tempo levará para os ministros petralhas do STF iniciarem a pizza ???

  4. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 15 de abril de 2015 – 8:12 hs

    Está faltando uma “perna” nas informações sobre a grana:

    Quais os veículos (TVs, Rádios, Jornais) que pagaram o “BONUS” para as Agências?

    As mídias evitam falar em “BONUS de VOLUME”.

  5. MANOEL BOCUDO.
    quarta-feira, 15 de abril de 2015 – 9:03 hs

    DEPOSITARAM ENGANADO NA CONTA DELE COITADO, ELE NÃO SABIA DE NADA, BEM AGORA MAIS UM PARANAENSE NO SUPREMO, VAMOS VER O MODO DE AGIR DO MAGISTRADO DAS ARAUCÁRIAS. VAMOS ESPERAR QUE SIGA OS PASSOS DO CORRETO SERGIO MORO, NÃO ME VENHA DEFENDER ESSE CARDUME DE MALFEITORES. AGORA DÁ CORO PARA VOTAÇÃO NO STF, ENTÃO VAMOS VOTAR PARA POR QUEM DEVE NO CALABOUÇO URGENTE. O POVO CLAMA POR MEDIDAS GERAIS. REFORMAS: TRIBUTARIA, POLÍTICA, PACTO FEDERATIVO, FIM DA REELEIÇÃO JÁ.

  6. Johan
    quarta-feira, 15 de abril de 2015 – 9:46 hs

    Caro FÁBIO, agora com essas prisões e as declarações dos envolvidos, realmente está cada vez mais caracterizada a “cadeia” de relacionamento entre os corruptores aliados aos membros, filiados, dirigentes e bate-paus da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA que forneceu recursos e muito dinheiro para os “camaradas” disputarem as eleições e conquistarem os votos da população, das camadas mais humildes, por meio de aquisição por R$ 50,00 o voto. Aqui no PARANÁ o grupo dirigido pela Senadora ANÃ GLEISY está capilarizado com a eleição de deputados federais e estaduais da própria ORGANIZAÇÃO como também dos partidos satélites cooptados por meio de grandes somas. A população tomará ciência dos nomes desses deputados adquiridos pela ORGANIZAÇÃO. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Apoio a mobilização dos CAMINHONEIROS e proponho a RENÚNCIA JÁ, da DILMA, agora no poder, para evitar que cometa maiores VEXAMES e VERGONHAS, praticadas contra a sociedade brasileira. Atenciosamente.

  7. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 15 de abril de 2015 – 10:22 hs

    Parece um toco de açougueiro…

  8. Kátia Flávia
    quarta-feira, 15 de abril de 2015 – 16:30 hs

    Este Sapo Gordo já vai vender o boné da Nike falsificado como legitimo pra outro presidiário.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*